Dá pra passar horas nesse site viajando, vendo a vista das janelas de estranhos em todo o mundo, e sem sair de casa. Conheça o “WindowSwap”

O coronavírus interrompeu muitos dos nossos planos de viagens (tanto os nacionais quanto os internacionais) em um futuro próximo e o distanciamento social permitiu pouco envolvimento com o mundo além da nossa casa. Porém, um site recém-lançado tem trazido imagens bem bacanas para preencher os nossos olhos e acalmar um pouco o nosso desejo de sair por aí conhecendo destinos novos.

O windowswap é considerado “um lugar na internet onde todos os que viajam e estão cheios de vontade de viver a vida lá fora compartilham suas ‘vistas da janela’ para ajudarem uns aos outros a se sentirem um pouco melhoraté que possamos (com responsabilidade) explorar novamente nosso belo planeta”.

Os visitantes do site podem simplesmente clicar em ‘abrir uma nova janela em algum lugar do mundo’ e serem transportados para a visão de um estranho na Índia, Itália, Nova York, Suíça e muitos outros destinos espetaculares.

O windowswap é um projeto que foi criado durante a quarentena por Sonali Ranjit e Vaishnav Balasubramaniam – e busca envios de janelas de todo o mundo. Além disso, os criativos convidam os interessados ​​a compartilhar um vídeo em HD horizontal de 10 minutos de uma janela e moldura, e sua localização para obter créditos.

De uma deslumbrante paisagem montanhosa em Villongo, na itália, a uma movimentada paisagem urbana em Xangai, na China, é fácil se perder ao navegar e olhar pela janela de alguém para ter uma visão rápida da vista. Os envios de vídeos, em vez de imagens, dão um elemento especial de surpresa, já que ciclistas se movimentam ao passar por uma janela em Copenhague, ou a brisa do mar bate nas plantas enquanto você visualiza seu frescor passando por uma sala em Honolulu.

Aqui estão algumas das minhas janelas por onde viajei para fazer este post. Agora é com você. Viaje pelas janelas do mundo com o windowswap aqui. É um vício!

Via

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários