A imagem tem feito sucesso pela internet. E eu aposto que você não faça ideia do porque. À primeira vista, o que vemos é uma torta de morangos vermelhos em um fundo azul-esverdeado, certo? Errado. Acontece que a foto não possui nada de vermelho, é pura ilusão de ótica. Sim, você está sendo enganado por sua própria mente.

Ilusões de óticas podem ser vistas em diferentes formas e tamanhos. Mas essa tornou-se viral, assim como foi o caso semelhante do vestido azul e preto x vestido branco e dourado, que tomou conta da web anos atrás.

A fotografia desconcertante dos morangos ‘vermelhos’ criada pelo professor de psicologia Akiyoshi Kitaoka, da Universidade Ritsumeikan do Japão, especializado em ilusões de ótica, parece ter o pigmento vermelho, mas na verdade, não existe nenhum pixel da cor. A explicação é científica.

Por que os morangos parecem ser vermelho, então?

Isso acontece por conta de um fenômeno chamado consistência da cor, ou seja, a forma pela qual o cérebro humano é projetado para perceber as cores sob uma série de circunstâncias. A cor deve ser percebida sempre como constante, apesar das mudanças no espectro da iluminação.

Explico: se você está fora de casa, em uma luz natural brilhante como o sol, ou dentro de um quarto mal iluminado com uma lâmpada de 20 watts quase não funcionando, seu cérebro trabalha igualmente para enxergar a cor correta – ele se esforça para se certificar de que as cores que você está vendo permanecem, bem, constantes. Assim, mesmo que a imagem do professor Kitaoka tenha sido manipulada para incluir apenas pixels cinzentos e esverdeados, você ainda vê morangos vermelhos.

A luz que entra no olho é feita de diferentes comprimentos de onda que vêm de ambos os pigmentos dos objetos ao seu redor e da luz que os ilumina. Nossos cérebros evoluíram para enxergarem a cor correta, permitindo que os tons que vemos sejam sempre os mesmos, não importando a iluminação.

Essa ilusão também é ajudada pelo fato de que reconhecemos os objetos da foto como morangos, que nós associamos fortemente com a cor vermelha, isso significa que o cérebro já está conectado para procurar justamente esses pigmentos. Interessante, não? Abaixo, a imagem original das frutas:

“Essa é a imagem original, de uma torta feita pela minha esposa” – Akiyoshi Kitaoka;

Via.

Carol T. Moré é editora do Follow the Colours. Cores, internet, design, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:
Comentários