Beleza atemporal e vintage. As lâmpadas da Aerolux com pequenas esculturas fluorescentes de flores e pássaros dentro fazem qualquer lâmpada de LED da atualidade parecer sem graça.

Elas foram produzidas em Nova York entre as décadas de 1930 e 1970 pela Aerolux Light Corporation, e na época fizeram muito sucesso. 

Essas lâmpadas eram feitas com a utilização de gás de baixa pressão em seus filamentos decorativos – neônio, argônio ou ambos. Além disso, as esculturas de metal eram revestidas com fósforo, material que brilha em contato com a eletricidade.

O fenômeno ocorre com 110-120 volts de energia, e era utilizado em lâmpadas domésticas padrão em todo o Estados Unidos.

Atualmente, essas lâmpadas podem ser encontradas no eBay por dezenas até centenas de dólares, dependendo do modelo e da conservação. Por isso, é até difícil de acreditar que elas eram vendidas por apenas 0,20 centavos de dólar quando foram produzidas.

Se você for para Nova York, pode ver uma pessoalmente: uma delas está exposta no Museu de Arte Moderna, mais conhecido como MoMA, como parte de uma obra de arte de Dan Flavin.

As lâmpadas da Aerolux adicionavam arte ao cotidiano das pessoas. É por isso que encantam tanta gente até hoje. Quem não gostaria de uma dessas para compor uma decoração vintage em casa?

Via/Via.

Stephanie D’Ornelas é jornalista, curitibana e gosta de embelezar a vida com fotografia, arte e cores. Coleciona cartões postais e adora conhecer novos lugares, pessoas e diferentes modos de vida.

Stephanie D’ornelas – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:
Comentários