Flask, o bar escondido atrás de uma máquina de Coca-Cola em Xangai

follow-the-colours-alberto-caiola-flask-bar-01

Cerca de 80 anos atrás, a venda de bebidas alcóolicas foi proibida em diversos países. Nascia assim, um novo modelo de bar, os chamados “speakeasy“, locais secretos que eram frequentados por quem buscava alguns drinks.

Inspirado nessa clandestinidade, o bar Flask em Xangai tem se destacado. Por trás de uma máquina de venda de Coca-Cola antiga, há um projeto arquitetônico incrível de Alberto Caiola. Para chegar até o local, é preciso primeiro entrar na The Press, uma lanchonete de sanduíches naturais, para depois encontrar a vending machine, que funciona como porta, no fundo do estabelecimento.

Alberto Caiola criou um espaço único, com decoração intimista, já que queria algo verdadeiramente surpreendente e contraditório. Garrafas de uísques vintage decoram prateleiras, a madeira escura traz um ar de mistério, várias luminárias são revestidas com cobre e trazem aconchego, há também sinais luminosos de neon que contrastam com paredes frias.

Quem passa pela cidade, não pode deixar de visitar o local. Isto é, claro, se você conseguir encontrá-lo no coração da maior cidade da China.

follow-the-colours-alberto-caiola-flask-bar-02

follow-the-colours-alberto-caiola-flask-bar-05

follow-the-colours-alberto-caiola-flask-bar-03

follow-the-colours-alberto-caiola-flask-bar-06

follow-the-colours-alberto-caiola-flask-bar-07

follow-the-colours-alberto-caiola-flask-bar-08

Via.

Scroll To Top