Em tempos modernos, em que marcas só copiam marcas, em que vemos cada empresa no seu quadrado, olho por olho e dente por dente, há também iniciativas que nos fazem crer em um mundo melhor.

Os produtores de geleias artesanais, Mermeleia, La Conserveria e Douceur do Céu, recentemente se uniram, cada um com a sua combinação específica de sabores, técnicas e identidades visuais, para desmistificar a ideia de concorrência e por meio da troca de experiências, fortalecer quem trabalha de forma genuína e original. O objetivo principal é amplificar a divulgação dessa característica comum às 3 marcas, além de tornar consciente a relação das pessoas com o coletivo e esse tipo de jornada de troca e aprendizagem.

Pensando num projeto de união e de fortalecimento, nada mais natural, pensaram eles, que esse pensamento se alastre para todos os outros pequenos produtores que estão no mesmo barco. “Quando se deixa de olhar para o lado de forma negativa, ganha-se força para juntos educar o consumo de produtos feitos com qualidade e respeito”– comentam. Assim, de pouco a pouco, o trio pretende educar também o mercado e espalhar o poder da cultura da colaboração entre as marcas. 

Pensando nisso, conversamos com o pessoal da Mermeleia, La Conserveria e Douceur do Céu para saber um pouco mais sobre a união das marcas nesta ideia e o que podemos aprender. Confira:

FTC: Para vocês, o que é ser genuíno?

Genuíno é todo aquele que no fazer artesanal, deposita no produto toda sua essência. Fazemos parte de um mercado específico que acredita no artesanal. No feito a mão. Afinal é muita energia de entrega nessa empreitada.

Incentivamos o consumidor a conhecer cada vez melhor não somente a geleia que ele compra, mas também a história de quem está por trás da marca e da criação da receita. Desde a escolha das frutas à entrega do pote em suas mãos.

FTC: Como vocês lidam com a concorrência entre outros produtores artesanais de geleias?

Produzimos para quem se importa com o sabor, com o método de preparo e, portanto, com a qualidade final do produto. Concorrência pode ser algo positivo. As experiências e referências do outro, podem ser estímulo para a busca de melhoria do meu produto.

O tempo que gasto me preocupando com o que o outro faz, pode ser investido no que estou fazendo. Juntos, somos mais fortes.

FTC: Como é ser empreendedor no Brasil?

Empreender no Brasil é complexo. Existe no país facilidades para você criar sua micro empresa individual, mas todos percebem a dificuldade ao querer crescer acima de um certo patamar.
Somos investidores de nós mesmos e isso requer muita resistência. É preciso acreditar e estar 100% com olhos no “pote de ouro” para que ele permaneça.

FTC: O que vocês diriam para quem está começando e se inspiram em vocês?

Seja você. Potencialize em seu produto o que você é. Nada que não seja de verdade, avança. Não desista, por mais difícil que seja essa corrida. Um produto cheio de história vende-se por si só.

FTC: Como podemos conhecer melhor o trabalho de cada um?

Mermeleia: Geleias Caseiras. Para se comer a colheradas! Site e Instagram.

La Conserveria: Geleias e conservas feitas por Graziana Matera. Site e Instagram.

Douceur do Céu: Geleias artesanais de frutas orgânicas. Tradição familiar francesa. Site e Instagram.

GENUÍNO

adjetivo
1. próprio, exato.
2. legítimo, verdadeiro.

“Resolvemos tirar a poeira dos potes e resgatar aquilo que há anos é produzido. São inúmeras as propostas e hoje te apresentaremos três delas. França, Itália, Chile e Brasil. Cada um de nós, com suas experiências e heranças. Resolvemos nos ajuntar aqui, dentro de um pote. Produzimos para quem se importa com o sabor, com o método de preparo e, portanto, com a qualidade final do produto.

Fazemos parte de um mercado específico que acredita no artesanal. No feito a mão. Afinal é muita energia nessa entrega. Mermeleia, La Conserveria e Douceur do Céu fazem parte de uma nova geração de produtores artesanais de geleias, que se unem, cada um com a sua combinação específica de sabores, técnicas e identidades visuais, para desmistificar a ideia de concorrência e por meio da troca de experiências, fortalecer quem trabalha de forma genuína e original.

Incentivamos o consumidor a conhecer cada vez melhor não somente a geleia que ele compra, mas também a história de quem está por trás da marca e da criação da receita. Desde a escolha das frutas à entrega do pote em suas mãos. É de pertencimento que estamos falando e para permanecer no mercado, é preciso enfrentar desafios e resistir. Valorize o pequeno produtor.”

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários