Aprenda como garimpar em brechós: escolha a melhor opção dentro de milhares de peças, sem experimentá-las. 

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Sebrae, comprar roupas em brechós possibilitam uma economia de até 80% em relação às lojas físicas. Além disso, essa prática proporciona o consumo consciente, pois incentiva o reuso das peças ao invés da compra de novos itens.

Dentro desse contexto, muitos brechós surgiram em formato de e-commerce, com o objetivo de facilitar e trazer mais comodidade para a rotina dos consumidores. Essa nova tendência permite aos compradores garimpar e escolher roupas e acessórios de ótima qualidade dentro da própria casa, navegando pela internet.

MAS COMO ADQUIRIR PRODUTOS “SECOND-HAND”, SEM EXPERIMENTÁ-LOS?

Pensando nisso, conversamos com Luanna Domakoski, sócia-proprietária do TROCbrechó online que compra e vende roupas e acessórios seminovos (são mais de 400 marcas premium com até 20% do valor original).

Luanna conta que em seu negócio, tudo passa por uma curadoria criteriosa, com serviço de autenticação, que garante a originalidade de todas as peças. Ela então aponta 5 dicas para nos ajudar na hora de comprar algo entre as várias opções nos sites de brechós. Confira:

1. FILTRAR AS PEÇAS E SAPATOS POR TAMANHO

Todos os sites de compra online disponibilizam ferramentas para o cliente selecionar o tamanho, ou as medidas, da peça que deseja obter. Para Luanna, esse recurso de seleção é fundamental para otimizar o tempo e olhar somente aquilo que se adapta ao corpo de cada pessoa. Por isso, antes de comprar é importante que cada consumidor saiba suas medidas.

2. PRIORIZAR CORES E ESTAMPAS QUE VOCÊ GOSTE E SEJAM TENDÊNCIA

Muitos pensam que os brechós possuem roupas antigas e vintage, porém isso nem sempre é verdade. A maioria possui um enorme acervo de peças da moda atual. Para ajudar a saber o que comprar, a recomendação é sempre estar atento à tendência da época, se inspirar nas fashionistas preferidas e procurar roupas que remetem ao seu estilo e ao que está sendo usado no momento. Isso traz praticidade para elaborar novas combinações de looks com poucos itens, além de evitar que uma peça seja esquecida no armário.

3. PROCURAR MARCAS CONHECIDAS OU MODELAGENS JÁ PROVADAS

Apesar de muitos brechós online possuírem a opção de troca, é fundamental ficar satisfeito com o que se recebe em casa. Assim, comprar produtos de marcas já conhecidas por você ajuda não só no conhecimento do comprimento e caimento das peças – mesmo que as medidas estejam sempre na descrição dos produtos -, como também na modelagem. Quando uma pessoa já tem um modelo “queridinho”, é menos arriscado comprar algo parecido.

4. COMPARAR PREÇOS

Como existem diversas peças, de diferentes marcas, é válido reservar um tempo para comparar os preços. Segundo Luanna, muitas vezes as roupas parecidas podem possuir um valor diferente. Para trazer mais comodidade, vários sites filtram os itens oferecidos de acordo com o preço que o cliente deseja pagar. Independente dessa pré-seleção, a recomendação é analisar peça a peça, para encontrar o melhor preço.

5. USAR E ABUSAR DO SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor)

Quando estiver com dúvida sobre alguma compra, pergunte ao site. Geralmente, as marcas dispoẽm de blog e redes sociais com dicas de conteúdo, tendências e etc. Caso não saiba como usar alguma peça, ligue ou mande mensagem. Normalmente, os profissionais formados em moda trabalham para aquele brechó e podem tirar, exclusivamente, a dúvida. Com isso, fica muito mais fácil decidir e escolher o que comprar.

De acordo com Luanna, a prática de adquirir produtos do tipo ‘second-hand’ é uma tendência que deve ser cada vez mais valorizada. “Essa atividade permite economizar e, ao mesmo tempo, usar aquilo que está na moda, sem contar que potencializa o consumo sustentável”, completa.

Curtiu? Além da TROC, confira aqui nossa seleção de 12 brechós online para você comprar peças incríveis e super selecionadas pela internet!

Imagem: TROC/Divulgação e Unsplash.

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários