Now Reading
Quer aumentar sua felicidade? Pratique esses hábitos

Quer aumentar sua felicidade? Pratique esses hábitos

hábitos felicidade

*Este post foi desenvolvido em parceria com a BetterHelp.

Nos dias atuais, quando tentamos articular o propósito de nossas vidas, costumamos recorrer à palavra felicidade. É complicado falar sobre se sentir feliz. Explorar nossos talentos adequadamente, administrar um lar, manter um relacionamento, criar um novo empreendimento: nenhum desses objetivos provavelmente nos deixará alegres todos os dias.

Os gregos antigos não acreditavam que o propósito da vida fosse ser feliz. A proposta deles era a busca da eudaimonia, palavra que pode ser traduzida como “realização”, bem-estar e a construção da plenitude em alcançar as melhores condições possíveis em todos os sentidos, com virtude, moralidade e uma vida significativa.

Uma vida significativa, em alguns pontos é crucialmente diferente, de uma vida feliz. E a questão do que torna a vida significativa deve ser respondida individualmente. Não é possível depender dos outros para determinar o que será significativo para nós. 

O Butão, 1º país do mundo a pensar na Felicidade Interna Bruta (FIB), traz para seu governo dados de bem-estar, cultura, educação, ecologia, padrão de vida e qualidade, como um sentimento indicador de orientação.

Cada um à sua maneira, todos nós estamos em busca da felicidade. Por isso, saber lidar e conduzir as emoções com equilíbrio, mesmo nas adversidades, é crucial; praticar hábitos que dão prazer para conseguir manter o sorriso no rosto, traz uma melhora significativa geral e a diminuição do estresse.

Muitos projetos valiosos estarão em desacordo com o nosso contentamento, e ainda assim, valerá a pena persegui-los. A felicidade está relacionada com o que uma pessoa faz de si e de sua vida. Se você quiser descobrir mais sobre sua importância, considere ler os artigos da BetterHelp, plataforma de terapia online.

A tendência é que os pequenos rituais que ajudam nesta conquista deixem de ser tão praticados ou valorizados e o foco principal passe a ser o resultado final. Mas a prática de alguns hábitos, como os a seguir, segundo a ciência, podem abrir caminhos para ser uma pessoa mais feliz. Confira:

Inclua atividade física na sua rotina

Quando nos exercitamos, estamos realmente melhorando nosso humor. Fazer seu coração bombear causa um fluxo de substâncias químicas cerebrais que diminuem o estresse e aumentam a felicidade. O cortisol, o hormônio que causa estresse, é reduzido quando você se exercita. De outro lado, endorfinas, dopamina e serotonina, aumentam nossa felicidade após o exercício. Qualquer tipo de atividade faz bem para o sistema nervoso, escolha a sua preferida.

Mantenha um diário

Há muitas maneiras pelas quais o diário está ligado à felicidade. Segundo estudos, escrever há uma relação não apenas com o bem-estar emocional decorrente desta rotina, mas com um sistema imunológico mais consistente. Você pode começar escrevendo as coisas que o fazem sentir alegria; dar nome às emoções, reconhecer eventos traumáticos – ordenar os pensamentos gera benefícios à saúde das pessoas. Manter um diário pode também dar um boost no humor, na autoconfiança e até no Q.I. Quando você anota as coisas, pode encontrar soluções de forma mais lógica e libertar sua mente de uma função desgastante.

Tenha uma boa noite de descanso

As questões relacionadas a tempos acelerados, claro, não é um tema novo. Você já dormiu e no dia seguinte se sentiu irritado e distraído? Isso ocorre porque nossos hábitos de sono desempenham um papel importante em nosso humor. Quando você tem uma boa noite de descanso, é mais provável que afaste sentimentos de raiva e frustração. Tente definir então uma rotina de sono reparadora todos os dias. Uma das dicas, por exemplo, é evitar telas e cafeína antes de dormir. Além disso, considere praticar alongamentos relaxantes e exercícios de respiração para acalmar o corpo e a mente.

Nutrir relacionamentos duradouros

O imediatismo e a ansiedade permanente dificilmente constróem relações duradouras. Porém, manter um bom relacionamento com a família, amigos e parceiros românticos ajuda no humor, prazer, e claro, na felicidade. Ao cercar-se de pessoas que amam, confiam e apoiam você, conquistamos a ética, gentileza e coerência. Quando você nutre relacionamentos duradouros, sabe que tem em quem confiar. Considere encontrar um amigo próximo uma vez por semana e tomar um cafezinho: isso ainda aumenta nossa expectativa de vida, diminui as chances de uma doença cardíaca e melhora a saúde mental na vida adulta. 

Scroll To Top