A dupla de artistas alemães Thomas Granseuer e Tomislav Topic formam juntos o Quintessenz, responsável pela criação de painéis em grande escala construídos basicamente com tecido e tinta spray.

Uma de suas últimas instalações foi exibida no ano de 2018 em uma ruína grega de aproximadamente 400 anos. Ela é localizada na Ilha de Paxos, próxima à Grécia, e é banhada pelo Mar Mediterrâneo.

Combinando grandes telas e 120 tonalidades diferentes de cores, eles partem de uma forma principal e a reproduzem em sequência. E é essa sequência, com variações de tamanho, que dão a noção de movimento às peças.

Além dos planos propriamente ditos, os artistas também se aproveitam de elementos pré-existentes no espaço para enriquecer as instalações e integrá-las ao entorno, como as janelas que permanecem em destaque na ruína de uma das obras do Projeto de Arte Contemporânea de Paxos.

KAGKATIKAS SECRET – PAXOS

Esse projeto convidou oito diferentes artistas contemporâneos para desenvolver instalações na ilha, entre junho e setembro de 2018. A intenção era presentear os visitantes do local, que é um ponto turístico, com bons exemplos de arte criada por jovens profissionais. O projeto inclui trabalhos com papel, escultura, performance, murais e instalações audiovisuais.

O vento e a luz direta do sol também foram elementos relevantes na construção da instalação. As sombras projetadas nas superfícies geram desenhos que variam de acordo com as condições climáticas, e os planos de tecido criaram diferentes efeitos visuais e misturas de cores quando observados horizontalmente.

FLICKERING LIGHTS – BERLIM, ALEMANHA

A técnica dos tecidos multicoloridos já foi reproduzida pelo Quintessenz em outras partes do mundo, tanto em ambientes externos quanto em espaços internos. Outro exemplo é a obra batizada de Flickering Lights, criada para a Semana de Moda de Berlim, no início de 2018.

Pesando 01 tonelada e tendo quase 3.000 m² de área de tecido, ela utilizou em torno de 800 litros de tinta para criar o efeito visual de profundidade e perspectiva que é a marca registrada da série.

PARADIS PERDUS – LES BAUX-DE-PROVENCE, FRANÇA

Outro trabalho da dupla, intitulado Paradis Perdus, foi implantado na França, em 2017, e segue o mesmo princípio da obra em Paxos, de propor uma nova perspectiva sobre uma edificação histórica.

Nos ambientes externos os grandes planos causam sensações muito particulares, pois os fatores naturais fazem com que cada expectador possa ter uma experiência diferente ao observar a obra, que está constantemente sensível às mudanças do tempo. Esperamos que os visitantes do nosso trabalho deixem as câmeras do celular nos bolsos por um momento e simplesmente aproveitem a luz e a tradução do vento no material, explicam os autores.

Através do vídeo é possível entender melhor sobre os aspectos físicos e sobre a movimentação do tecido da instalação em Paxos:

Se quiser conhecer mais obras do Quintessenz, tanto em foto quanto em vídeo, visite o site da dupla e também o seu Instagram.

Via/Via

Affonso é arquiteto e urbanista e tem dificuldade em ficar parado. Amante dos trabalhos manuais desde pequeno, criou sua loja online, a Caixote dos Milagres, em 2015. Por lá ele comercializa bordados que confecciona a partir de suas próprias ilustrações. Affonso adora artes, decoração e qualquer projeto de “faça-você-mesmo”. Acredita que com criatividade é possível transformar o espaço e as pessoas ao seu redor.

Affonso Malagutti – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários