Principais cartões postais? As igrejas em Helsinki: conheça uma igreja de pedra (Temppeliaukion kirkko), que atrai cerca de meio milhão de pessoas anualmente, outra inteira de madeira, e mais, que dominam o cenário de uma cidade. 

Poucos brasileiros visitam os países bálticos. Talvez seja pelo frio, pela distância, ou por nunca terem visto eles como um destino turístico. Estônia, Letônia e Lituânia são belíssimos locais para fugir dos roteiros tradicionais da Europa. Os Países bálticos fizeram parte da União Soviética e só conquistaram sua independência nos anos 90 depois de décadas de revolta. Atualmente, eles possuem capitais enérgicas que misturam modernidade, cultura, paisagens maravilhosas com muita natureza e centros incríveis.

Hoje trazemos um pouco da Finlândia! Helsinki é a sua capital e a maior cidade do país. Conhecida bastante também por seu design e arquitetura, a cidade é recheada de atrações turísticas desse assunto para quem curte. Entre elas, estão visitar algumas estruturas religiosas

A cidade tem muitas igrejas bonitas onde você pode entrar, meditar ou participar de uma variedade de eventos (exposições, concertos, cultos, etc). As igrejas em Helsinki são populares entre os fãs de arquitetura, que admiram seus diversos estilos, mesmo apenas do lado de fora. Pensando nisso, selecionei 4 igrejas em Helsinki que visitei recentemente e fizeram meus olhos brilharem. Vem comigo: 

FINLÂNDIA: 4 IGREJAS EM HELSINKI COM ARQUITETURA INCRÍVEL PARA VOCÊ VISITAR
1 – KRUUNUNHAKA, A CATEDRAL DE HELSINKI

A catedral branca enorme com vista para Helsinki tornou-se símbolo da capital do país e um dos dois santuários nacionais, juntamente com a Catedral de Turku. A Catedral de Helsinque foi projetada por Carl Ludvig Engel em 1830, mas aberta ao público somente em 1852, doze anos após a morte de seu arquiteto

Construída em estilo neoclássico, ela carrega uma cruz grega com quatro braços equilaterais. A cúpula atinge uma altura de 62 metros e é cercada por outras quatro cúpulas menores e estátuas de zinco dos Doze Apóstolos nos ápices e nos cantos da linha do teto.

O interior branco da catedral é muito minimalista. O retábulo foi pintado pelo artista Timofej Adrejevits Neff de São Petersburgo. A catedral é normalmente usada para cerimônias estaduais e universitárias. E ela é enorme. Na foto, não dá pra ver a dimensão que a construção tem, mas impressiona pela imponência. Os degraus infinitos que levam até a sua entrada são utilizados como palcos para eventos realizados na Praça do Senado (Senaatintori), uma das mais importantes. 

A Catedral de Helsinki é uma igreja luterana, originalmente construída como tributo ao Czar Nicolau I da Rússia e é um dos espaços mais fotografados no país. Porém, a maioria das pessoas passam mais tempo tirando selfies em suas escadas do que realmente visitam seu interior.

O cartão postal fica próximo ao porto da cidade, portanto, dali, você pode aproveitar e iniciar um agradável passeio a pé pelo centro da cidade.

Vai lá: Unioninkatu 29, 00121 Helsinki. Nem sempre ela está aberta, portanto, confira os horários de visitação.

2 – TEMPPELIAUKIO KIRKKO, “ROCK CHURCH”

De fora nem parece igreja , mas por dentro ela é super interessante. A Temppeliaukio Church, ou como é mais conhecida, a “Rock Church”, é o lugar mais visitado no distrito de Etu-Töölö, considerada uma das atrações arquitetônicas mais populares de Helsinki. A igreja foi projetada pelos arquitetos Timo e Tuomo Suomalainen e foi construída entre 1968 e 1969, após os irmãos ganharem uma competição de design

A ideia por trás do projeto de design era preservar a natureza aberta e rochosa do espaço sem interferir muito ao seu redor. Pensando nisso, os arquitetos construíram o interior da igreja de forma circular, e as paredes usando rochas naturais, e quando não possível, rochas extraídas. 

O espaço foi coberto por uma cúpula enorme de cobre que possui 22 km e é suportada pelas pedras, conectando 180 janelas para o máximo de luz natural entrar. Antes do meio-dia, o sol se espalha pela fileira dessas janelas que vão desde o telhado até a parede do altar, onde uma fenda da era do gelo serve de retábulo

As rochas maciças ao redor da igreja acabaram se tornando também um local popular entre os moradores locais e turistas para caminhadas, piqueniques ou para admirar as vistas do bairro.

A igreja também possui uma excelente acústica por conta da superfície rochosa e sempre é usadas para concertos. Apesar do nome, as músicas apresentadas ali são sempre de estilo clássico. 

Por ser uma das únicas igrejas ‘subterrâneas’ do mundo, a Temppeliaukio kirkko também é um dos pontos turísticos mais visitados da cidade. Um local ótimo para passar uns minutos observando os detalhes, a luz que entra, o teto hipnotizante, a harmonia com a natureza rochosa, o órgão (que sempre tem alguém tocando), a fé sem imagens. 

Vai lá: Lutherinkatu 3, 00100 Helsinque, no final da Fredrikinkatu. O ingresso custa 3 euros, uma das únicas igrejas em Helsinki que se paga para entrar.

3 – KAMPPI CHAPPEL, A CAPELA DO SILÊNCIO

Você entra nela e o mundo a sua volta desaparece. Não é à toa que é chamada de “Capela do Silêncio”. Construída como parte do World Design Capital em 2012, a Capela Kamppi foi projetada pelos arquitetos Kimmo Lintula, Niko Sirola e Mikko Summanen da K2SArchitects – escritório que ganhou o concurso International Architecture Awards.  

A Kamppi Chappel é um exemplo impressionante da arquitetura contemporânea criada com madeira finlandesa. O local ecumênico na praça Narinkkatori oferece uma pausa para meditar no meio do caos e fica bem no centro da cidade.

Suas formas curvas permitem que a vista flua no ambiente urbano. Ao mesmo tempo, formas suaves no interior da capela abraçam o visitante com conforto no meio do concreto e do barulho externo. 

A estrutura de madeira única foi feita por elementos laminados cortados por CNC (comando numérico computadorizado) e os componentes do revestimento são pranchas de madeira feitas sob medida. As paredes internas da capela são feitas de tábuas grossas de amieiro, uma árvore típica da região, que propositalmente contrastam com as lojas e escritórios de vidro que tomam conta do bairro de Kamppi

A luz natural entra pelo seu teto e o clima é mantido em outros momentos por meio de iluminação especial. 

O seu interior é simples, minimalista, silencioso e confortável. O local recebe todo tipo de visitantes, independentemente da religião. Não há cultos regulares no local, com exceção de orações todas as sextas-feiras a noite.

A Kamppi Chappel virou um marco arquitetônico e recebe gente sem distinções. Um minuto de silêncio. É preciso respirar. Muita gente para ali da volta ao trabalho. Turistas. Parar para agradecer a oportunidade de conhecer lugares como esse, e, bora, que a viagem precisa continuar!  

Vai lá: Simonkatu 7, Helsinki 00100. Entrada gratuita.

4 – USPENSKIN KATEDRAALI, A CATEDRAL DE USPENSKI

Projetada pelo arquiteto russo Aleksey Gornostayev, a Catedral de Uspenski foi construída após sua morte em 1862-1868 e é a maior igreja ortodoxa da Europa Ocidental, com suas cúpulas douradas e fachada de tijolos vermelhos. Dizem que o seu interior é ricamente adornado, porém infelizmente estava fechada quando eu estava na cidade. A igreja é um símbolos do impacto russo na história finlandesa, dedicada à Virgem Maria já que seu nome vem da Igreja Velha Eslava-Uspenie.

Localizada no bairro de Katajanokka, a Unspenski fica em uma colina, bem no alto, próxima ao porto que leva passageiros à ilhas e outros países, além do velho mercado da cidade (Old Market), onde você encontra delícias locais gastronômicas.

A igreja peculiar tem como base uma rocha, e possui uma bela vista panorâmica. De cima, é possível ver o Edifício Enso-Gutzeit criado pelo famoso designer finlandês Alvar Aalto (abaixo), em 1962, além de inúmeras construções em estilo Jugendstil (Art Nouveau).

O edifício Enso-Gutzeit é a sede de uma das maiores empresas de papel e celulose da Finlândia – a Enso-Gutzeit e ocupa um local imponente à beira-mar. Infelizmente não é possível visitar seu interior! 

Na parte de trás da catedral, há uma placa comemorativa do imperador russo Alexandre II, que era o soberano do Duque da Finlândia durante a construção da catedral, um belo resquício da história!

Vai lá: Kanavakatu 1Helsinki 00160. 

Visto

Brasileiros não precisam de visto de turismo para entrar na Finlândia, por até 90 dias.

Moeda

A moeda da Finlândia é o Euro. Dependendo da época da viagem, os preços são bem mais em conta para visitar a cidade!

Como se locomover

Helsinki possui um sistema ótimo de transporte público, além do mais, dá para explorar a maioria dos lugares a pé, já que a segurança é 100%. Existe uma rede de trams e ônibus que circulam por todos os bairros.

Uma super dica é comprar o cartão #MyHelsinki Card que te dá vários benefícios como: descontos em lojas, restaurantes e nos ingressos para entrar nas atrações turísticas e shows + todos os transportes públicos durante a sua visita (barco, trams, ônibus, balsa). O cartão está disponível para 1, 2 ou 3 dias, dependendo de quanto tempo você ficar na cidade. Usei e achei maravilhoso!

ONDE SE HOSPEDAR EM HELSINKI

O FTC visitou Helsinki em junho de 2019. A convite do Hotel Helka nos hospedamos no quarto Comfort. Foi um dos lugares mais legais que já ficamos! O Hotel Helka fica no bairro de Uusimaa e é SUPER BEM LOCALIZADO, bem perto da Kamppi Chapel (0,5 km) e do The Esplanadi Park (1 km). Nos arredores também fica a estação central de Helsinki, shoppings, lojas, cafés, restaurantes, museus, etc! A pé, e pelos entornos, dá pra fazer muito coisa por ali.

O Hotel Helka foi fundado há 90 anos (final dos anos 20) por uma das mais antigas organizações de mulheres da Finlândia, a YWCA Finlândia. O objetivo da YWCA é capacitar meninas e mulheres e promover a igualdade de gênero e o ecumenismo, para que direitos humanos, bem-estar, segurança, liberdade, justiça e paz possam ser garantidos a todos.  Até hoje, os lucros do Hotel Helka são direcionados ao trabalho da YWCA.

A fachada do hotel é simples, mas dentro, muito design e bom gosto! O local se intitula como “Zona livre de discriminação” e é um espaço seguro que acolhe todos, independentemente de sexo, idade, origem étnica, religião ou crença, opinião, estado de saúde, deficiência ou orientação sexual.

Ah, e ainda aceitam pets no quartos, toda comida do café da manhã é orgânica (e deliciosa, por sinal), além do local possuir uma decoração SUPER MODERNA e cheia de arte e design autêntico finlandês (o que a gente mais ama!).

Os quartos são bem espaçosos e confortáveis. Free Wi-Fi, ar-condicionado, secador, banheiros limpíssimos e gente, pasmem, cosméticos orgânicos no banheiro de uma marca maravilhosa chamada Thann. Dá vontade de ficar o dia inteiro curtindo o hotel! Amamos! 

As poltronas, bancos e luminárias foram projetados por designers famosos e são todos originais como Alvar Aalto, Harri Koskinen, Strinning, Poul Henningsen, Marimekko, além de estarem por todos os lados do hotel, inclusive nos quartos.

Ao lado do lobby, há um bar delicioso no térreo que é super amigável, além do hotel possuir sauna (isso não pode faltar na Finlândia!), além de funcionários super atenciosos sempre prontos para ajudar.

Olhando de fora, não dá pra imaginar o que o Hotel Helka tem pra oferecer! <3 Saudades, Finlândia!

Todas as imagens: Carol Moré, do FTC. 

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários