follow-the-colours-oil-spill-fabian-oefner-1

O artista suíço Fabian Oefner gosta de brincar com a iridescência – fenômeno ótico que faz superfícies refletirem as cores do arco-íris. Em sua nova série, Oil Spill, ele criou imagens usando uma seringa para jogar pequenas gotas de óleo em um reservatório preto contendo água.

Em contato com o líquido, o óleo se expandiu e formou belíssimas estruturas, que lembram íris de olhos ou explosões espaciais.

follow-the-colours-oil-spill-fabian-oefner-2

follow-the-colours-oil-spill-fabian-oefner-3

follow-the-colours-oil-spill-fabian-oefner-4

follow-the-colours-oil-spill-fabian-oefner-5

As várias cores resultam da reflexão e refração da luz, à medida que elas passam através da película de óleo e voltam para a lente da câmera. As cores variam dependendo da espessura da película do óleo, até que desapareçam novamente.

follow-the-colours-oil-spill-fabian-oefner-6

follow-the-colours-oil-spill-fabian-oefner-7

follow-the-colours-oil-spill-fabian-oefner-8

“O que eu gosto nessa série é que ela é um fenômeno bastante simples, mas surpreendentemente mágico e bonito. Ela veio a minha mente quando eu estava sentado fora do meu estúdio em um dia chuvoso e observei uma fina película de gasolina em uma poça de água”, conta o artista em sua página no Behance. “Então eu voltei para dentro e comecei a recriar aquilo em um ambiente mais controlado. Finalmente, depois de muitas configurações diferentes e centenas de imagens, a exploração resultou nessas dez fotografias”.

follow-the-colours-oil-spill-fabian-oefner-9

Água e óleo não se misturam, mas produzem fotografias maravilhosas quando combinados. O resultado é surreal!

follow-the-colours-oil-spill-fabian-oefner-10

Arte e ciência estão sempre juntas nos projetos fotográficos de Oefner. Em séries anteriores, ele capturou o resultado da gravidade através de tintas (Orchid), coloriu fluidos magnéticos (Millefiori), fez pigmentos de cores “dançarem” em um alto-falante (Dancing Colors), fotografou bolhas de sabão de forma única (Iridient – Bursting Soap Bubbles) e mostrou como a força centrípeta pode ser colorida (Black Hole).

Stephanie D’Ornelas é jornalista, curitibana e gosta de embelezar a vida com fotografia, arte e cores. Coleciona cartões postais e adora conhecer novos lugares, pessoas e diferentes modos de vida.

Stephanie D’ornelas – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários