Julien Malland, também conhecido como Seth Globepainter, é dono de uma sensibilidade admirável. Nascido em Paris e graduado pela Escola Nacional de Artes Decorativas de Paris, o artista francês transforma prédios previsíveis e paredes abandonadas em autêntica arte urbana. Desde os anos 90, Malland espalha seu trabalho através de sprays, tintas e surpresas, dando vida aos arredores que, anteriormente, eram permeados por concreto.

Tahiti, Nova Zelândia, Itália, China e Canadá são apenas alguns lugares que já tiveram a oportunidade (ou a bênção) de serem coloridos pela exuberância artística de Globepainter. Seus murais de grande escala representam, frequentemente, retratos de crianças envolvidas em uma explosão de cores interagindo com a paisagem e os personagens reais do cotidiano urbano, manifestando imagens nas ruas, muros, esquinas e avenidas.

Suas pinturas vão do fantástico ao incrível, passando por suspiros alegres e uma leveza extraordinária. Capazes de tirar qualquer pessoa do lugar comum, presa nos afazeres do dia a dia, os paineis transportam-nas para um mundo de imaginação e encantamento, diante de murais vivos e gigantescos, que brilham aos olhos de quem se permite tocar pela sua arte urbana.

São pinturas oníricas, transportadas dos sonhos mais puros e profundos, como se fosse um ser real em meio às ruas e calçadas, paredes e tijolos. Muitos dos desenhos acompanham as linhas da própria construção, permeando com beleza as molduras de portas e janelas, que acabam por se transformar em partes conjuntas da própria arte.

Desde 2003, Seth dá a volta ao mundo trocando experiências com outros artistas de diferentes culturas. Nos últimos dois anos, suas viagens estão narradas em seu livro intitulado como “Extramuros”.

Acompanhe o incrível trabalho de Seth Globepainter pelo seu Instagram e sua página no Facebook. Você também pode visitar seu site, e conhecer um pouco mais se seus projetos.

Via.

Siga o FTC no Twitter + Facebook + Pinterest + InstagramTumblr + FlipBoard e assine nossa newsletter para updates.

Viciada em açúcar, Marina Gallegani é movida pelas forças da natureza e tem fome de liberdade. Jornalista, escritora e fotógrafa amadora, se entrega às cores da vida e sonha com viagens ao redor do mundo. Em constante reconstrução, acredita ser eterna e tem a certeza de que o sorvete é uma das fórmulas da felicidade.

Marina Gallegani – já escreveu posts no FTCMAG.



Comentários