Posts Tagged ‘marcas’

Anti-Agency: uma agência de modelos alternativos

17.04.2014

follow the colours anti agency 01 Anti Agency: uma agência de modelos alternativos

Estereótipos. Por mais que a gente corra deles, a sociedade muitas vezes define e limita, principalmente quando falamos em beleza. Apesar disso, muitas marcas já enxergam além e trazem a real beleza para perto de seus consumidores. Pensando nisso, uma agência na Inglaterra se especializou em oferecer “modelos” alternativos para casting.

A Anti-Agency, ideia das estilistas Lucy Greene e Pandora Lennard, é contra os padrões que promovem falsos ideais. Por isso, só trabalham com pessoas inusitadas, criativas e com personalidade. São estudantes, artistas, jovens, que possuem talentos individuais, além de cabelos coloridos, rostos andróginos, piercings, tatuagens.

Com sede em Londres e mais de 10 anos de experiência, a agência já representou marcas como Uniqlo, Dr. Martens, ASOS ,Urban Outfitters e Liberty of London.

Um ótimo começo para quebrar os paradigmas, não? Olhamos como uma grande iniciativa dentro da indústria da moda e esperamos que cada vez mais surjam exemplos como esses. Gente real como eu, como você ou o seu colega de trabalho ao lado.

follow the colours anti agency 02 Anti Agency: uma agência de modelos alternativos

follow the colours anti agency 03 Anti Agency: uma agência de modelos alternativos

follow the colours anti agency 04 Anti Agency: uma agência de modelos alternativos

follow the colours anti agency 05 Anti Agency: uma agência de modelos alternativos

follow the colours anti agency 06 Anti Agency: uma agência de modelos alternativos

follow the colours anti agency 07 Anti Agency: uma agência de modelos alternativos

follow the colours anti agency 08 Anti Agency: uma agência de modelos alternativos

Via.

Por Follow the Colours às 07:00 AM

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Casa de Valentina estreia como Market Place de décor

26.03.2014

follow the colours casa de valentina Casa de Valentina estreia como Market Place de décor

Que a gente é fã do Casa de Valentina, isso vocês já sabem. O site, que começou como um blog, cresceu e agora está de cara nova, além de estreiar como um Market Place de décor com curadoria.

Você poderá encontrar em um mesmo lugar, diversos produtos de diversas marcas, além de um catálogo de profissionais como arquitetos, designers e decoradores.

Nós testamos a ideia e adoramos a nova forma de busca por ambientes, já que a pessoa pode selecionar os cômodos ou as cores que procura.

follow the colours casa de valentina 02 Casa de Valentina estreia como Market Place de décor

As inspirações, o conteúdo e as referências do blog (que a gente adora!) continuam com um olhar bastante singular sobre todo esse universo.

E depois de dar uma bela pesquisada em tudo isso, fizemos uma seleção dos nossos produtos favoritos! Nossa curadoria tem muitos objetos de design! Difícil é escolher qual a gente mais gosta! Já para a nossa wishlist!

modelo garimpo follow valentina Casa de Valentina estreia como Market Place de décor

Vai lá: Casa de Valentina. No Facebook: Casa de Valentina.

Por Follow the Colours às 07:00 AM

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Qual a importância das cores em um logo?

17.03.2014

follow the colours brand colour swap 01 Qual a importância das cores em um logo?

Qual a importância das cores em um logo? É exatamente essa pergunta que Paula Rupolo, designer brasileira que mora em Barcelona, quer responder com o seu projeto The Brand Colour Swap.

Paula trocou as cores dos logos de algumas empresas concorrentes e questionou: Como isso muda a forma de nos relacionamos com as marcas?  “Realmente as cores escolhidas pelos designers na cartela Pantone determinam, e muito, a sua identidade visual. Elas são a primeira coisa que notamos em um logo. Depois vemos a forma, os ícones e sua tipografia.”

A Coca-Cola parece desconfortável com o seu fundo azul Pepsi. O Twitter e Facebook negociam sutilmente diferentes tons índigos. Já as cores do Google são muito icônicas, mais do que a tipografia. O cérebro rapidamente percebe que há algo que não se encaixa e faz com que você pense ‘O que está acontecendo aqui?’. Isso causa estranheza e ao mesmo tempo é muito interessante. 

As associações entre as cores e as emoções podem ser universal ou altamente pessoal. Azul em seu sentido mais básico, significa claro – céu, calma e confiança; verde conota algo confiável e natural. O vermelho tem associações com paixão, perigo e urgência, por exemplo. Mas, há sempre excepções. Nas culturas ocidentais, o branco significa paz e honestidade, enquanto que nas orientais, está associado ao yang masculino do yin e yang.

Paula acha que ao criar uma marca, os designers tendem a adicionar as cores cedo demais. “Acredito que a forma vem em primeiro lugar. Depois você deve fazer testes com as cores e explorar suas possíveis leituras.” Uma vez que você escolhe uma cor para uma marca, pode ser difícil fazer mudanças.

follow the colours brand colour swap 02 Qual a importância das cores em um logo?

follow the colours brand colour swap 03 Qual a importância das cores em um logo?

follow the colours brand colour swap 04 Qual a importância das cores em um logo?

follow the colours brand colour swap 06 Qual a importância das cores em um logo?

follow the colours brand colour swap 07 Qual a importância das cores em um logo?

follow the colours brand colour swap 08 Qual a importância das cores em um logo?

Via.

Por Follow the Colours às 06:55 AM

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

5 Tendências de Consumo Cruciais para 2014

12.12.2013

follow the colours trendwatching 01 5 Tendências de Consumo Cruciais para 2014

No ano passado, a gente falou aqui sobre 10 Tendências de Consumo para o ano de 2013. Cada vez mais, essas informações previstas e insights feitos por coolhunters traduzem futuros comportamentos para marcas e consumidores. Uma das empresas que faz isso muito bem e que acompanhamos sempre é a TrendWatching.

Em 2013, conversamos com a equipe do escritório no Brasil, para saber um pouco mais sobre como funciona a pesquisa e análise das descobertas. A Trendwatching acaba de lançar a primeira edição do Trend Bulletin com as 5 Tendências de Consumo cruciais para 2014 com foco na América do Sul e Central. Nós lemos e adoramos! Pronto para anotá-las e botar em prática? Confira o nosso resumo, está bem legal:

follow the colours trendwatching 02 5 Tendências de Consumo Cruciais para 2014

Por aqui, ainda falta acesso a novas ideias, conhecimento, educação formal e de qualidade. Mas recentemente, o mundo digital trouxe uma quantidade infinita de informação ao alcance de todos. Os empreendedores se tornaram os novos “superstars”; e a nova e mais bem educada classe-média agora busca desenvolvimento e realização pessoal continuada.

Para as marcas isso significa que elas deverão matar a sede dos consumidores por inteligência. Quer alguns exemplos de como isso já está acontecendo?

O Burger King do Paraguai, entre agosto e setembro de 2013, trocou os brinquedos de suas refeições infantis por livros. No Brasil, a companhia Easy Taxi, lançou um projeto cultural para transformar os táxis da sua frota em bibliotecas em movimento. Os passageiros tinham permissão para levar para casa os livros da Bibliotaxi para ler quando fosse mais conveniente. Legal, não?

follow the colours trendwatching 03 5 Tendências de Consumo Cruciais para 2014

Muitas cidades das Américas do Sul & Central são um mix de energia, potencial e caos. Mas, o uso das mídias sociais tem acelerado as resoluções de suas demandas. Atualmente, a internet possui diversos influenciadores e gera mudança muito rápido, como foi o caso dos protestos em São Paulo.

Para as marcas, as oportunidades são claras: busquem plataformas que ajudem as pessoas a expressarem suas necessidades e desejos locais. Propicie ferramentas que capacitem, auxiliem, os apoiem.

Como exemplos, temos o Rio +, uma plataforma digital que visa resolver alguns dos problemas da cidade do Rio de Janeiro mobilizando a sua comunidade online. Outra boa ideia é o Fumaça Preta, aplicativo grátis que permite que brasileiros denunciem veículos altamente poluentes à sua prefeitura local. Demais!

follow the colours trendwatching 04 5 Tendências de Consumo Cruciais para 2014

Em 2014, consumidores cada vez mais sofisticados irão procurar novas formas de se relacionar com as marcas. Uma das consequências disso? Elas deverão lançar campanhas que estão longe de ser gentis e delicadas (leia-se: fracas e evitáveis) e abraçarão elementos inesperados, que tomem a frente em iniciativas arriscadas, que despertem a atenção e (melhor ainda) que exijam ação.

As marcas então deverão confrontar questões sociais importantes. A transparência faz com que o público torne cada vez mais consciente.

Como exemplos temos a Teto, Ong que chamou atenção ao lançar uma campanha na qual celebridades do Brasil, emprestavam seus perfis no Instagram para mostrar as condições de vida de uma pessoa carente no país.

Outra ideia foi da BRMalls, holding de shopping centers no Brasil, em parceria com o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo. “A Loja Vazia“, criada no shopping Villa Lobos, tinha tudo o que uma loja normal tem: araras, prateleiras e manequins – porém era completamente vazia. Ela era então preenchida com doações de visitantes que passavam por lá durante o período e diariamente eram encaminhadas para a Campanha do Agasalho. No dia seguinte, a loja abria novamente vazia.

follow the colours trendwatching 05 5 Tendências de Consumo Cruciais para 2014

Marcas que estejam procurando uma maneira de inovar tecnologicamente em 2014 deveriam iniciar o ano visando formas de combater as ameaças à segurança pessoal, que continua sendo uma das principais preocupações para muitos, já que mundo está “cada vez mais hostil e incerto”.

Analise as interações dos consumidores com a sua marca e reflita sobre questões de segurança e risco. Aplique a tecnologia de novas maneiras para fazer com que as pessoas se sintam seguras.

Quer bons exemplos? O governo chileno lançou o Alerta Hogar Mujer, um aplicativo destinado às mulheres que sofrem de violência doméstica. Basta as usuárias apertarem um botão para enviar um alerta por meio de mensagem de texto para contatos que estão seguramente registrados junto ao Departamento de Prevenção ao Crime do país.

No México, o aplicativo grátis PF Móvil melhora a comunicação entre os cidadãos e a polícia rodoviária. Através dele, os usuários podem ligar anonimamente para um número de emergência ou enviar uma mensagem de texto para receber ajuda médica ou mecânica nas ruas e estradas.

No Brasil, o uso de biometria está sendo fortemente instalado nos caixas eletrônicos do Banco do Brasil. No Chile, a loja La Polar já utiliza o mesmo sistema e tem tido sucesso. Tudo para proporcionar maior segurança para todos e reduzir fraudes.

follow the colours trendwatching 06 5 Tendências de Consumo Cruciais para 2014

Em 2014, a conveniência valerá ouro. O aumento da renda e da jornada de trabalho seduz consumidores apressados. Pense então em produtos e serviços superconvenientes, acessíveis instantaneamente, em canais fáceis de navegar, além da sensação de controle e realização.

O grande desafio de 2014? Garantir que as expectativas cultivadas através da internet – acessibilidade, flexibilidade e conveniência – sejam atendidas em todas as experiências de consumo: até mesmo aquelas que acontecem no mundo físico.

Para as marcas: Pense desde aplicativos que poupem tempo e que coloquem os consumidores no controle, até modelos de negócios inovadores (que envolvem aluguel e formatos de drive-thru): tenha certeza de que você não está fazendo o seu cliente perder nem um segundo do seu tempo.

Como exemplo temos o Reservagas, um serviço online que permite que as pessoas localizem e reservem suas vagas em estacionamentos com antecedência, como no Multipark de Guarulhos. Outra ideia é a padaria drive-thru Pão To Go, inaugurada em São Carlos, interior de São Paulo. Além de uma variedade de pães, o estabelecimento vende outros 30 itens, incluindo produtos de mercearia, leite e cigarro. Ideias simples e geniais.

follow the colours painel tendencia consumo trendwatching 5 Tendências de Consumo Cruciais para 2014

No entanto, a observação dessas tendências não é nada sem a aplicação das mesmas. Se você não usar as tendências de consumo para inspirar inovações que sejam lucrativas, elas não serão nada mais do que algo “legal” de saber.

Comece a colocá-las em prática: combine-as e arrisque novas direções. Se você não sabe por onde começar, dê uma olhada no Painel de Tendências de Consumo, que contém dicas passo-a-passo sobre como aplicá-las. Você também pode fazer o download de um painel de tendências em branco para ajudar a entender e aproveitar ao máximo de uma ideia em que esteja interessado em explorar. Que o ano comece com inovação!

Gostou? No site você também encontra mais 7 Tendências Globais para aplicar em 2014. Boa leitura!

Por Follow the Colours às 07:00 AM

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Psicologia das Cores no Marketing

10.09.2013

Vocês sabem o tanto que somos aficionados por cores! Por isso, adoramos esse infográfico que traz diversas informações sobre a Psicologia das Cores no Marketing.

Ele reúne desde dados mais básicos até outras inspirações super interessantes – como o poder que as cores tem nas decisões de compra, emoções e sentimentos que elas passam, como combinar os tons, diferenças de cores para homens e mulheres e mais. Dá uma olhada que bacana:

followthecolours Infográfico Psicologia Cores Psicologia das Cores no MarketingVia.

pixel Psicologia das Cores no Marketing

Por Follow the Colours às 12:02 AM

Tags: , , , ,