Instalação 100 Colors nº 22, Cor do Tempo 

Nascida em 1971, Emmanuelle Moureaux é designer e arquiteta francesa conhecida pela implementação de cores em seus projetos. Emmanuelle se apaixonou por Shimura, uma cidade nos arredores de Tóquio, Japão, enquanto pesquisava sua tese e vive lá desde 1996. A artista, então, estabeleceu o seu escritório na cidade em 2003

Inspirada nas inúmeras camadas e cores de Tóquio que constróem uma complexa profundidade, densidade nas ruas e nos elementos espaciais tradicionais japoneses, Emmanuelle criou o próprio conceito de trabalho e o intitulou de shikiri, palavra inventada por ela que significa ‘dividir (criar) um espaço com cores’.

“Uso as cores como elementos tridimensionais, como camadas, para criar espaços, não como um toque final aplicado às superfícies”, explica. 

Emmanuelle Moureaux 

Ao manipular as cores como um meio para compor esses espaços, seu desejo é trazer emoção através de diversos tons em suas criações, que vão da arte ao design, de produtos até a arquitetura.

ALGUNS TRABALHOS DE EMMANUELLE MOUREAUX

Seu portfólio inclui famosos projetos arquitetônicos como o das agências bancárias Sugamo Shinkin Bank, creches, lojas, mas ela também já elaborou uma série de instalações de arte que rodaram o mundo, cria designs de interiores e lindos produtos. Apesar de suas ideias serem todas diferentes em categoria e tamanho, a cor é algo que está sempre presente.

Uma arquitetura moderna em formato de box com detalhes pixelizados multicoloridos e muitas plantas cobrem o banco Sugamo Shinkin. O edifício “muda de expressão” quando é visto de diferentes ângulos.

Creche Ropponmatsu: centro de educação infantil localizado em uma área residencial na cidade de Fukuoka, com capacidade para 90 crianças com idades que variam de 0 a 5 anos.

A SÉRIE 100 COLORS

“100 Colors” é uma série de instalações de arte que ela implementa cores de maneiras que fortalecem o shikiri. Embora quase todas as instalações compartilham um conceito comum, cada uma é única

100 Colors nº 24, Color Factory, NY

100 Colors, nº 12, ‘Estou Aqui’. A instalação trazia 18.000 silhuetas de mulheres em 100 tons de cores. Assim como procurar as silhuetas “perdidas” na multidão, a instalação era um lembrete para repensar onde você pertence.

100 Colors nº 4, Universidade Carnegie Mellon 

Em 2017, ela criou a grande instalação 100 Colors nº 18,  “Forest of Numbers” no National Art Center, em Tóquio, para comemorar 10 anos de sua carreira. 

Em Forest of Numbers, a artista usou mais de 100.000 recortes de números de papel para criar a instalação em vários tons, projetada para mostrar a passagem do tempo. “A instalação faz sentir as sutis mudanças na atmosfera através de todo o corpo, viajando pelo colorido fluxo do tempo”, disse Emmanuelle Moureaux.

100 Colors, nº 17, Mix of Colors: 100 tons de cores saturaram o espaço de cerca de 6 m de altura. No meio da instalação, o espaço vazio circular permitia aos visitantes que fossem cercados e mergulhassem no mundo colorido. A instalação consistia em 25.200 motivos florais alinhados. 

100 Colors nº 11, Bunshi. Cada módulo é uma expressão metafórica do fenômeno da ramificação, que simboliza os encontros entre designers e artesãos à medida que seus caminhos se cruzam e divergem nas experiências, levando-os a novos caminhos. 

Emmanuelle espera trazer emoções através das cores e permitir que as pessoas experimentem os diversos tons através do toque e da sensação em suas instalações.

Isso mostra que as cores podem não apenas trazer diferentes sentimentos em um espaço, mas também oferecem em um espaço, camadas adicionais de emoção humana

“CORAZYs” é uma loja de interiores com foco em quatro cores específicas – laranja, rosa, verde e azul. Aproximadamente 150 tipos de itens em quatro cores são distribuídos pelo local e de qualidade “Made in Japan”. 

Mesa DESIGNTIDE TOKYO – 56 bastões de acrílico coloridos, encaixados aleatoriamente em um pedaço de acrílico transparente, criam uma bela paisagem que lembra um gramado colorido.

Para ver mais trabalhos da incrível Emmanuelle Moureaux, acesse seu site

*Uso de imagens autorizado por Chika Muto/Emmanuelle Moureaux.

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários