Intervenções artísticas celebram o espaço urbano e ressaltam a identidade do lugar. Conheça o Projeto ‘Luz nas Vielas’ do Coletivo espanhol Boa Mistura! 


Amor, beleza, orgulho, doçura, firmeza, poesia e mágica. Estas são algumas das palavras que representam a Brasilândia. Localizado na zona norte de São Paulo, o bairro abriga uma favela de mesmo nome.

Foi nesse cenário que o Coletivo Boa Mistura escolheu fazer a sua primeira intervenção urbana brasileira, em 2012. O projeto “Luz nas Vielas” levou cor para a comunidade. Os moradores locais participaram ativamente do processo de intervenção, transformando-se em artistas também. As palavras pintadas são de sua escolha. Recentemente, “Poesia” e “Mágica” foram adicionadas, na segunda visita do coletivo ao Brasil (2017).    

Originários de Madri, Espanha, os cinco artistas que compõem o Boa Mistura foram recebidos na Brasilândia por Dimas Griô, do Transition Brasilândia, um projeto que promove o desenvolvimento sustentável na região. Uma das responsáveis por essa ponte foi Isabela Maria Gomez de Menezes, articuladora da rede brasileira do Transition Towns.


Maria conta que foi muito gratificante ver a reação dos moradores com o resultado final. “As cores deram uma nova vida para as vielas, pessoas de todo o mundo foram para a Brasilândia visitar o local e isso surpreendeu os moradores, trouxe mais autoestima para eles”, diz.   

Cada palavra pintada representa aquilo que a comunidade vê, contrariando a ideia de que favela é sinônimo de violência. São intervenções que desafiam a realidade e o senso comum. “A palavra doçura, por exemplo, está numas das vielas mais difíceis de se chegar”, conta.  


Assim, as pinturas de ‘Luz nas Vielas’ brincam com o espaço físico, celebrando as construções irregulares, que possibilitam o efeito mágico. Usando a técnica da anamorfose, quando lidas frontalmente e de perto, as palavras parecem distorcidas. Apenas aparecem completas quando vistas a partir de um determinado ângulo.  

“Vemos o nosso trabalho como uma ferramenta de transformação das ruas, capaz de criar laços entre pessoas”, diz o site do Boa Mistura. O coletivo conta com projetos em diversos lugares do mundo, como África do Sul, Estados Unidos, Reino Unidos, Brasil, México, Geórgia, Argélia, Noruega, Sérvia e Panamá.

Para mais informações sobre o trabalho do Boa Mistura, acesse o site e acompanhe o Facebook e Instagram.

Imagens: Divulgação.

Mariana é jornalista e comunicadora. Adora descobrir novos lugares, explorar a cidade a pé e andar sem pressa. Se interessa por viagem, cultura e tudo o que é novidade. Escreve um blog sobre meio ambiente, sustentabilidade e consumo consciente. Também se dedica a cozinhar, como forma de prazer e arrisca novas receitas no tempo livre.

Mariana – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:
Comentários