O que os olhos veem nem sempre é o que se parece. Assim são as esculturas de Christopher David White, artista hiper-realista que cria incríveis obras feitas à mão em cerâmica e que imitam pedaços de madeira em decomposição. White é um americano que atualmente vive e trabalha em Richmond, Virgínia. Christopher iniciou sua carreira nas artes através do desenho e da pintura, e em 2008 começou a usar como material a argila, recebendo seu bacharelado em Belas Artes em Cerâmica pela Universidade de Indiana em 2012.

A inspiração de suas peças hoje vem da transformação perpétua da natureza e exploram seu crescimento e a decadência. White reproduz na cerâmica as partes do corpo humano utilizando-se da textura dos troncos de árvores. São mãos, braços, rostos e torsos – que parecem ter sido encontrados em uma floresta mítica.

Com destaque em várias publicações de arte proeminentes, incluindo Juxtapoz, Beautiful Decay, My Modern Met e This is Colossal, o trabalho de Christopher David White foi aos poucos sendo mostrado nacional e internacionalmente. Assim, o artista conseguiu também vender sua arte para inúmeras coleções particulares.

Seus trabalhos esculturais são predominantemente feitos em cerâmica e misturam outras técnicas, sempre prestados com atenção aos detalhes, muitas vezes imitando os seus famosos pedaços de madeira, metais enferrujados e outros objetos em vários estágios de deterioração.

A RELAÇÃO DE CHRISTOPHER DAVID WHITE, O HOMEM X A NATUREZA

Para dar mais vida às sua obra, White utiliza a argila para parecer-se com a madeira esculpida e imita os granulados da pele, cria efeito texturizado e aplica tinta acrílica em tons quentes, tudo isso claro, tem um propósito, explica:

“A humanidade está inexplicavelmente ligada ao mundo natural e nós nos tornamos estranhos a tudo que nos torna quem somos. Meu trabalho atual explora nossas relações com a natureza e como nossas interações diárias afetam o equilíbrio frágil entre a humanidade e o meio ambiente”.

Além do hiper-realismo, suas esculturas têm o objetivo de estimular a reflexão homem x natureza, para que possamos pensar a nossa relação com o meio ambiente e a impermanência das coisas.

Uma bela reflexão em forma de arte, não?

Christopher David White

Você pode conferir o trabalho de Christopher David White em seu site ou acompanhá-lo nas redes sociais: Facebook e Instagram.

Talita França é Jornalista, metida a decoradora, apaixonada por fotografia, ilustrações e artes em geral, e claro, fã de música.

Talita França – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:
Comentários