Conhecida como ‘Suíça brasileira’, Campos do Jordão (SP) é um dos principais destinos do país e tem passeios para todos os gostos! 

Começar uma vida juntos é sempre uma aventura e, ao mesmo tempo, uma grande alegria. E com esse sentimento, depois de montar a sua casa, planejar a festa, as comemorações com familiares e amigos, chega a tão desejada lua de mel!

Muita gente opta por não sair do país, já que existem muitas cidades charmosas no Brasil que estão cheias de passeios legais. Uma dessas cidades é Campos do Jordão, SP (a 181 km de SP), bastante conhecida por seu inverno.

Campos do Jordão é a “Suíça brasileira” e tem atrativos para qualquer época do ano. Se você está pensando em visitar a região, vamos então com dicas:

CAMPOS DO JORDÃO, SP

Pesquisar hotéis em Campos do Jordão é a 1ª tarefa a se fazer, pois não há nada melhor do que viajar para esse destino na lua de mel e ficar hospedado em algum lugar bacana, para vocês poderem curtir juntos a Serra da Mantiqueira.

Essa cidade tem um charme muito especial, belas paisagens, excelente gastronomia e proximidade com grandes capitais como Belo Horizonte e São Paulo. Não há dúvidas que os hotéis em Campos do Jordão tem opções para todas idades, gostos e bolsos. É um ótimo destino para os casados (e solteiros também!) a procura de aconchego e passeios. E dependendo do orçamento, uma pousada barata é a opção certa.

É lógico que no inverno o frio deixa a cidade mais charmosa (e lotada também), principalmente o centrinho turístico da Vila Capivari, que vira point de baladas, lojas e eventos “pop-up” da temporada de inverno (junho e julho), mas Campos tem eventos e temperaturas convidativas em outras épocas, restaurantes deliciosos, pousadas e hotéis que continuam a oferecer seus melhores serviços fora de temporada também, ideal para quem quer fugir da agitação.

Se você está a procura de pacotes para viagens especiais como uma lua de mel, o importante é definir bem a data e a quantidade de dias, porque existem muitos hoteis em Campos que oferecem promoções especiais para recém-casados. E alguns deles surpreendem com mimos como uma taça de champanhe para brindar na primeira noite!

Até uma pousada pode te encantar, já que muitas delas conectam a gente com a natureza, e acabam sendo outro tipo de hospedagem excelente para uns dias de relax!

HOTÉIS EM CAMPOS DE JORDÃO PARA A LUA DE MEL

O destino é muito visitado não só na alta temporada – no inverno – mas durante o ano todo. A baixa temporada vai de setembro a março e pode ser o momento ideal para viajar, porque há menos pessoas, portanto, menos filas ou tumultos, e os preços são muito melhores.

Uma das coisas boas da escolha de Campos do Jordão como destino de uma viagem de lua de mel, é que, como a temperatura é sempre menor aos 27° no verão e é bem frio no inverno, as lareiras estão (quase) sempre acesas, dando aos ambientes um clima charmoso. Nessa situação, a gente até esquece os celulares, redes sociais ou blogs! 

Os celulares só aparecem para as fotos na hora dos passeios, quando as flores e as belezas naturais da região vão te fazer querer guardar essas imagens para sempre!

PASSEIOS EM CAMPOS DO JORDÃO

Há muitos passeios para se fazer a dois, mas recomendamos duas das atividades com toda certeza:

– Visitar o Parque Amantikur Garden = o lugar tem uma história de amor muito especial. Existe uma lenda que conta a história de uma princesa Tupi que se apaixonou pelo Sol e, sendo correspondida por ele, foi punida pelos ciúmes da Lua, que se queixou ao deus Tupã. Este ergueu as montanhas da Serra da Mantiqueira para separar a princesa do Sol. O parque é o lugar para saudar o Sol. Nessa visita romântica, você poderá passear por um labirinto de flores de mais de 2 metros de altura.

– Fazer uma viagem no teleférico do Morro dos Elefantes = é o 1º teleférico construído no Brasil, além de ser o mais alto, pois sobe mais de 1,8 mil metros de altura! É belíssimo por conta da paisagem. Lá do alto é possível ter uma vista panorâmica da região.

Depois, as outras dicas são:

– Visitar o Horto Florestal, o primeiro parque estadual do país, a Pedra do Baú, o Pico do Itapeva, quinto maior cume do Brasil, com 2.025 m de altitude – ambos abertos à visitação turística.

– Passeio de bondinho turístico: o trajeto, operado pela EFCJ (Estrada de Ferro Campos do Jordão), liga as estações Emílio Ribas, na Vila Capivari, a parada Portal. O passeio é feito em icônicos bondes vermelhos e amarelos da ferrovia e dura aproximadamente 1 hora, ida e volta.

– Museu Felícia Leirner: localizado no bairro do Alto da Boa Vista, o espaço de quase 35 mil m² é dedicado a artista polonesa que dá nome ao lugar e foi uma das moradoras ilustres da cidade. O museu reúne 85 obras de bronze, cimento branco e granito da artista Felícia Leirner, distribuídas ao ar livre, no jardim do espaço que divide com o Auditório Claudio Santoro, sede do tradicional Festival Internacional de Inverno.

– Visitar as diversas lojas de chocolates. O Chocolate Araucária é bem famoso, não deixe de experimentar e se tiver tempo, visite a fábrica!

– Visitar a Casa da Xilogravura, que possui uma rica história de cultura na cidade. É o único museu do Brasil especializado em Xilogravuras, com um diversificado acervo de obras de artistas brasileiros e internacionais.

– Tomar cerveja no centrinho, na famosa Cervejaria Baden Baden!

– Se estiver friozinho, que tal tomar um vinho ao arredor da lareira do seu hotel ou pousada?

– Conhecer o Palácio Boa Vista: a antiga residência de inverno do Governador do Estado de São Paulo. além do mobiliário antigo, abriga um Museu com obras de artistas nacionais e estrangeiros. Uma aula de História do Brasil, ao vivo.

– Por fim, no caminho do Palácio da Boa Vista está localizado o Mosteiro das Monjas Beneditinas: um local onde a natureza impera em harmonia com a religião. Ali ainda vivem 27 irmãs e a principal atração do Mosteiro é recital de Canto Gregoriano.

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários