Nunca foi tão fácil se informar e baixar materiais que antes eram disponíveis apenas em grandes instituições e museus. Recentemente, vimos uma grande abertura dessas informações digitalizadas com projetos como o Google Culture e Arts, o Museu Guggenheim (que liberou mais de 200 livros de arte para download grátis), o MET (são 400 mil imagens de sua coleção para baixar gratuitamente), além do MoMA, que lançou na web imagens que permitem explorar todas as exposições que o museu já realizou desde 1929.

Agora é a vez da NASA, que abriu à população seus arquivos de fotos, criando um motor de busca para encontrar as capturas correspondentes às maiores descobertas da agência. São fotos, gifs, audíos e vídeos que podem ser compartilhados, utilizados para fins educativos ou para inspirar novas criações artísticas. Sim, o grande acervo visual traz foguetes, satélites, equipamentos utilizados nas missões e estações espaciais, buracos negros, cometas, nebulosas, além dos astronautas e cientistas em ação.

NASA: se perca pelo espaço! 

A ideia é que o recurso ajude os educadores, crianças e adultos na pesquisa pública fora-deste-mundo. Você pode achar na biblioteca os temas e assuntos por palavras-chave e receber até metadados. Até o momento são mais de 60 coleções e 140.000 arquivos para download grátis.

Os usuários podem navegar nas imagens mais recentes enviadas pela NASA, bem como descobrir arquivos históricos e os mais procurados. O conteúdo pode ser incorporado em sites e aplicativos. Se você usa o Pinterest, dá para guardar as imagens em painéis. Já no Twitter, os GIFs são ótimos para divulgar animações e deixar todo mundo refletindo sobre a grandeza do universo.

A NASA ainda completa dizendo que a biblioteca não é tão abrangente, mas fornece atualmente o melhor que eles podem disponibilizar publicamente, a partir de um único local na web. Além disso, é um site vivo, onde novas imagens, vídeos e arquivos de áudio serão continuamente adicionados.

Para testar esta grande ferramenta, NASA Image and Video Library, clique aqui.

Via

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:
Comentários