>Propaganda não é só papel. Não é só anúncio, revista, jornal, flyer, outdoor. Pra mim, o impacto é mil vezes maior em ações como essas do que na maioria das vezes, investir em uma mídia tradicional. Visibilidade garantida. Um dia eu chego lá.Uma forma inusitada para divulgar uma das mais inusitadas corridas organizadas pela RedBull. Transformar os bancos públicos em “carrinhos de corridas”? Oh yeah!

Para promover um novo programa de fidelidade Sprize {Compre roupas pelo preço integral: se o preço da peça que comprou abaixar nos próximos 45 dias, o consumidor automaticamente recebe a diferença (bonus) para gastar em lojas Gap, Banana Republic ou Old Navy}, a GAP (Vancouver, Canadá ) criou o conceito “Shopping turned on its head” e colocou tudo de cabeça para baixo… loja, rua, tudo. Demais!

Intervenção para promover o rolo de papel filme Toppits. A ideia era comunicar que o produto conserva os alimentos frescos por muito mais tempo. Get it?

Thanks to Fresh-fish friends.

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:
Comentários