pla1

Imagine ser engolido por uma baleia, desbravar castelos ou salvar um navio naufragando?! Pois é, ao invés do tradicional conjunto de escorregadores e balanços, a empresa dinamarquesa Monstrum investe no inusitado, e leva a criançada à loucura nos parquinhos que projeta por toda a Europa.

pla3

pla4

As criações dos designers Ole B. Nielsen e Christian Jensen liberam a imaginação das crianças,  dando margem para todas as fantasias possíveis.

pla5

pla6

pla7

pla8

“Enxergamos o mundo como um lugar cheio de cores. Conhecemos meninos que gostam de cor de rosa e meninas que adoram árvores, então por que brincar em uma estrutura comum e uma caixa de madeira, quando você pode ter uma cratera na lua, um submarino ou uma aranha gigante?”, questionam os dinamarqueses, que completam: “A fantasia é infinita”.

pla11

pla12

pla13

pla9

pla10

Via.

Paulo Moura é jornalista, sócio-diretor da Agência VIRTA e autor do blog Mosca Branca. Além do FTC, também escreve sobre inovação e criatividade para o Hypeness.

Paulo Moura – já escreveu posts no FTCMAG.



Comentários