O trabalho de Carl Lavia na série #69Cities une arte com a paisagem urbana e pretende despertar o olhar das pessoas para a conexão com a cidade

Quem olha de longe os desenhos de Carl Lavia pode até pensar que trata-se de mapas, mas basta chegar mais próximo para que todos os detalhes de suas cidades feitas à mão se revelem diante de nós. “Sketch”, como é mais conhecido, começou os seus primeiros rabiscos aos 5 anos de idade e hoje é um artista autodidata.

Com tinta preta na mão, ele é capaz de criar as mais impressionantes obras sob um tipo de papel chamado “archival paper”. A quantidade de detalhes é tão grande que o próprio artista usa uma lupa para poder enxergar melhor aquilo que está na superfície do papel. Seus desenhos são de grandes cidades vistas de cima.

Em 2016, Carl Lavia se juntou com a fotógrafa Lorna Le Bredonchel em uma colaboração que originou o projeto “#69Cities”. A ideia era criar um retrato do Reino Unido com desenhos em larga escala das 69 cidades que fazem parte dele. O traço arquitetônico característico de Sketch deixa seus desenhos ainda mais interessantes, como se fossem as plantas originais de construção das cidades.

Cada projeto demora em torno de 2 a 4 meses para ficar pronto. Le Bredonchel é responsável por registrar cada etapa dessa produção, desde os gigantes esboços de Carl Lavia feitos na parede até as caminhadas que os dois faziam para explorar as cidades a pé, garantindo que nada passe despercebido nos retratos.

#69CITIES – CARL LAVIA E LORNA LE BREDONCHEL

Até agora a dupla já riscou da longa lista que tem para visitar lugares como Birmingham, Manchester, Inglaterra, Edimburgo, Dundee, Stirling, Perth e Escócia. O desenho de Perth, inclusive, foi exposto no Perth Museum and Art Gallery até o final de janeiro de 2019. Também é possível comprar algumas de suas ilustrações online.

A meta de documentar o Reino Unido inteiro é ousada e desafiadora. Para seus criadores, é além de tudo, uma forma de registrar a atual paisagem urbana que está em constante transformação. Ao eternizar no papel como as cidades são hoje, os artistas também se questionam sobre as possibilidades que elas poderão se tornar no futuro.

Quando o projeto chegar ao fim, Lavia e Le Bredonchel querem focar no desenvolvimento de um aplicativo para permitir que as pessoas tenham acesso a todas as obras, explorando cada desenho em uma paisagem tridimensional. Eles também pretendem doar parte das vendas das ilustrações de cada cidade para uma instituição de caridade local.

Para acompanhar o trabalho da dupla em #69Cities, visite seu site.

Via.

Mariana é jornalista e comunicadora. Adora descobrir novos lugares, explorar a cidade a pé e andar sem pressa. Se interessa por viagem, cultura e tudo o que é novidade. Escreve um blog sobre meio ambiente, sustentabilidade e consumo consciente. Também se dedica a cozinhar, como forma de prazer e arrisca novas receitas no tempo livre.

Mariana – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários