capa-follow-the-colours-conceito-ADA-Vestido-Almerinda-Colar-Tomie-Fotografa-Morgana-Mazzon

Sustentabilidade, minimalismo e a valorização do artesanal e do feminino são só alguns dos conceitos da ADA. A marca slow fashion brasileira, que já apareceu por aqui mostrando seus diferenciais, têm como objetivo fazer com que as pessoas libertem seu estilo de maneira consciente. A ADA hoje conta com peças que permitem que homens e mulheres se vistam do seu jeito, sem se importar com as tendências. O processo de criação dos vestidos também não agride o planeta e todo o resíduo produzido é destinado à ONG Patas Dadas.

Desde o lançamento da marca, algumas coisas mudaram. As sócias Camila Puccini e Melina Knolow se reinventaram, começaram a explorar novos materiais, desenvolveram novos produtos, aumentaram a grade atual de tamanhos e definiram uma tiragem menor.

Outra coisa bem bacana é a inclusão de modelos masculinos na divulgação dos vestidos, mostrando que as roupas são perfeitas para quem tem um estilo original, independente do gênero. A parceria com a Côté, uma marca de acessórios do Rio Grande do Sul, veio para somar. A marca, que produz peças com sobras de madeira de obra, metais, circuitos elétricos e concreto, lançou recentemente uma coleção de joias exclusivas de pequena tiragem em collab com a ADA.

Conversamos com as duas para saber mais sobre a nova coleção, as mudanças e inspirações. Confira:

follow-the-colours-conceito-ADA-Vestido-Anastacia-Colar-Helo-Fotografa-Morgana-Mazzon

FTC: O que mudou desde o lançamento da marca?

No início, nossa tiragem de produtos ideal era de até cinquenta unidades e aos poucos fomos percebendo que cinquenta era um número grande e precisávamos nos reinventar. Começamos a explorar novos materiais e desenvolver novos produtos e a partir da nossa matéria-prima definimos que as novas peças viriam com uma tiragem menor. Optamos pela escolha de tecidos exclusivos que não são mais produzidos, adquirindo a última leva de estoque e trabalhando dentro de cada modelo a quantidade ideal conforme a matéria-prima.

Também atualizamos o nosso site, facilitando o layout para o consumidor e adicionando algumas novidades. Agora temos três novas seções: Cuidados, Mídia e Onde encontrar. Na “Cuidados” apresentamos todas as indicações de lavagem e secagem do produto, e um link para baixar o nosso card explicativo dos símbolos de lavagem.

Na “Mídia” é possível encontrar matérias, entrevistas e fotos onde a Ada aparece, e na “Onde encontrar” atualizamos nossa agenda de feiras para 2016 e também apresentamos outros pontos de revenda online.

FTC: Os novos modelos são inspirados em que?

Estamos sempre em uma busca constante de nomes de mulheres importantes na história para que possamos homenageá-las de alguma forma. Desta vez, antes da escolha da matéria-prima conhecemos via internet o trabalho de Jarid Arraes e ficamos encantadas com os cordéis biográficos que ela desenvolveu baseados em mulheres que fizeram a diferença na história do Brasil.

A partir disso, escolhemos sete mulheres para inspirar nosso processo criativo! Já lançamos três modelos no site, Carolina, Tereza e Antonieta, estes tem uma tiragem de até 30 unidades, e o Laudelina que é apresentado com uma tiragem de apenas cinco unidades disponível em três combinações de cores.

follow-the-colours-conceito-ada-colar-Lina

FTC: Conte mais um pouco da parceria com os acessórios da Côté;

A parceria com a Côté é só amor! Conhecemos a Pri e a Sami na Open_Feira de Design que acontece aqui em Porto Alegre/RS e desde então não paramos de conversar! A Collab tem como inspiração grandes mulheres da história da arquitetura e do design, como a artista plástica Tomie Ohtake e a arquiteta Lina Bo Bardi.

Além da essência de cada mulher, os acessórios são atemporais e minimalistas, proporcionando elegância e versatilidade. O Colar Tomie, por exemplo é ofertado em três acabamentos de madeira e pode ser usado dos dois lados, possuindo o verso em branco. Todas possuem uma pequena tiragem entre 5 e 10 unidades!

follow-the-colours-conceito-ADA-Colar-Helo

follow-the-colours-conceito-ada-colar-Tomie

Um pouco mais sobre a Côté: A marca nasceu em Porto Alegre no final de 2015 e produz acessórios a partir de materiais de descarte. As peças são criadas e produzidas manualmente pelas sócias, Samille Berlezi Machado e Priscila Elisa Berselli, arquitetas por formação, que fazem desde a coleta do material de descarte nas empresas parceiras, até a costura manual das embalagens.

Os acessórios combinam madeira de descarte, concreto e chapa de circuito elétrico em peças com desenho puro e forte inspiração urbana. A intenção é desafiar a percepção dos materiais e o valor dos objetos, resgatando o que seria descartado pela indústria, e trazer materiais alternativos para criar novos conceitos e explorar ao máximo as possibilidades de cada resíduo.

À tudo isso, alia-se a tecnologia do corte a laser, que permite o design geométrico característico da marca e minimiza os resíduos de produção. Com a moldagem e montagem manual, também são preservadas as marcas que as peças trazem consigo da indústria, pois acreditamos que elas representam sua história.

follow-the-colours-conceito-ADA-Vestido-Angelique-Colar-Lina-Fotografa-Morgana-Mazzon

follow-the-colours-conceito-ADA-Vestido-Angelique-Brinco-Lygia-Fotografa-Morgana-Mazzon

FTC: Vocês participaram recentemente do Modefica Offline. O que apresentaram no evento?

Crescemos e evoluímos desde o lançamento da marca e em 8 de Agosto completamos 5 meses de vida! Comemoramos o nosso aniversário participando da pop-up store do Modefica Offline 2016 junto com mais 14 marcas brasileiras idealizadas e lideradas por mulheres! Levamos os produtos disponíveis em nosso site e lançamos o modelo Anastácia que tem uma tiragem de 20 unidades.

Para nós, a aceitação no mercado tem sido incrível, e foi muito especial poder comemorar nosso aniversário num evento tão lindo e empoderador quanto o Modefica!

https://kissmissdress.com/

“Acreditamos que menos é mais, acreditamos na liberdade de reinventar-se sem agredir o planeta. Talvez você não precise de mais peças de roupas e sim da roupa certa”. 

follow-the-colours-conceito-ADA-Vestido-Tereza-Fotografa-Paula-Akemi-01

FTC: Tem alguma novidade sobre a ADA que pode compartilhar com a gente?

Sim! Após vários pedidos e enormes procura, vamos lançar a nossa grade de tamanhos petit para mulheres de 1,50 em final de Setembro! Também aumentamos a nossa grade atual ofertando do PP ao GG e permanecemos na demanda por altura para 1,60 / 1,70 / 1,80.

follow-the-colours-conceito-ADA-Vestido-Laudelina-creme-Fotografa-Paula-Akemi

Outra questão é que já estamos em pesquisa e desenvolvimento para lançar uma linha de produtos com matéria-prima orgânica até Novembro deste ano!

follow-the-colours-CONCEITO-ADA-Vestido-Antonieta-Fotografa-Morgana-Mazzon

Estamos desenvolvendo collabs com outras marcas e parceiros em que acreditamos muito no trabalho, porém ainda não podemos divulgar! Mas já adiantamos que lançaremos o Colar Tomie em outras opções e também pretendemos ampliar a collab Ada+Côté.

Muitas novidades virão nesse segundo semestre e uma das nossas iniciativas é participar de pelo menos uma feira por mês para estar mais perto do nosso consumidor, e a cada evento realizar o lançamento de alguma peça nova na marca!

follow-the-colours-conceito-ADA-Vestido-Tereza-Colar-Tomie-fotografa-Morgana-Mazzon

follow-the-colours-conceito-ADA-Vestido-Almerinda-Colar-Tomie-Fotografa-Morgana-Mazzon

A Ada possui uma loja virtual que conta com roupas e outros objetos incríveis. Você também pode adquirir as peças da marca e da Côté na Galeria Nacional em São Paulo (R. Mateus Grou, 540 – Pinheiros). Acompanhe as atualizações no Facebook e no Instagram.

Fotografia: Morgana Mazzon e Paula Akemi. Direção de Fotografia: Melina Knolow. Stylist: Isadora Samuel. Modelo: Bruna Ogawa e Vinicius Turra. Make: Lara Amaral. Cabelo: Salão do Paul. Agradecimentos: Jaqueline e Gustavo Rodrigues. Projeto de interiores: Moove Arquitetos. 

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários