A Mybasic convidou Augustina Comas, especialista em upcycling, para ressignificar as peças da marca com baixa saída e que sempre sobravam no estoque. O resultado são modelos práticos, atemporais e com personalidade

Em 2012, a MyBasic foi pioneira ao lançar um e-commerce com foco exclusivo na moda básica premium. Um dos objetivos era criar uma marca que não impusesse padrão às mulheres. A ideia era ter liberdade para se vestir como se quer, com seu próprio estilo, a partir de peças com design atemporal, tecidos de alta qualidade e preços justos.

Havia ainda outro objetivo, talvez até maior, intangível e de longo alcance: como impactar positivamente uma indústria, que está entre as mais poluentes do mundo e tem na utilização da mão obra incorreta outro grande problema?

Hoje, a MyBasic é uma marca paulistana consolidada de básicos femininos sustentáveis, que tem como pilar principal a sustentabilidade social, ambiental, cultural e econômica, que segue estar cada vez mais alinhada e atualizada com as premissas atreladas a moda, além de continuar a trabalhar com tecidos naturais, orgânicos, certificados e uma mão-de-obra qualificada de forma justa e totalmente nacional.

Recentemente, a etiqueta deu um passo a mais em uma nova parceria com a marca Comas – que tem a frente a designer e pesquisadora Agustina Comas – focada em upcycling de peças e resíduos têxteis. Juntas, as duas marcas criaram 5 novos produtos à partir de roupas da MyBasic com baixo giro de estoque.

A Comas, desde 2014 tem como sua abordagem o upcycling dentre as diferentes ações realizadas no mercado de moda sustentável, e visa ações de baixo impacto ambiental. Agustina tamnbém tem uma linha própria de roupas e se dedica a disseminar suas técnicas para o público. Tanto que isso a transformou em uma das principais referências no assunto na América Latina.

A COLLAB: MYBASIC + COMAS

A parceria entre as duas marcas deu início ao projeto de renovação de peças de coleções passadas que estavam armazenadas no estoque da MyBasic, já que o upcycling é um processo que recupera, transforma e dá um novo significado a produtos e/ou resíduos descartados. A collab rendeu novas peças feitas artesanalmente uma a uma, mediante a desconstrução das peças originais com cortes estratégicos, descostura e técnicas de upcycling desenvolvidas pela Comas. Ao todo são 5 novos modelos em 12 variações de cor, à venda na Casa MyBasic, em São Paulo e na e-commerce oficial da marca.

A ideia é de que os novos produtos possam fazer circular a economia das marcas, impedindo o acúmulo de peças paradas em estoque e oferecer uma nova proposta e olhar para o consumidor final.

Para saber mais, acompanhe o Instagram das marcas: @mybasic e @comas_sp.

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários