A marca de joias, 189., da designer Stephanie Perla, carrega em seu DNA a união do rústico ao sofisticado resultando em anéis, colares, braceletes e brincos contemporâneos e autorais

Colares coleção Flora 189.

Com peças texturizadas, Stephanie Perla une contemporaneidade e o rústico ao sofisticado em design autoral de joias artesanais. Suas peças trazem sua visão do mundo e a expressão de momentos vividos pela sociedade, com cada detalhe pensado. Sua marca autoral brasileira, a 189. traz anéis, colares, braceletes e brincos feitos com produção completamente artesanal. Stephanie se inspira claramente em paisagens, na natureza e histórias. 

Formada em Design de Moda pela Faculdade Santa Marcelina com foco em joalheria, a designer já vivenciou a ourivesaria sob diversos aspectos. Esteve no curso de Modelagem em Cera Perdida e Cravação de Pedra Flush Setting na faculdade Central Saint Martins em Londres. Em Florença fez curso de Bancada Avançada e Técnicas de Joalheria Contemporânea na faculdade Alquimia. E fez estágio em Joias Finas em Hamburgo em uma joalheria de mais de 100 anos.

A curiosidade e experiências em diferentes países e ateliês despertou nela a vontade de criar sua própria marca, a 189. “Sou especialista em superfícies. Utilizo ferramentas diversas para dar as famosas texturas da 189. junto com o oxidante, que deixa a peça mais escura, porém os acabamentos são delicados e bem pensados. O interior e o verso das joias são tão importantes quanto a parte de fora que é mais visível”, conta a designer ao FTC.

As criações têm como marca registrada texturas diversas presentes na maioria das joias, que tem ainda um ar mais rústico, sugerindo uma impressão de inacabado, mas na verdade o apuro do acabamento é um dos diferenciais da marca. 

Anéis masculinos 189.

SOBRE A 189.

A semente foi “colocada” em 2016 ainda na Faculdade, quando Stephanie formou e se mudou para Londres onde fez cursos específicos. Depois, morou na Itália e se aprofundou e aperfeiçoou em técnicas diferenciadas. Em 2018, ainda na Itália fez suas primeiras vendas, daí em diante a 189. foi tomando forma.

Atualmente, a 189. tem um DNA próprio que carrega a essência contemporânea da designer com peças fortes e versáteis, atemporais, feitas para durar por gerações e serem usadas em qualquer parte do mundo. São únicas, com traços apurados, desenhados para pessoas que prezam por joias carregadas de significados.

Colar-gravata Western(ish) 189.+Victor Belchior

A Prata 925 foi o material principal escolhido para ser trabalhado. “Primeiro foi gosto pessoal porque não uso ouro amarelo, depois fui notando como a prata é desvalorizada no Brasil, mesmo sendo um metal nobre. Então decidi utiliza-lo como forma de reeducar o mindset das pessoas, fazer notarem e apreciarem o material”, conta Stephanie.

Também em suas coleções entram pedras como Safira, Turmalina Verde, Onix, Esmeralda, Granada, Citrino, Ametista, Apatita, entre outras. A designer já criou em torno de 150 produtos diferentes para a 189. mostrando o contraste entre o rústico e o sofisticado tanto nas texturas quanto nas pedras que vezes são brutas e vezes lapidadas.

Anéis Coleção Discos 189.

No começo de 2020, surgiram mais duas coleções, dentre elas a coleção ‘Flora’, que é inspirada na Amazônia e faz alusão a flora da região que está sendo ou já foi extinta e outra coleção de joias masculinas com muitas texturas e pedras. 

O que está para ser lançado é uma coleção celebrando a vida da artista plástica Tomie Ohtake, representando-a nas joias com as silhuetas de algumas de suas obras. Esta coleção também tem um toque especial pois está sendo feita com uma técnica milenar japonesa chamada Nunome Zogan, que a criadora teve a oportunidade de aprender na Itália, algo bem novo para a joalheria contemporânea brasileira.


Coleção Flora 189.

Todas as joias são feitas sob encomenda e podem ser adquiridas através do e-commerce da marca. Acompanhe também os lançamentos da 189. no Instagram!

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários