Novas metas, novos sonhos e a crença de que SIM! Esse será um ano diferente. As coisas nem sempre as saem como desejado, certo? Por isso, neste post, reunimos dicas para você atingir suas metas. Confira! E lembre depois de nos contar como está sendo seu ano, combinado?

1 – SAIBA QUAIS SÃO SUAS METAS DE VERDADE

Parece óbvio? A maioria das pessoas acaba criando metas inatingíveis e que não tem um verdadeiro significado. Não se envolvem com o objetivo real, se autossabotam. E ao invés de você pensar que quer emagrecer 10 quilos em 2 meses, dominar fotografia em 1 semana ou viajar muito a cada mês esse ano, você pode optar por ter objetivos reais como correr a São Silvestre no final do ano, fotografar algo novo toda semana ou conhecer uma nova cidade brasileira a cada semestre. Cultive o seu progresso aos poucos e com calma!

Sua meta é viajar o mundo? Quanto você teria que economizar para isso? Veja o guia da UNESCO das cidades mais criativas do mundo!

Lembre-se: Ao mudar sua meta genérica por objetivos específicos e reais é mais fácil você cumprir o que prometeu e assim, se preparar para a jornada final, atingindo o que você busca!

2 – NÃO SE COBRE TANTO, MAS LEMBRE-SE DAS METAS

Cobrança em excesso não faz bem e você só vai se desmotivar cada vez mais. Porém, ficar dando desculpas e adiar os compromissos também não faz com que suas metas aconteçam mais rapidamente. É importante ter disciplina para acompanhar seus resultados. Planners mensais, lembretes no celular e post-it no quarto são ótimas maneiras de você lembrar dos seus compromissos de forma ampla. Tente também reduzir suas metas ao essencial pois metas demais podem acabar atrapalhando seu desenvolvimento. 

Veja aqui lindos e completos planners/calendários 2020 gratuitos para você organizar seu ano da melhor maneira possível!

Lembre-se: você nunca vai fazer algo perfeito. Abra mão as expectativas irreais e aceite a realidade. Concentre no que vai te dar mérito, no seu esforço e tenha isso em mente: ‘Feito é melhor que perfeito!’

3 – APRESENTE-SE A VOCÊ

Isso vale para a vida. Autoconhecimento é tudo! Psicologia, astrologia, meditação, reza, esportes, massagem, hobbies… Passe um tempo com você. Leve-se para sair! Conheça quem você é quando está só e quando tem companhia. Faça o que você gosta e busque as ferramentas que você acredita para entender melhor o porque de você reagir de certa forma, a determinadas situações e aprenda a aceitar-se e a superar seus desafios.

Lembre-se: Respire fundo sempre, se coloque no lugar das outras pessoas, tenha empatia, seja gentil com você mesmo, tenha carinho pela pessoa que você se tornou/está se tornando!

Gosta de astrologia? Veja como deixar sua casa mais mística!

Muitas vezes deixamos de fazer o que gostamos por simplesmente esquecermos o quanto aquilo nos faz bem. Aulas de cerâmica, cozinhar, desenhar, tocar instrumentos, xadrez, tricotar, dançar, surfar… O que seja! O importante é resgatar esses hábitos e ter horários na sua rotina dedicados à você.

4 – QUAL A SUA PALAVRA?

Depois de se envolver mais com o processo de autoconhecimento você pode pensar na sua palavra, naquilo que te define. Sabendo qual sua essência fica mais fácil relacionar suas metas com quem você é/quer ser. Busque saber o que suas músicas favoritas têm em comum, os lugares que você gosta de ir, no que você acredita, quais são seus valores, quem são as pessoas que mais te influenciam, os filmes que você mais gosta e por quê.

Lembre-se: A gente precisa ser sincero. Especialmente com a gente mesmo.

Você conseguiria definir seu ano em uma cor? Veja a de 2020!

Busque a relação entre as coisas ao seu redor e quando você tiver sua palavra definida (é claro que ela pode mudar com o tempo) você pode espalhá-la no seu quarto, colar no notebook, celular, local de trabalho e até esconder em alguns lugares da casa para de vez em quando você se deparar com ela e ganhar força para atingir seus objetivos.

5 – O QUE VOCÊ QUER SENTIR DAQUI 1 ANO?

Complicado, sabemos. Mas a conexão vem de emoções como alegria e desejo e, sabendo disso pense o que você quer sentir daqui um ano. Felicidade? Alívio? Paz? Então sabendo que atividades te trazem cada sensação, você pode incluí-las na sua rotina e se familiarizar cada vez mais com esses sentimentos. Ser feliz é um hábito de praticar as coisas que te fazem bem constantemente.

Lembre-se: Precisamos saber lidar também com os imprevistos que acontecem pela vida. Mesmo assim, há chances de começar de novo, recuperar o fôlego e ir trás das metas.

Mais sustentabilidade? Veja a reportagem da designer que vive desde 2014 em sintonia ecológica com o nosso planeta!

6 – MOTIVE-SE CONSTANTEMENTE!

E isso não quer dizer se presentear com doces, treinar mais fraco, economizar menos dinheiro esse mês e nem nada que deixe o processo menos difícil, viu?

Ouvir música para trabalhar mais? Sim, juro! Confere como aqui.

Motivação pode vir por páginas de empreendedorismo no Instagram, vídeos de superação no YouTube, logo quando você começa seu dia, repetição de mantras, ler a mesma frase que te motiva todo dia de manhã no espelho, ir a workshops, encontros, anotar o que você realizou no seu dia antes de dormir, ou como você achar melhor.

Lembre-se: Você pode fazer qualquer coisa, mas você não pode fazer tudo ao mesmo tempo. Cuide do seu corpo físico, das suas emoções e da sua cabeça – isso é tão importante – se não mais! – do que ser uma máquina de conquistas fabulosas.

As melhores frases motivacionais em ilustrações belíssimas!

E aprenda a admitir que sim, às vezes você simplesmente perdeu a vontade (ou não faz mais sentido) de fazer aquilo. E daí? Não é o fim do mundo. A vida é cíclica e tá tudo bem.

E se por acaso uma das suas metas seja ler todas as matérias super legais que nós postaremos esse ano aqui no FTC, pode começar nos adicionando na sua página inicial de internet, seguindo nosso Instagram e mandando mensagens! Pode ser para sugestões, agradecimentos e para compartilhar suas metas conosco! <3

Imagens: Shutterstock

Tereza Teixera é estudante de Arquitetura e Urbanismo com muito prazer e está sempre procurando aprender mais sobre um pouco de tudo, principalmente sobre cenografia, criatividade, inovação, filosofia, negócios e novas formas de viver. Regida sob novos desafios e convivência constante com a arte.

Tereza Teixeira – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários