follow-the-colours-hector-zamora-01

Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) de São Paulo apresenta uma grande parte do trabalho do fantástico artista mexicano Héctor Zamora. Conhecido por suas instalações site specific, além de intervenções no espaço público e performances, Zamora frequentemente convida o público a participar e refletir sobre temas econômicos e ideológicos.

A mostra Héctor Zamora | Dinâmica não linear reúne 24 obras do artista entre vídeo-instalações, desenhos, esculturas de concreto e tijolos, fotografias, registros e uma performance inédita – Ruptura – criada especialmente para o vão do CCBB SP.

follow-the-colours-hector-zamora-02

Performance "Ruptura" - 2016

O terceiro e o primeiro andares do prédio do CCBB recebem grandes vídeo-instalações, como “Inconstância material”, onde o artista inverte a ordem das relações de poder e coloca o trabalhador do centro das atenções, deixando um espaço para a criatividade do público atuar sobre a engrenagem produtiva. No térreo estão os registros da performance Ruptura.

"O abuso da história", Hector Zamora

No quarto e no segundo andares, estão expostos núcleos de obras de períodos distintos que, juntos, tornam evidentes as características e preocupações do artista – de modo especial, como formas geométricas, que aparentam ser rígidas e abstratas, tornam-se veículos de interação espontânea ou de reflexão sobre o funcionamento das estruturas sociais.

de-belg-wordt-geboren-met-een-baksteen-in-de-maag-2008-em-processo-todo-belga-nasce-com-um-tijolo-no-estomago

“O que me parece mais interessante é notar como uma obra geométrica foi se tornando cada vez mais social, criando as premissas para uma interação com o público”, explica o curador da mostra, Jacopo Crivelli Visconti. Dessa forma, o trabalho de Zamora vai muito além do espaço expositivo e dialoga com o público, propondo reflexões de ordem social e política.

A retrospectiva, que abrange trabalhos produzidos entre 2000 e 2016 fica em cartaz até 2 de janeiro de 2017. Essa é a 1ª exposição de grande porte do artista mexicano em uma instituição brasileira. Com certeza vale a pena ver as obras do artista!

follow-the-colours-hector-zamora-03

Vai lá: Héctor Zamora | Dinâmica não linear
2 de novembro de 2016 a 2 de janeiro de 2017
Centro Cultural Banco do Brasil | CCBB SP (Rua Álvares Penteado, 112 – Centro)
De quarta a segunda-feira, das 9h às 21h
Entrada Franca
Classificação indicativa: livre

Traslado gratuito até as proximidades do CCBB. Embarque e desembarque na Rua Santo Amaro, 272, e na Rua da Quitanda. No trajeto de volta, a van também para no Metrô República.

Daniela Fagundes é Jornalista que sonha em ser escritora e escritora que brinca de assessora. Encantada por gente, ideias, viagens e conversas de botequim. Mineira de coração, já morou na Espanha e em Portugal, e dedica seus dias a conhecer novos lugares. Viciada em frio na barriga, arte, passagens baratas, Candy Crush e palavras.

Daniela Fagundes – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários