followthecolours-camila-walker-04

Nome: Camila Walker

O que faz: Estuda Publicidade e Propaganda. Trabalha em desenvolvimento e pesquisa de produto.

Site/Blog Pessoal: Lost in the Politics of Love – uma pequena dose de drama hahah.

3 sites preferidos: Fubiz, Design Inspiration, Casa Aberta.

Quantas tatuagens? Cinco.

A “something good can work” foi minha primeira, do Two Door Cinema Club. Gosto da música e da frase. Significa que as coisas boas só vão dar certo pra mim se eu correr atrás e fazer por merecer. Dá certo.

followthecolours-camila-walker-01
O balão tem bastante a ver com a primeira. Da mesma forma que você tem vontade de aprender e fazer coisas novas, sempre vai ter alguém pra dizer que onde você está é melhor, mas na verdade é melhor ir em frente porque algo de bom vai acontecer pra ti.

A bússula mora no meu coração. Tem a ver com a família. E sobre experimentar o novo, sobre não ter medo, sobre seguir em frente e sempre lembrando que vai ter alguém pra te ancorar, alguém pra te segurar, caso queira voltar.

followthecolours-camila-walker-03
“Corra muito além da escuridão” é uma frase do “Amanhã Colorido”, do Cidadão Quem. É uma das minhas músicas preferidas DA VIDA. O Duca escreveu pro filho dele, contando como são as coisas. Acho linda.

E por último, essa tem o mesmo significado pessoal da terceira. Mas gosto de atribuir mais, a lâmpada representa criatividade, junto com o farol, mantém o foco.

followthecolours-camila-walker-02

Pensa em uma próxima tattoo? Simmmmm! Mas vou com calma. Tenho algumas ideias de desenhos.

Gostou? Quer participar?

-Envie um email para o Follow (followthecolours@gmail.com) com o assunto: #tattoofriday.

O email deve conter imagens legais da(s) sua(s) tattoos(s) e a resposta das perguntas do projeto. Os melhores emails serão selecionados e vão fazer parte do #tattoofriday colaborativo na sexta. 

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no FTCMAG.



Comentários