Dizer que as tatuagens e ilustrações do russo Victor Zabuga são minimalistas ou simplistas é um eufemismo total. Repleto de pequenas reflexões “millenares” (fruto dos millenials), símbolos contemporâneos e traços limpos, as obras de Zabuga são a voz silenciosa da subcultura juvenil européia.

A única coisa remotamente simples sobre as tatuagens que ele faz é a essência de cada peça. São os sentimentos modernos de um jovem artista e jovens querendo se expressar no século XXI.

Como muitos tatuadores contemporâneos, Victor Zabuga passou por alguns estilos e fases diferentes em seu trabalho. Sem o conhecimento, muitas pessoas o achariam infantil, com riscos tortos e sem sentido, mas seus fãs são peculiares, descolados e divertidos.

O artista costumava criar tattoo maiores com mais frequência antes que suas peças mais diminutas ganhassem força – mas parece que as minimalistas (até o momento) ganharam a vez no feed do artista. Pelo menos até o momento!

MINIMALISMO A OUTRO NÍVEL

Ao combinar seu estilo próprio com os pensamentos e desejos de seus clientes, Victor Zabuga cria tatuagens sutis mas provocadoras – e muito literais em suas mensagens.

Enquanto muitas de suas tattoos transmitem motivos de animais, objetos, plantas, o estilo geral de Victor também pode cair no campo do amor e do humor, expressando sentimentos de uma maneira única.

Curtiu? Acesse o site de Victor Zabuga e acompanhe o seu Instagram para mais novidades e inspirações!

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários