visita comunidade Paraisópolis convite LG

À convite da LG do Brasil, fomos conhecer Paraisópolis em São Paulo, justamente na “Semana de Paraisópolis”, evento que aconteceu de 14 a 20 de setembro de 2015 e proporcionou uma rica programação cultural para todos os moradores. O resultado? A nossa experiência foi incrível e muito enriquecedora!

Para começar, deixa a gente te situar: Paraisópolis é uma comunidade favelizada na zona sul paulistana. Localizado na região do Morumbi, um dos locais mais nobres da cidade, sempre foi retratada pelo contraste entre as mansões de seu vizinho. Com mais de 40 mil habitantes, Paraisópolis é a segunda maior comunidade da cidade de SP (a primeira é Heliópolis). O que mudou, além da fama dada pela novela, é que há algum tempo, a LG destina parte da arrecadação de seu ICMS para lá, através de vários projetos culturais e sociais bacanas.

A inclusão deu início até a um roteiro oficial para mostrar o melhor da arte produzida por seus moradores e pelas pessoas que transformaram a dificuldade em oportunidade. O passeio chamado “Paraisópolis da Artes” te leva a várias atrações e passa pelos principais pontos de referência locais, destacando artistas e lugares que contribuem para o que eles chamam de Nova Paraisópolis.

O passeio tem duração de 3 horas. Lá, é possível visitar a Oficina do Berbela, artista que constrói obras de arte a partir de sucatas e ferros descartados, a Casa de Pedra do escultor Estevão, conhecido como Gaudí brasileiro, o Ballet e a Orquestra local com direito a um incrível mural colorido de Eduardo Kobra – inspirado em uma das meninas que dançam, além de saber como funciona a Rádio Comunitária e dar uma volta pelo campo de futebol do projeto Craques do Amanhã, que capacita 300 crianças e jovens ao treinamento esportivo.

visita comunidade Paraisópolis convite LG

O tour inicia na Sede da União dos Moradores e do Comércio de Paraisópolis (UMCP). Os visitantes podem conhecer um pouco da história da comunidade, da fundação da União dos Moradores e os principais projetos desenvolvidos. O roteiro cultural é pago e realizado sempre no período da manhã. É guiado por pessoas treinadas da própria comunidade e pode ser feito por qualquer pessoa disposta a uma caminhada cheia de descobertas.

O intuito é gerar um novo olhar sobre a cultura e a riqueza artística brasileira. É muito bom poder olhar a vida com outros olhos, abrir a cabeça, fazer novas conexões, prestar atenção em detalhes e dar valor para as coisas que realmente importam. Confira como foi nosso passeio, os destaques que fizeram nossos olhos brilhar e alguns cliques que mostram um pouco do dia a dia local – sem edição:

visita comunidade Paraisópolis convite LG rádio comunitária

A primeira parada é o estúdio da rádio comunitária “Nova Paraisópolis 87,5 FM”. É o principal meio de comunicação local e a principal fonte de informação, cultura e entretenimento. Sua concessão foi dada após 7 anos do pedido feito, em 2003. Ou seja, a rádio não é pirata. Lá você poderá assistir a realização de um programa, e conhecer alguns locutores da comunidade.

visita comunidade Paraisópolis convite LG Berbela

Se você perguntar por Antonio Ednaldo Silva, talvez ninguém sabia a resposta. Mas se chamar pelo Berbela, chegará a uma das oficinas mecânicas mais criativas de toda a cidade. Berbela é um grande artista plástico pernambucano e morador da comunidade, que veio para Paraisópolis em 2011.

Sua 1ª obra foi uma bicicleta, a pedido de seu filho. De lá pra cá, Berbela constrói esculturas a partir de peças automotivas, sucatas de metal e ferro, partes velhas de moto, dando uma nova vida para todo tipo de material descartado em sua oficina. Muito criativo, sua arte virou símbolo na abertura da novela da Globo. Entrar em seu ateliê é ser transportado para um outro mundo. Sem palavras para descrever a sensação.

visita comunidade Paraisópolis convite LG Berbela

visita comunidade Paraisópolis convite LG Berbela

visita comunidade Paraisópolis convite LG Berbela

visita comunidade Paraisópolis convite LG Berbela

No Ballet Paraisópolis tem cultura, arte e dança para as crianças, além da formação e realização do sonho de bailarinas e bailarinos de 8 a 17 anos. São 310 crianças moradoras da região que brilham nos palcos. Eduardo Kobra se inspirou em uma delas para criar um de seus famosos murais no local. Ver a obra de perto e saber de toda a história por trás é realmente fantástico! O Ballet Paraisópolis faz uma média de duas apresentações por mês. Ao todo, são 300 meninas e 10 meninos assistidos.

visita comunidade Paraisópolis convite LG Ballet Kobra

Estevão Conceição é a estrela da vez. A cereja do bolo. O baiano é popularmente conhecido como “Gaudí brasileiro”. Veio para São Paulo, mora com sua esposa, formou sua família e construiu sua casa, sua “arte sem prazo para conclusão”. A Casa de Pedra (ou Castelinho de Pedra) é comparada com as obras do arquiteto catalão Antoni Gaudí, mas Sr. Estevão jura que nunca havia ouvido falar do mesmo. Ele foi para Barcelona em 2011 filmar um documentário, conheceu seu estilo e monumentos, ligou para sua simpática esposa, a Selma, e disse: “Selma, e não é mesmo? Parece muito a nossa casa”.

visita comunidade Paraisópolis convite LG Casa de Pedra Estevão Gaudi brasileiro

Com quase 60 anos, Estevão mora na comunidade há 30. A porta de sua casa fica aberta e recebe curiosos, estudiosos, estrangeiros. Mesmo com muitos objetos internos, a limpeza é impecável e a casa, fresquinha. Tudo começou em 1985, quando o artista fez uma estrutura de concreto e ferro retorcido para segurar uma roseira. Os objetos e antiguidades foram sendo adicionados nas paredes da casa e foram todos comprados em brechós. Segundo ele, cerca de apenas 1% do material foi doado por amigos e moradores da comunidade.

visita comunidade Paraisópolis convite LG Casa de Pedra Estevão Gaudi brasileiro

Entrada da casa. “Quem sabe quando eu morrer eu fico rico, né? Com Van Gogh foi assim. Com a maioria dos artistas, né? Só faz sucesso quando morre. Já estou fazendo uns vasos para deixar pra posteridade.” 

visita comunidade Paraisópolis convite LG Casa de Pedra Estevão Gaudi brasileiro

“-Sr. Estevão, se alguém se interessasse pela casa do senhor, você venderia?”. – Olha minha filha, por enquanto ninguém quis morar aqui. Se alguém quiser mudar vai ter que ser uma pessoa que goste muito de arte. Eu venderia sim. E voltaria pra Bahia”.

visita comunidade Paraisópolis convite LG Casa de Pedra Estevão Gaudi brasileiro

“Eu vou nos brechós e compro materiais mais baratos. Minha casa está em construção até hoje. Subiu lá em cima? Sobe lá em cima pra ver meu jardim!” – A casa tem 4 andares, dois dele, você só sobe ao “escalar” a estrutura. Selma, sobe todos os dias até o “topo” para estender as roupas.

visita comunidade Paraisópolis convite LG Casa de Pedra Estevão Gaudi brasileiro

Detalhes acima e abaixo a cozinha.

visita comunidade Paraisópolis convite LG Casa de Pedra Estevão Gaudi brasileiro

Quarto do casal

visita comunidade Paraisópolis convite LG Casa de Pedra Estevão Gaudi brasileiro

Quarto da filha. Selma, comenta: “Minha filha tá lá em Barcelona passeando de férias. Ela quis conhecer o que tanto falam do seu pai. Ontem mesmo ela ligou e disse: ‘Pai, é muito igual em casa, o senhor é um artista. Tô com saudades, amo você’.”

visita comunidade Paraisópolis convite LG Casa de Pedra Estevão Gaudi brasileiro

visita comunidade Paraisópolis convite LG Casa de Pedra Estevão Gaudi brasileiro

Abaixo, o “jardim” da Casa de Pedra. Lá de cima, você tem a vista de toda a comunidade.

visita comunidade Paraisópolis convite LG Casa de Pedra Estevão Gaudi brasileiro

visita comunidade Paraisópolis convite LG Casa de Pedra Estevão Gaudi brasileiro

visita comunidade Paraisópolis convite LG Casa de Pedra Estevão Gaudi brasileiro

visita comunidade Paraisópolis convite LG Casa de Pedra Estevão Gaudi brasileiro

Outras imagens do dia a dia – sem Photoshop:

visita comunidade Paraisópolis convite LG puxadinho

“Pulceira”

visita comunidade Paraisópolis convite LG puxadinho

Tattoo

visita comunidade Paraisópolis convite LG puxadinho

Lindinhas

visita comunidade Paraisópolis convite LG puxadinho

Puxadinhos

visita comunidade Paraisópolis convite LG puxadinho

Street Art

visita comunidade Paraisópolis convite LG puxadinho

visita comunidade Paraisópolis convite LG puxadinho

“A vida me ensinou a nunca desistir”.

visita comunidade Paraisópolis convite LG puxadinho

Os visitantes poderão incluir ao Circuito Paraisópolis das Artes conforme tempo hábil, alguns projetos como a Casa de PET do Sr. Antenor, mais um artista da comunidade que revelou o seu talento ao construir uma casa introduzindo garrafas PET, mostrando formas diferentes de pensar, viver e construir.

O Programa Escola do Povo, projeto de Alfabetização de Jovens e adultos que já alfabetizou mais de 3 mil moradores de Paraisópolis, a Associação das Mulheres, que realiza diversos projetos voltados para as mulheres da comunidade, o anfiteatro e piscina pública CEU Paraisópolis, além da biblioteca BECEI com 11 mil títulos, criada por iniciativa de uma única pessoa, dando acesso à leitura e outras atividades.

Se interessou? O agendamento do passeio cultural por Paraisópolis é feito pelo site da associação de moradores da comunidade. Passar um dia no local foi muito bacana!

Imagens: FTC. Obrigada LG pelo convite!

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários