followthecolours_CamilaContrera

“Lembrete que nós temos e devemos olhar o dois lados de uma mesma moeda (sempre)”.

followthecolours_AnnaClaudiaBuenoFernandes

“A ideia da tatuagem veio de um quadro do pintor Vladimir Kush, chamado “Arrival of the Flower Ship”. O desenho mistura a sensação de movimento e liberdade do navio com a fantasia e a beleza das flores, e acabou ficando por um bom tempo na minha cabeça. Então, decidi carregar ele comigo.”

followthecolours_ RebecaFreitas
“Gostaria de algo que retratasse a leveza de forma fofa e colorida. Deu nisso. Música que me inspirou e ajudou na decisão do formato: Brothers of Brazil – My Balloon.”

followthecolours_rodrigovalente

“Tatuei pra lembrar de levar leveza na lembrança.”

followthecolours_LiliaMarcia

“Essa tattoo descreve bem os meus gostos e minhas paixões, além de trazer uma mensagem confortante de que mesmo quando as coisas estão ruins, existe algo ou alguém para nos consolar. Sou apaixonada por animais e acredito que deles recebemos um dos amores mais puros que existe. São leais, são fieis e sempre estão ao seu lado e justamente por isso a escolhida, entre as tirinhas incríveis do Calvin e Haroldo, foi esta. Um segundo motivo foi o simples fato de ser viciada em Histórias em quadrinhos e consequentemente pela criação do Bill Waterson.”

followthecolours_FlavioStJayme

“No peito são 22 estrelas. As que estão preenchidas de azul formam a constelação de câncer – meu signo. No braço dá pra ver o cogumelo de ‘vida’ do jogo Super Mario, o Jack de O Estranho Mundo de Jack e um OM. Abaixo do cotovelo estão dois dadinhos, o morango símbolo do filme Across the Universe e dá pra ver também algumas figuras de bonequinhos do artista Keith Harring inspirados nos que aparecem no telão na musica Into the Groove, num dos shows de Madonna. O pedacinho pequeno que se vê na cintura é a cabeça de um dragão em tribal. Todas as minhas tatuagens têm alguma referência pop. Ou filme, ou música ou algum símbolo ou desenho que eu ache bacana e goste. Nenhuma delas tem um significado sentimental específico, que marque um momento ou algo assim. Tenho hoje mais de 30 tatuagens pelo corpo entre costas, pernas, pés, braços e peito.”

followthecolours_MayaraDuarteZiroldo

“Sou maluca por cinema, especialmente por roteiros e o meu preferido é o de “Brilho eterno de uma mente sem lembranças”, de Charlie Kaufman. Não gosto de sinopses, por isto não vou estragar o filme para quem ainda não viu, mas digo que é daquelas histórias construídas de forma singular, que ficam em nossa cabeça. O ápice do filme está no momento em que Clementine sussurra “meet me in montauk” no ouvido de Joel (pronto, estraguei o filme pra quem não viu) e é exatamente este trecho do roteiro que está na tatuagem, com letras de máquina de escrever e tudo mais.”
followthecolours_LiMascarello

“Essa tatuagem simboliza o prazer de ser eu mesma, como tatuadora, sei o quanto somos confiados a traçar linhas perfeitas, então, o desafio foi eu mesma tatuar meu próprio braço exatamente como eu havia feito há anos atras o meu desenho preferido. Isso significa confiança, mesmo de cabeça para baixo, mesmo sentindo dor: coragem.”

followthecolours_JessicaLira

“Tatuagens mexicanas são muito conhecidas e difundidas. Uma peculiaridade da cultura mexicana e seus tipos de tatuagens é que tais tipos sempre descreveram deuses e as forças que representavam. As tatuagens mexicanas sempre foram feitas de formas ritualísticas, dado que os nativos do país acreditavam que cada indivíduo tinha em si um deus que governava sua personalidade e ações durante o curso da vida.”
followthecolours_RodrigoMatta
“Com esse desenho, essa é minha 7ª tatuagem. Por ser um número que eu gosto muito, resolvi expressar o meu amor pela arte: Ela representa a vaidade. Muitos querem ser lembrados por atos heroicos, por descobrirem alguma coisa nova … Enfim. Enquanto eu não tenho nada disso no portfólio da minha vida, quero ser lembrado pelas minhas tatuagens.”
followthecolours_BrunaLucchesi

“Vício de infância até hoje. Inspiração ruiva!”

followthecolours_sergiosouto

“Bem antes do Mujica eu já achava o Uruguai um lugar interessante. E como o país foi meu primeiro destino internacional, escolhi a famosa obra do Joaquín Torres García para marcar a experiência que foi incrível por vários motivos.”

followthecolours_LuanaForlini

“Essa tatuagem foi feita em homenagem aos amores da minha vida: meus gatos (tenho 2, o que está na foto chama-se Mingau).”

followthecolours_TiffanyLShu

“Para quem não sabe, depois de uma crise pessoal eu fui morar na China por um ano. Fui para “respirar novos ares”, porém não necessariamente ares mais limpos, já que a situação do ar em Beijing está crítico! Enfim, quando eu estava por lá conheci uma bela chica chamada Anita, que por sinal apareceu comigo na primeira edição do #tattoofriday colaborativo. Fomos tatuadas pela mesma artista chinesa, uma moça pequenina, simpática e super talentosa. No meu último mês na China, decidi que queria tatuar o meu sobrenome em chinês. O que me surpreendeu é que a minha tatuadora correu atrás de um mestre de caligrafia chinesa e pediu para que ele escrevesse o meu sobrenome com o famoso pincel chinês, usado desde antes de Cristo. Quando ela me mostrou o que ele tinha escrito, eu lembro que fiquei emocionada ao ver o meu sobrenome, porque era exatamente do jeito que eu queria. Decidi, então, gravar o meu sobrenome no meu lado esquerdo, um pouco abaixo da axila, paralelo ao meu coração. Sempre que olho para essa tatuagem, penso muito na minha família, que tem me apoiado em todas as minhas crises pessoais e aventuras de soul-searching pelo mundo. Minha família é tudo para mim.”

followthecolours_ gustavohenrique

“A tattoo representa a grande paixão da minha vida: a música! Quis fugir do comum, como claves de sol e violões e tatuar algo original, que representasse o meu relacionamento com a música: que eu consumo, que eu produzo, que eu emito sons e tambéns os absorvo .. toda forma de respirar e emitir música! Escolhi um vinil.”

followthecolours_juliagirardi

“Quando finalmente descobrimos uma paixão, temos que nos apegar a ela, o mais forte que conseguimos. A minha? A confeitaria.”

followthecolours_malufreak

“Tatuagem é o meu estilo de vida, encaro como arte, e ainda mais porque é na pele, e além disso essa tattoo da perna é minha vida! Tem todos os álbuns de uma banda no qual sou extremamente apaixonada! DEFTONES. Estava na metade dela quando fui ao um show da banda em São Paulo e ai meu amor só cresceu ainda mais! DEFTONES faz parte da minha vida, e agora vou carregar isso com muito orgulho pra SEMPREEEE!  Tattoo pra vida toda!”

Veja a Parte 1 do #tattoofriday Colaborativo III!

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no FTCMAG.



Comentários