Conforme o tempo passa, surgem listas e listas de tendências: na moda, música, tecnologia e também no design. E quando falamos em design gráfico, devemos ter em mente que essas ideias surgem para inspirar a direção criativa e estratégica, a fim de manter os profissionais atualizados.

Foi pensando nisso que a agência americana NeigerDesign resolveu estudar algumas referências que estão sendo bastante utilizadas nessa área; assim, a designer Hayley St. Germain uniu em tópicos algumas das tendências em design gráfico que devemos ficar de olho.

Quem sabe alguma delas não te dá aquele empurrãozinho que você precisava para começar a criar aquele novo job?! Confira:

1 – Ilustrações Monoweight

Já faz um tempo que o minimalismo é uma tendência predominante no mundo, inclusive no design gráfico. Pois ele continuará forte. Uma das características do minimalismo no design é o uso de imagens mais simples. E uma maneira de fazer isso, que vem ganhando popularidade, é criação de ilustras que tem traços em linha monoweight (em traducão livre: ‘monolinhas’, linhas contínuas). São linhas finas porém consistentes, expressivas e estilizadas.

Esta é uma ótima maneira de criar um visual consistente para que uma marca ou layout tenha um aspecto simples, porém ousado. A ideia pode ser usada expressivamente para criar um padrão (estampas), logos, ou como detalhes em um desenho.

Jonathan Calugi

O estilo monoweight é uma boa maneira para incorporar texto e design de forma coesa. Essa tendência também está sendo fortemente vista em ícones e símbolos em navegações de sites. Suas principais características?

  • Linhas finas porém consistentes
  • Tipologia personalizada com o mesmo peso da linha
  • Uso de cores expressivas
  • Qualidade ao criar um traço estilizado

 

TJ Cichecki

Drew Ellis

 2 – Material Design

Uma das tendências na web mais populares de 2016 foi o chamado Material Design. Desde que o Google lançou essa “linguagem visual” para consolidar o seu design em 2016, o estilo foi adaptado por inúmeras empresas e profissionais. O que começou na internet hoje acrescenta aspectos de movimento e profundidade para agregar interesse e realismo à imagens minimalistas.

Gmail

O Material Design faz uso mais liberal de layouts baseados em grids, animações e transições responsivas, preenchimentos, e efeitos de profundidade como luzes e sombras. Muitas vezes há mais sombras para dar um aspecto adicional de realismo, bem como as cores chapadas e vibrantes.

O Google descreve o estilo como uma “escolha de cores deliberadas, tipografia em larga escala e espaço em branco intencional”. Aqui estão alguns dos principais elementos do Material Design:

  • Ícones planos (flat icons) + realismo
  • Sombras e luzes para dar sensação de profundidade
  • Cores chapadas e vibrantes
  • Fontes flat, sans serif

Pack de ícones da Stockio: baixe 48 ícones em Material Design grátis aqui

Yulia Sokolova

3 – Neo-Memphis Design

Memphis, como explicamos aquifoi um estilo de design criado por um grupo italiano em 1981. Após 30 anos, a tendência retornou e tem inspirado muita gente. Em 1981, o Memphis dominou a cena artística com seu estilo pós-modernista e foi se espalhando em todo o mundo.

estilo Memphis

estilo Memphis

Conjunto de cadernos de bolso da Officemilano – Write Sketch &

O estilo ficou conhecido pelo uso de formas geométricas, materiais plásticos e cores néon brilhantes em móveis e projetos. E agora, a estética está de volta. Com tantas referências fantásticas, os designers estão adaptando suas referências e introduzindo novas cores, geometrias ou padrões para criar interações contemporâneas, chamando-o de Neo-Memphis. 

estilo Memphis

Vetores criados por Lera Efremova

Quer seja para impressão, para a web, ou para embalagem, o Neo-Memphis é definitivamente algo que vamos ver em vários materiais. E com seus gráficos atraentes e cores ousadas, é difícil não notá-lo. Aqui estão alguns dos elementos que caracterizam o estilo:

  • Design flat, em estilo vetorial
  • Padrões geométricos em preto e branco, estampas orgânicas justapostas com cores brilhantes, blocos de cor em negrito
  • Zig zags, quadradinhos, confetes, linhas, bolinhas e outras patterns ao longo do projeto
  • Tipografia em Sans Serif

 

estilo Memphis

Conjunto de cadernos de bolso da Officemilano – Write Sketch &

estilo Memphis

Identidade Bereza por AO2

4 – Estilo Retrô-Moderno

Não muito diferente do Neo-Memphis, essa tendência também busca o design do passado. O estilo retrô-moderno usa aspectos de imagens vintage dos anos 20 a 60 e traz emprestado a estética de embalagens antigas, cartazes, selos e símbolos, adicionando à tudo isso um toque moderno.

Fuel Coffee

Muitos designers já usam a ideia do retrô, por exemplo, ao criar rótulos, adicionando linhas atuais e imagens mais simples para criar uma excelente combinação de estilo. Esta tendência também já aparece na decoração, além de excelente para ser aplicada em embalagens, logos e cartazes. Aqui estão alguns dos principais elementos deste estilo retrô-moderno:

  • Tipografia de peso porém limpa, muitas vezes com variações de fontes de script e sans serif
  • Paletas de cores rústicas
  • Logos com estilo de ‘emblemas’ (badges)

 

Hathor 

nasa pôsteres baixar free download

Pôster coleção ‘Vision of Futures’ criado pela NASA  

John John 

5 – Imagem ou Fotografia bold + Texto sobreposto

Uma fotografia ou imagem única sobreposta com texto simples em preto e branco. Às vezes, a fotografia ou imagem é colorida por uma textura ou padrão, como folhas de palmeira, estampas florais e caixas de texto. A imagem pode ser borrada e outras vezes nítida. Há quem prefira uma pintura realista com o texto interagindo ou sendo colocados em cima.

Fabian De Lange

Geralmente, este estilo traz textos mínimos e imagens vetoriais simples. O visual de fundo deve ser brilhante e ousado. É justamente isso que cria um contraste interessante e estética moderna e elegante. Tenha essas coisas em mente ao criar algo nesse estilo:

  • Texto sobreposto no layout
  • Texto em preto e branco ou uso de uma cor brilhante para realçar o design
  • Linhas em negrito
  • Fontes sem serifa ou tipo caligrafia, manuscrito
  • Fotografias que se destaquem por si só ou imagens/pinturas realistas

 

Caterina Bianchini

My Dear Paper 

The Gentlewoman

E aí? Qual a tendência em design gráfico que te agrada mais?

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:
Comentários