Para quem tem sede de mudanças, sonha com formas conscientes e dinâmicas de vivenciar e atuar no cotidiano, busca incessantemente por inspiração, conhecimento, arte e evolução, este final de semana é um prato cheio para mentes expansivas e almas inquietas.

follow-the-colours-festival-path-2016

Nos dias 14 e 15 de maio (sábado e domingo) será realizado o Festival Path, no bairro de Pinheiros, em São Paulo. Em sua quarta edição, o evento é aquecido por um caldeirão de criatividade e ocupa a posição do maior festival de inovação do Brasil, incentivando a cultura, educação e formas diferentes de se pensar, agir e relacionar com um mundo tecnológico que, aparentemente, não para sequer por um segundo.


Criado pelo O Panda Criativo, uma plataforma que contribui com o desenvolvimento humano, social e econômico através de iniciativas transformadoras, o festival contará com diversas palestras, workshops e entrevistas, totalizando 300 horas de conteúdo, além de 25 filmes, 26 showsexposição de arte, feira de startups16 foodtrucks para matar a fome com qualidade durante toda a programação.

As atividades acontecerão em espaços diferentes, porém interligados. Passeando pelo Instituto Tomie Ohtake, o museu A CASA, Estúdio, Fnac e a Praça dos Omaguás, surge então a Cidade Path. O ambiente extenso será conectado por ideias divergentes e complementares que, apresentadas simultaneamente, permitirão que a diversidade seja porta de entrada para novos projetos, debates entre pensamentos alternativos, contradições e expressões distintas.

Nas palestras multitemáticas, realizadas através de formatos diferentes, dois pontos importantíssimos permanecem em comum: criatividade e inovação. Os temas abordarão questões como empreendedorismo, cultura contemporânea, ocupações urbanas, feminismo, gênero, tecnologia, sustentabilidade, mercado musical e audiovisual, dentre outros.

Os shows serão divididos em três espaços: no Palco Sol, músicos de rua, no Palco Spotify, apresentações de som alternativo, e no Palco Principal a multiplicidade do cenário musical contemporâneo.

Quanto aos filmes, o Festival de Cinema Documental dará o recado, sendo que cada obra irá concorrer a um prêmio de R$10 mil por categoria. Serão gratuitamente expostos no Instituto Tomie Ohtake.

Para ter acesso a todas as informações detalhadamente, navegue pelo site do festival, mas atenção: fique atento à programação, pois várias atividades serão realizadas ao mesmo tempo. Monte sua agenda com paciência para não perder o que você considera mais importante!

Adquira seu ingresso aqui.

Nós também estaremos por lá contando tudo o que acontece via redes sociais. Acompanhe! FTC no Twitter + Facebook + Pinterest + InstagramTumblr + FlipBoard e assine nossa newsletter para updates.

Viciada em açúcar, Marina Gallegani é movida pelas forças da natureza e tem fome de liberdade. Jornalista, escritora e fotógrafa amadora, se entrega às cores da vida e sonha com viagens ao redor do mundo. Em constante reconstrução, acredita ser eterna e tem a certeza de que o sorvete é uma das fórmulas da felicidade.

Marina Gallegani – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários