Now Reading
Personal Organizer: 6 dicas para manter a casa sempre em ordem

Personal Organizer: 6 dicas para manter a casa sempre em ordem

personal organizer

Coloque ordem na casa e na própria vida, transformando seu lar com muita inspiração. Confira dicas de personal organizer!

A japonesa Marie Kondo faz sucesso com seus livros e dicas de arrumação: “Minha missão é levar alegria ao mundo por meio da ordem”. A guru da organização ganhou até série no Netflix, ‘Ordem na Casa com Marie Kondo’, em que explica brevemente o seu método dividido em categorias.

Ao assistir, fica até inevitável repensar armários, gavetas e compartimentos. Seus ensinamentos foram considerados mágicos por uns – e um pouco exagerados por outros. Porém, Marie costuma dizer que devemos manter em nosso lar apenas o fundamental, descartar o que é inútil, possuir apenas objetos que nos trazem alegria e um bom sentimento. Segundo ela, isso é ótimo inclusive para a alma! 

Independente de você concordar com Kondo ou não, o fato é que unir organização com decoração e limpeza deixa qualquer ambiente mais agradável, fazendo com que as pessoas se sintam ainda mais felizes nas próprias casas. Para te ajudar nessa tarefa, selecionamos dicas incríveis de personal organizer para você manter seu lar sempre em ordem. Confira: 

6 DICAS DE PERSONAL ORGANIZER

1 – Antes de tudo, faça uma limpeza geral

Seja em qual cômodo for: para começar qualquer organização, a primeira coisa que você precisa fazer é se livrar de tudo que é dispensável, vencido, que faz volume e o que você não precisará daqui para frente. 

A 1ª etapa é fazer um desapego e descarte das coisas que estão sobrando como objetos velhos, roupas desbotadas ou que precisam de consertos.

Separe então 3 caixas: uma para doação, outra para lixo e outra para reparos (conserto, costureira, etc). 

Usando as caixas, você deve fazer uma limpa dentro dos armários, gavetas, prateleiras e caixas de toda a casa, para assim desocupar mais espaço. Essa é a etapa básica. Como demanda tempo, você precisará olhar as coisas com calma, portanto lembre-se: a organização é um processo. 

2 – Deixe alguns objetos guardados sempre a vista

Marie Kondo sempre recomenda que durante o processo, você se pergunte sobre o futuro que imagina para si e se aquele objeto em questão faz parte desse cenário. Numa sala de jantar, por exemplo, se você tem muita louça e quer organizá-las para começar a usar todos os dias um jogo de porcelana específico, deixe em vista para sempre lembrar dele.

Assim, não há risco de comprar um novo ou esquecer das peças. Caso você não tenha um móvel próprio para colocá-los, Marie sugere caixas transparentes para objetos. O ideal é ordenar como uma biblioteca, com lógica e de uma maneira que fique visível e acessível.

Dica: Caixas são as maiores aliadas para quem precisa colocar a casa em ordem. Existem modelos de plástico, papelão, tecido e até de fibras, que são bem bonitas. A dica é separar caixas para cada tipo de objeto da casa. Você pode guardá-las dentro de armários, gavetas, separar itens pelas suas funções, cores, temas, etc.

3 – Organize documentos importantes dentro de pastas 

Documentos são ótimos para ficarem organizados em um lugar mais seguro. Assim, quando você precisar de algo relacionado a isso, já sabe que estarão todos em um mesmo lugar. Certidões, passaportes, carteira de trabalho e por aí vai – colocar tudo dentro de uma pasta etiquetada ou com divisórias pode ser uma boa solução. Essas, por sua vez, devem ficar dentro de uma caixa própria, que você pode identificar como a categoria ‘documentos’. 

Dica: As pastas podem ter cores diferentes para facilitar na hora de identificar o que você quer, ou serem transparentes para deixar o que tem dentro à mostra. O importante mesmo é você mantê-las em um local seguro. Os boletos do ano, recibos e pagamentos podem ficar aqui também, setorizados. 

4 – Na cozinha, aposte em potes, cestas e gavetas

A primeira dica é: quanto menos coisas, menor a possibilidade de ficar bagunçado. Em cozinhas e lavanderias, como temos muitos objetos miúdos, uma boa ideia é utilizar bastante as gavetas, balcões e prateleiras. As gavetas mais baixas podem guardar toalhas de mesa, panelas, além de peças para servir, suporte para bebidas e jogos americanos. 

Deve-se evitar o uso de gavetões muito profundos para itens pequenos e também pesados ou delicados, como travessas, copos, pratos e taças. Nestes ambientes vale usar também alternativas para deixar a cozinha mais arrumada como ganchos, aramados e carrinhos de apoio. 

Se não tiver despensa na sua casa, algo que pode funcionar bem para guardar alimentos que não precisam de refrigeração, e que não são muito utilizados, são os próprios armários (rotativos) da cozinha criados para esta função. Para facilitar a manutenção compre potes quadrados ou retangulares, porque eles otimizam melhor o espaço. Os transparentes facilitam a identificação! A utilização de cada cantinho deve ser feita com o melhor aproveitamento possível.

Outra ideia que mantém a cozinha organizada são as gavetas com suporte para talheres e divisórias funcionais que podem transformar a rotina na cozinha. Algumas possuem separadores específicos para determinados utensílios e acessórios como porta temperos, facas, tesouras e etc. Um verdadeiro luxo!

5 – Na lavanderia, cestos mantém o ambiente em ordem 

Na lavanderia é fundamental saber ler o guia de lavandeira. Faça um quadrinho, imprima ou escreva algumas informações. Familiarize-se com o que é indicado para lavar, passar e secar. Assim suas roupas vão durar muito mais tempo.

Separe os produtos de limpeza por categoria: ex: limpeza da casa/lavagem de roupas. Guarde-os em cestas para manter tudo em ordem e coloque-os dentro de um armário, assim fica bem mais fácil para você achar o que precisa rapidinho.

Instale ganchos na parede, dentro de um compartimento do armário (ou atrás da porta) para vassouras e suporte para a mesa de passar. Aqui, o que não pode faltar são cestos para roupas. Eles são uma super ajuda para manter a lavanderia em ordem e quebram um galho na hora de lavar e passar as roupas. 

6 – Guarda-Roupa: se te faz bem, vai te motivar a deixar organizado

Claro que cada pessoa tem um jeito de organizar o seu armário, seu closet. Nada nos faz tão bem quanto abrir as portas e ver tudo certinho! E já que estamos falando sobre essas dicas, aqui vão as nossas sugestões:

– Padronize os cabides e pendure neles as roupas que você mais usa. Deixe todos os cabides virados para o mesmo lado. Assim fica mais prático para as roupas serem utilizadas no dia a dia. Não esqueça de usar o cabide certo para não deformar as peças; 

-Ao organizar, separe as roupas por tipo ( camisetas, blusas, calças,…);

-Pendure camisas e guarde camisetas em prateleiras ou gavetas. Aliás, deixe as gavetas para peças menores. Uma gaveta bem organizada é aquela que é possível ver tudo o que a pessoa tem;

Por fim, sabe aqueles objetos sentimentais que falamos no começo? Deixe-os para o final na hora da organização. Essa atitude evitará a perda de foco e você conseguirá fazer tudo muito mais rápido.

É importante saber também que nem sempre caixas ou sacos conseguirão organizar uma casa desorganizada. Isso pode, inclusive, virar uma nova bagunça, já que você não sabe exatamente o que tem dentro. Os objetos serão esquecidos, e na hora que forem procurados, uma nova bagunça será instaurada.

Scroll To Top