ftc-chris-porsz-fotografia

No fim dos anos 70 e durante a década de 80, o fotógrafo de rua Chris Porsz passava horas caminhando por Peterborough, cidade na Inglaterra, fotografando tudo o que chamava sua atenção: punks, policiais, famílias, casais de namorados, comerciantes, adolescentes.

Quase quatro décadas depois, Porsz escolheu algumas de suas fotos prediletas e resolveu procurar as pessoas retratadas em cada uma delas para recriar as imagens. O fotógrafo passou os últimos sete anos procurando os personagens – e os convencendo a posar, mais uma vez. O resultado é incrível!

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-01

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-02

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-03

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-04

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-05

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-06

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-07

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-08

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-09

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-10

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-11

Porsz publicou as fotos antigas em jornais locais e nacionais, no seu site e Facebook. Muitas pessoas se reconheceram nas fotografias e entraram em contato com ele.

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-12

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-13

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-14

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-15

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-16

O trabalho foi publicado em seu novo livro, “Reunions” (“Reuniões”).

“Este livro está há quase 40 anos em construção, e eu acredito que o projeto é totalmente original. Eu não acho que mais alguém tenha rastreado tantos desconhecidos e recriado fotos dessa forma antes”, diz Chris.

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-17

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-18

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-19

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-20

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-21

“Tem sido um trabalho difícil e eu tive muitos contratempos ao longo do caminho, mas eu sempre acreditei que isso poderia ser algo realmente especial. Estava determinado a fazer pelo menos 100 reuniões de fotografias, e isso tem sido um projeto cheio de amor”.

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-22

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-23

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-24

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-25

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-26

Chris Porsz comprou sua primeira câmera em quando seu filho primogênito nasceu, em 1978. A princípio, ele pensava em fotografar apenas sua família, mas logo viu que aquilo não era o suficiente para ele e começou a retratar desconhecidos pelas ruas.

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-27

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-28

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-29

follow-the-colours-fotografias-chris-porsz-30

Porém, em 1986, Porsz começou a trabalhar como paramédico, e, com três filhos e muitas ocupações, deixou seu hobbie artístico de lado. Ele só retomou o projeto em 2009 – para nosso deleite, e de todos que puderam ser retratados novamente tantas décadas depois. Incrível, não? 

Você encontra mais informações sobre Chris Porsz e a série Reunions em seu site.

Via/Via.

Stephanie D’Ornelas é jornalista, curitibana e gosta de embelezar a vida com fotografia, arte e cores. Coleciona cartões postais e adora conhecer novos lugares, pessoas e diferentes modos de vida.

Stephanie D’ornelas – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:
Comentários