Não é só o nome do artista 1010 que instiga a curiosidade. O alemão que cria ilusões tridimensionais em grafite nos faz realmente acreditar que existem aberturas em grande escala em meio à cidade.

1010 (que se lê “ten-ten” em inglês) reside e trabalha em Hamburgo, Alemanha. Ele possui uma trajetória de dez anos atuando na arte urbana, mas sua identidade pessoal não é muito conhecida. A maioria das informações divulgadas sobre ele são retiradas de entrevistas e especulações da esfera das artes.

O artista, que criou seu primeiro desenho no ano de 1994, diz que antigamente limitava sua expressão artística às aulas de arte do colégio. 1010 conta que jogos antigos de computador, quadrinhos e animações inspiraram o início de sua carreira artística. Todavia, ele tem se dedicado expressivamente às “aberturas em paredes” na última década de trabalho.

Com cores marcantes, formas ora geométricas, ora orgânicas, e efeitos de luz e sombra, 1010 confunde os olhares e chama a atenção para pontos das cidades que passariam despercebidos sem a intervenção do autor.

Ao relatar sobre o porquê das representações das aberturas nas paredes, o artista afirma que “[…] buracos parecem terminar na escuridão, e isso incentiva a nossa imaginação”. Faz parte de seu processo criativo a utilização de colagens que orientam posteriormente a criação de suas pinturas em tinta.

Para criar esses “rasgos” nas paredes, ele observa o edifício e escolhe uma estampa que compõe de maneira harmônica com o mesmo, fazendo com que a pintura pareça ter nascido naquele espaço. Ele começa sua obra pelo centro, com a cor mais escura, e compõe camada por camada até obter resultados incríveis com efeito de três dimensões.

A maior expressão de suas obras se formam nas paredes de edifícios, mas ele também atua dentro de galerias de arte, com coleções como a intitulada “Abyss”, na qual ele reduz a escala de seus grandes murais para inseri-los em superfícies menores utilizando tinta acrílica e recortes em papel.

POR QUE 1010?

Sobre o peculiar nome pelo qual é reconhecido, o artista explica que ele surgiu no ano de 2005 quando, em uma intervenção urbana, ele espalhou diversos recortes de jornal pela cidade de Hamburgo com os números “1” e “0” marcados na frente e no verso desses papéis. Um fotógrafo local registrou imagens dessa intervenção e a chamou de “1010”. O nome composto por números atraiu a atenção do artista, que o adotou a partir de então.

QUAL A MAIOR OBRA DE 1010?

Sua maior obra feita até hoje mede 4.500m², foi concluída em sete dias e utilizou aproximadamente 400 litros de tinta. Ela está localizada em uma rodovia desativada na cidade de Paris, mas o artista também já atuou e participou de exibições solo e coletivas em cidades como São Francisco, Berlim e Tóquio.

Para saber mais sobre 1010, acesse os perfis do artista nas redes sociais: Facebook e Instagram!

Via/ Via/ Via/ Via.

Affonso é arquiteto e urbanista e tem dificuldade em ficar parado. Amante dos trabalhos manuais desde pequeno, criou sua loja online, a Caixote dos Milagres, em 2015. Por lá ele comercializa bordados que confecciona a partir de suas próprias ilustrações. Affonso adora artes, decoração e qualquer projeto de “faça-você-mesmo”. Acredita que com criatividade é possível transformar o espaço e as pessoas ao seu redor.

Affonso Malagutti – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários