Numerosos estudos mostram que arte e música podem ajudar a aliviar a dor crônica, evitar os sintomas de demência e doença de Alzheimer e acelerar o desenvolvimento cerebral em crianças pequenas. Agora, há evidências de que simplesmente ser exposto às artes pode ajudar as pessoas a viverem mais.

Uma ida ao teatro, visitar museus ou galerias de arte tem benefícios sobre a sua saúde. E quanto mais vezes você se envolver com cultura, melhor, sugere um novo estudo. Pesquisadores da University College London (UCL) descobriram que pessoas que tem relação com arte com mais frequência – a cada mês ou mais – têm 31% menos chances de morrer cedo quando comparadas às que não o fizeram. Mesmo ir ao teatro ou museu uma ou duas vezes por ano estava associado a 14% menos chances de morrer.

As pessoas do estudo foram envolvidas em atividades artísticas, que também incluíam exposições, concertos e óperas, mas não cinema. Os participantes foram acompanhados por uma média de 14 anos, durante os quais as mortes foram gravadas usando dados do Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS.)

POR QUÊ ARTE?

O estudo analisou uma série de fatores para tentar explicar por que existe uma ligação entre o “engajamento artístico” e uma vida mais longa. Parte do motivo, segundo o estudo, se resume as diferenças sociais e econômicas entre aqueles que vão e não vão aos museus, exposições e galerias de arte.

A riqueza, eles descobriram, explicou cerca de 9% da associação. Diferenças cognitivas, engajamento social e cívico, saúde mental, mobilidade, incapacidade e privação também tiveram um papel importante. Coisas como tempo livre e status ocupacional não fizeram diferença material.

No entanto, mais da metade da associação é independente de todos os fatores que poderiam explicar o vínculo. O envolvimento com as artes pode atuar como um amortecedor contra o estresse e trazer criatividade, o que permite que as pessoas se adaptem à novas circunstâncias. Também ajuda a construir capital social – acessando informações e dando apoio emocional, o que ajuda a envelhecer com mais sucesso.

O estudo também observou que o envolvimento nas artes pode reduzir a solidão, promover a empatia e a inteligência emocional e impedir que as pessoas se tornem sedentárias – fatores que contribuem para uma vida mais longa.

Copiar a arte de outras pessoas pode aumentar a sua criatividade, diz estudo 

Por aqui, já vimos que observar o mundo aguça a criatividade. E que arte traz diversas sensações para a nossa vida. Muitas vezes quando você presta atenção às pequenas coisas que estão ao seu redor, você consegue reconhecer problemas que logo podem ser transformados em oportunidades. Então nada melhor do que observar o nosso mundo com formas, cores e muitas emoções através da arte, não? 

Que tal agora começar se programar para visitar museus pelo menos uma vez a cada 6 meses? Aproveite exposições gratuitas, dias livres em galerias e mais!

Via.

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários