followthecolours_JefersonGolfetto

“Fiz este desenho baseado na primeira foto que eu e minha esposa tiramos juntos, quando havia apenas 5 dias que namorávamos e agora, 9 anos e 2 filhos depois, achei que seria uma homenagem singela porém sincera. A frase “Somewhere in her smile she knows” é um trecho da música “Something” que o George Harrison escreveu para os Beatles e que na minha opinião é a música mais romântica da história (apesar de não falar “eu te amo” em nenhum lugar da letra). As flores azuis são Miosótis, cujo nome popular em vários idiomas é uma tradução do nome em português: Não-me-esqueças. Enfim, eu mesmo fiz o desenho e levei para o tatuador, já que por causa de todo o simbolismo envolvido, achei que não seria a mesma coisa se outra pessoa desenhasse. Pode parecer piegas mas eu quis marcar na pele uma lembrança destes 9 anos juntos, que eu espero que se transformem em pelo menos 90.”

Hoje é dia de #tattoofriday! É também dia dos followfriends mostrarem suas tattoos! Desde semana retrasada, junto aos leitores do blog e do Soul Tattoo Art e Café, estamos recebendo tatuagens e suas histórias para o III #tattoofriday Colaborativo. Foram muitos emails bacanas e muitas histórias que nos deixaram felizes e emocionados. Hoje então selecionamos diversos estilos para inspirar vocês! 

Parabéns Jeferson Golfetto, você levou o livro  Tattoo Your Soul – A dor e o prazer de ser você mesmo presente do *Soul Tattoo Art e Café.

*Agradecemos todos que enviaram a sua tattoo p/ nós! Infelizmente não conseguimos compartilhar todas que recebemos, mas, não fique triste se a sua não entrou nessa seleção, em breve teremos mais novidades! =)

followthecolours_annaterra

“Ela traduz em três palavras o que eu acho que precisamos pra seguir em frente. Amor, por todas as coisas e por cada pessoa. O sentimento mais bonito da vida. Suor, que é o resultado da força que precisamos fazer pra lutar diariamente e seguir em frente. Sorte, por tudo que nós não controlamos e que está além do nosso alcance.”

followthecolours_IsabelaNishijima

“A tatuagem de tsuru relembra a história de dobrar mil tsurus, e o desejo se realiza. Fiz isso para meu avô que esteve doente. Gosto desse costume, pois é um desprendimento grande, e rende grandes momentos de concentração exclusivamente em outra pessoa.”

followthecolours_debbie_corrano

“Wanderlust é o desejo de explorar o mundo, procurar o novo e ir em busca do desconhecido. É essa ideia que fica marcada em mim com essa tatuagem. Para sempre lembrar de me manter livre e ir atrás de tudo que o mundo tem a oferecer.”

followthecolours_mariapaulaferrazdias

“Ela é sobre se permitir, porque as ostras perfeitas não produzem pérolas.” 

followthecolours_jessicateles

“A liberdade me ensinou, e muito bem, que nela se concentra todo o prazer possível. Essa é com certeza a frase que representa a minha tatuagem. Foi a terceira que fiz e é uma das minhas favoritas. Eu sempre tive um espírito aventureiro e nada mais justo do que representar esse espírito através de um desenho, onde o passarinho se liberta da gaiola que o aprisionava. Ser livre é ser capaz de tudo, de enfrentar todos os seus medos e levar todas as aventuras como lição de vida.”

followthecolours_jessicapacheco

“A imagem da caveira moldada por flores é basicamente um simbolismo de como vivemos em extremos. Mostra como somos tão fortes e ao mesmo tempo tão frágeis e como um extremo depende do outro pra que por fim tenhamos o equilíbrio da vida ou morte.” 

followthecolours_raphaelaferreira

“A frase veio do cartaz do filme Where The Wild Things Are (Onde Vivem os Monstros). Os monstros e a criança representam nossas diversas personalidades. É como se cada um dos monstros fossem um de nossos sentimentos em constante guerra. E diante disso, nossa única missão é domá-los, e assim ter nossa paz interna. Basta fazer de seus monstros, grandes aliados! Assim, decidi por esta frase: Existe um dentro de todos nós.”

followthecolours_EmílioRehder

“Máscaras astecas: essas máscaras se tornaram minha proteção.”

followthecolours_Talitalemessilva

“É do filme Laranja Mecânica, que eu meu noivo fizemos o mesmo desenho em nossos braços. Agora, por que? Foi um dos primeiros filmes que eu e meu noivo assistimos juntos e marcou nosso início juntos.”
followthecolours_carolinejusto
“Gosto muito de street art e sou fã do Banksy. Um dia, estava triste quando vi notícias sobre a nova intervenção dele, com essa frase (“You don’t need planning permission to build castles in the sky”), e que simulava um sorriso. Passou a ser meu mantra. Ninguém precisa de permissão para ir atrás dos seus sonhos, por mais absurdos que eles pareçam.”
followthecolours_adrianakerchner
“Escolhi a imagem de uma coruja porque, além de ser um animal lindo, elas tem um significa muito forte de sabedoria. Além disso, gosto do fato delas serem animais noturnos, e não serem sempre vistas por aí, o que dá todo um mistério pra elas.”
followthecolours_arateles
“Esta é a minha pequena vitória. Fiz a tattoo em dois momentos diferentes: primeiro a andorinha,  depois as flores. A andorinha foi um início de um resgate. Li em um livro a seguinte frase: “quando se vê uma andorinha em alto mar, significa que a terra está próxima.” E então entendi que sim, eu estava lutando e a vida mudando. As flores vieram agora para mostrar que fui capaz de regar meu jardim,  de mais uma vez encher de cor e cheiro a minha vida. Fiz ambas na Soul Tattoo. A andorinha com o Leo Tressino e as flores com o queridao Dex!”
followthecolours_WalmêniaSalviano
“Quem me leva aos lugares e esta sempre comigo! Minha paixão.”
followthecolours_danielcruz
“Fudo Myo Acala é o destruidor da ilusão e o protetor do budismo. Sua imobilidade refere-se à habilidade de não ser movido pelas ilusões fenomênicas. Apesar de sua temível aparência, seu papel é o de ajudar todos os seres, mostrando-lhes os ensinamentos do Buda, levando-os a aprender o autocontrole. Ele é visto como uma deidade protetora, e que ajuda a atingir metas. Os templos que lhes são dedicados fazem rituais de fogo periódicos em sua homenagem. No Japão, o Fudo-myo é conhecido também como a deidade protetora das artes marciais, em especial do aiquidô, representando o espírito calmo, livre da agressividade.”
followthecolours_RenataMoraes

“Alguns anos atrás eu encontrei o blog de um ilustrador canadense chamado Marc Johns e lembro que tinha achado tudo genial, daqueles que dá vontade de tatuar qualquer desenho e essa ilustração em particular ficou na minha cabeça. Isso foi mais ou menos na época em que consegui meu primeiro estágio, era em uma empresa que não era da minha área e depois de alguns meses trabalhando lá, comecei a ficar infeliz. Um dia eu estava conversando com o meu pai em relação ao trabalho, faculdade e futuro profissional e ele me disse algo como “talvez você deva trabalhar em algo que você não goste para ganhar muito dinheiro do que trabalhar em algo que você goste, que talvez não vá te trazer tanto dinheiro” – não é exatamente o que você quer ouvir quando você está na faculdade e infeliz com o trabalho, né? O que meu pai disse ficou na minha cabeça por um bom tempo e acabei me lembrando do que dizia na ilustração do Marc “What to focus on: Happy” e tudo fez sentido.”

followthecolours_anamitiko

“Sempre sonhei em fazer um tsuru como minha primeira tatuagem por causa da minha descendência japonesa e porque aprendi a fazer essa dobradura ainda criança. Mesmo assim faltava um desenho que me motivasse. Depois de um tempo conheci a watercolor tattoo aqui mesmo no Follow The Colours e um amigo me apresentou o Victor Octaviano, que estava tatuando com a mesma técnica. Daí foi marcar a hora no estúdio e está aí o resultado!”

followthecolours_KarenMagalhaes

“Do what you love. Love what you do. A frase simplifica a razão do desenho: amar e perseguir o que realmente sinto como designio! Desde muito nova sempre fui ligada a artes e tinha como paixão a área de moda. Hoje curso design e vejo a cada dia com é isso que quero para profissão e me fortaleço em persistir no meu sonho.”

followthecolours_felipemarengo
“São dois quadros do Roy Lichtenstein que eu sou fã… e no segundo eu fiz depois de terminar um relacionamento. Na frase, a garota diz uma frase irônica, o que era mais ou menos o que eu sentia no momento.”

followthecolours_NayronRodrigues

 “13.6.35. Toda tattoo é um lembrete.”
followthecolours_Jessicaoliveira

“Fiz junto com o meu pai, ele sempre teve uma paixão inexplicável por caveiras e acabou me influenciando desde pequena. Ano passado depois que passamos um período muito turbulento em nossas vidas decidimos fazer esta tatuagem. Além de sermos pai e filha, somos amigos e dividimos tudo um com o outro.”

followthecolours_MirelaFell

“Um gato – minha paixão – feito exclusivamente para mim, pelo tatuador André Rodrigues. Um presente poder acompanhar cada detalhe, desde a elaboração do desenho até a finalização da tattoo. Inesquecível!”

followthecolours_ThuthiBraga

“Para aqueles que amam o mundo das cores eu como estudante de Design Gráfico e apaixonada por tudo que envolve nessa área tatuei RGB. RGB é a sigla do sistema de cores aditivas formado pelas iniciais das cores em inglês Red, Green e Blue, que significa em português, respectivamente, Vermelho, Verde e Azul. O sistema de cores luminosas RGB (também designado por cor-luz) é usado nos objetos que emitem luz como, por exemplo, os monitores de computador e televisão, as câmeras digitais, o Scanner, entre outros.”

followthecolours_BrunaFreitasBarbieri

“Meu nome é Bruna e além de ser Marvista, sou fã da história pessoal do ator Robert Downey Jr. O cara tinha muitos problemas com bebidas e drogas, ninguém mais queria dar bons papéis para ele. E ao pegar o papel de Tony Stark – o inteligente, sarcástico, problemático, gênio do Homem de Ferro, sua vida se transformou. Portanto sou fã dos 2: Robert Downey jr e Tony Stark (O Homem de Ferro). É uma inspiração. O meu marido costumava dizer, as meninas tem tattoo de borboleta, fada, estrelinha, a minha mulher não, ela tem o HOMEM DE FERRO!”
followthecolours_DaniloChiaroti
“Fiz a tatuagem por dois motivos. Primeiro porque a música do Bowie sempre esteve presente em momentos incríveis na minha vida. Em segundo lugar, porque não importa quão ruim pode ser uma situação que passamos pela vida, podemos superar. A gente pode sim ser herói!”

followthecolours_ShesnaConrado

“Essa minha tattoo é uma obra freestyle porém faz referência à renda utilizada pelo designer americano Alexander Mcqueen em um de seus últimos vestidos produzidos. A tattoo ilustra o contraste entre uma trama fechada e convencional, onde fica posicionada a rosa, e uma estrutura mais irregular, flexível e espaçosa. Sou formada em moda e o Mcqueen sempre foi uma grande inspiração. A rosa vermelha, em cima da trama mais fechada carrega as iniciais dos meus pais, responsáveis pela minha educação e frutos do meu amor, envolvidos pelo romantismo convencional da renda. A medida que as linhas se afastam para as minhas costas, estas representam o meu caminho, a imprevisibilidade do que há pela frente.”

followthecolours_fernandasousa

“Sou fã apaixonada da banda há anos e sempre foi meu sonho marcar esse amor na minha pele. Amo tanto os Rolling Stones simplesmente porque eles são como meus melhores amigos, as únicas pessoas que nunca me deixaram de lado e sempre estiveram lá por mim. Por todas as dificuldades que passei na vida, eles nunca falharam em me confortar, serem meus companheiros, meus psicólogos, o meu pequeno refúgio e quero carregá-los para sempre comigo, para onde quer que eu vá.”

followthecolours_NataliaMaximo

“Fiz porque amo Beatles e essa frase – Love is old, love is new, love is all, love is you – da música Because, é incontestável: por mais louco e bizarro que o amor pareça algumas vezes, dá para imaginar como seria sem ele? E o amor é isso: novo, velho, tudo, eu, você e tudo!”

followthecolours_ViniciusStanula

“A Catrina de cima é um memento mori (uma lembrança de que eu sou mortal). E a escrita é “Life Less Frightenig” que é uma música do Rise Against, significa Vida menos assustadora”.

followthecolours_RobsonFabianodePaula

“Doe mais corações”.

followthecolours_AlexandreBorges

“O Jack representa os incompreendidos atrás de um bom lugar pra si, e claro, de um bom amor, além de demonstrar um minha admiração ao Tim Burton.”
followthecolours_jamillebittar

“Para um grande amor. Para o meu inesquecível Nagaya. No dia 04 de agosto de 2012, perdi um grande amor. Desse amor que foi embora, um novo amor foi gerado: minha filha Nina. Fez todo sentido estampar na pele todo amor e saudade que sinto. Reforçar o presente que me foi deixado para seguir em frente. Dois corações em um, unidos, inseparáveis. Um amor infinito. Um amor que não morre, que não tem fim, é para todo sempre.”

followthecolours_geovanacolzani

“Essa tatuagem é pra me lembrar que, quando tudo parecer perdido, quando o mundo estiver caindo, quando eu não puder contar com o amor em ninguém e em lugar algum, o amor estará em mim.”
followthecolours_fernadapezzatto

“A bonequinha é uma caricatura, ganhei ela de presente de uma amiga desenhista, foi feita da junção de várias fotos. Foi minha primeira tatto. Eu queria fazer uma tattoo, mas nunca sabia ao certo o que tatuar, quando eu ganhei, não tive dúvidas de que aquela seria perfeita pra ser a primeira.”

followthecolours_rafakaminart

“Acredito que a vida seja simples e seja mais tranquila de ser vivida, a partir do momento em que entendemos que podemos ser, sim, diferentes. Mas, somos iguais nos sentimentos. Todos nós amamos, sentimos dores, sentimos saudades de alguém. Enfim, acho que, para a grande maioria dos problemas, o amor é mesmo a resposta. Uma pessoa que ama o próximo, não quer o mal do mesmo. E uma pessoa que ama a si mesma, vai estar bem espiritualmente para resolver tudo o que vier pela frente. Pedi para uma grande amiga minha, Carol, fazer a tipografia. Concluindo: acredito no amor. Acredito que ele ajuda as coisas, e as pessoas também, a ficarem mais bonitas, mais alegres. É mais que uma frase, pra mim é uma filosofia de vida. E o brother John Lennon já dizia isso também.”

Veja também a Parte 2 do #tattoofriday colaborativo III!

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no FTCMAG.



Comentários