Now Reading
5 jogadoras de futebol inspiradoras que você precisa conhecer

5 jogadoras de futebol inspiradoras que você precisa conhecer

Premiadas como melhores jogadoras, estas 5 mulheres merecem destaque quando falamos em futebol feminino

Quando o assunto é futebol, logo vem à tona resultados e os palpites esporte net jogos de hoje, mas hoje será diferente. Nosso artigo será dedicado a elas: Jogadoras profissionais de futebol! Que venceram tabus ao longo dos anos, demonstrando que a figura masculinizada das atletas nunca foi um padrão do esporte e que é possível manter seu estilo e praticar algo que por muito tempo ficou direcionado aos homens.

Sem perder o charme, misturando força e beleza, as atletas chamam a atenção não apenas por suas demonstrações de resistência, com duros ciclos de treinos e competições, mas também pela feminilidade, percebida em pequenos detalhes.

Infelizmente em nosso país, o futebol feminino ainda caminha em passos lentos. Porém ao redor do mundo possui uma força gigantesca e em alguns é esporte principal das mulheres, deixando de lado a premissa de ser “coisa de menino”.

Neste artigo vamos trazer algumas mulheres que são pura inspiração no esporte, consideradas as musas atuais quando falamos nas jogadoras do mundo. Tem até a atleta que tentou conciliar sua carreira de jogadora com a de modelo! Confira:

1 – Kaylyn Kyle

Embora não seja tão popular quanto algumas das jogadoras americanas, Kaylyn McKenzie Kyle, natural do Canadá, faz bastante sucesso. A atual empresária jogou pela última vez em 2017 como meia pelo Orlando Pride na National Women’s Soccer League. Ela também é membro da seleção nacional de futebol feminino do Canadá, embaixadora do Right To Play, âncora na emissora TSN e proprietária da Kaylyn Kyle Soccer Academy.

Kyle representou o Canadá nas equipes juvenis Sub-17 e Sub-20, participou da Copa do Mundo Feminina Sub-20 da FIFA duas vezes em 2006 e 2008. Nos jogos pan-americanos de 2011, foi membro da equipe vencedora do ouro que derrotou o Brasil.

Kyle ganhou o bronze nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, desempenhando um papel proeminente durante todo o torneio no meio-campo do Canadá.

 2 – Alexia Putellas

Premiada como a melhor jogadora do mundo na temporada 20/21 a jovem Alexia, de apenas 23 anos, atua pelo Barcelona desde os 17 anos e com contrato até 2024, ela é uma das estrelas do jogo atual e tem sido referência na modalidade que busca inspirar novas atletas.

A jogadora do Barça tem um dos maiores salários do futebol feminino. Ela começou a praticar o esporte aos seis anos de idade ainda na escola, entrou nos infantis do Sabadell e em seguida foi para o Levante, time da cidade Valência.

Foi em 2012/13 que assinou contrato com o Barcelona para atuar nas categorias de base e, mais tarde, no time profissional. A meio-campista se mantém na equipe até hoje. Alexia usa sua visibilidade para reivindicar mais investimentos no futebol feminino.

3 – Laisa Andrioli

Gaúcha, Laisa começou a carreira no time juvenil do Internacional, apesar de ser torcedora do Grêmio. Jogou também pelo Palmeiras e defendeu a seleção brasileira sub-20. A carreira como jogadora, contudo, deixou de ser prioridade quando ela se machucou e viu que poderia se arriscar como modelo.

Depois de tempos como modelo, Andrioli atualmente está em Houston, Texas, e a talentosa atleta avisa: “Meu entusiasmo para jogar futebol novamente é maior do que nunca”.

4 – Lauren Sesselmann

Uma das mais belas jogadoras de futebol, Lauren sempre se preocupou com seu lado feminino, inclusive já fez até uma série de vídeos para ensinar outras mulheres a entrarem em contato com seu corpo, estimulando as atividades físicas. Naturalizada canadense, a musa conquistou a medalha de bronze nas olimpíadas de Londres em 2012.

Lauren foi criada em Green Bay e demonstrou seu interesse em esportes quando era jovem. Ela era ótima em futebol e basquete. Assim, ela foi para a Notre Dame Academy e, em 2001, venceu o campeonato estadual de basquete feminino de Wisconsin. Foi somente depois que começou a jogar futebol seriamente,. por volta de 2005.

Em 2010, Lauren Sesselmann se tornou cidadã canadense através de seu pai, e foi convidada para jogar pela Seleção Canadense. Já esteve no Pan-Americano de 2011 em Guadalajara, nos Jogos Olímpicos de 2012, na Copa do Mundo Feminina da FIFA de 2015 e ganhou diversos prêmios e medalhas olímpicas.

Hoje, com 37 anos, ela é treinadora, apresentadora de programas de esportes e defensora da saúde mental nas redes sociais. 

5 – Alex Morgan

Nos seus primeiros 100 jogos pela seleção americana marcou incríveis 73 gols. Ela também já foi campeã olímpica e, em 2016 foi capa da versão americana do jogo FIFA ao lado de Lionel Messi. É, sem dúvida, uma competidora impecável sendo considerada pela maioria dos especialistas como uma das melhores e mais completas jogadoras da história.

Alex Morgan despontou como a maior promessa do futebol feminino nos Estados Unidos. Ela começou jogando na Universidade da Califórnia em Berkeley como estudante. Em 1 de junho de 2017, conquistou a Liga dos Campeões de Futebol Feminino da UEFA após vitória nos pênaltis contra o Paris Saint-Germain.

Em 12 de setembro de 2020, assinou com o Tottenham, porém, após 5 jogos, saiu do time. Para a temporada de 2022, Alex fechou contrato com o San Diego Wave FC.

Scroll To Top