decoracao-ape-cores-sala (6)

A designer de interiores Bruna Lourenço é autora do Referans e do Histórias de Casa, sites que falam exatamente sobre decoração e design para a casa. Convidada pelo FTC, Bruna topou abrir a sua casa e mostrar como trouxe mais cores para o seu dia a dia.

Ela conta que teve praticamente um mês para resolver toda a reforma da cozinha, a escolha dos móveis, as cores que usou. Como nada que se faz na pressa sai 100% certo, nesse 1 ano que passou já deu tempo de se arrepender de algumas dessas escolhas.

Nada muito grave, mas algo como ter escolhido a pastilha X ao invés do azulejo Y, ou de ter abdicado de um painel atrás da TV. E teve também a questão do orçamento apertado que impôs forçadamente alguns cortes e restrições. Conta Bruna!

decoracao-ape-cores-sala (5)

Saímos (eu e a minha mãe) de uma casa média com quartos bem grandes e muuuuitos armários, e viemos para o apê de 80 m². Considerando a metragem, até que os cômodos são bem distribuídos e aproveitados, mas os armários fazem AQUELA falta. Moramos no térreo, então demos a sorte de ter um miniquintal perto da área de serviço — o que também é ótimo para os meus dois gatos.

decoracao-ape-cores-sala (4)

decoracao-ape-cores-sala (2)

decoracao-ape-cores-sala (3)

decoracao-ape-cores-sala (7)

decoracao-ape-cores-sala (8)

A cozinha e a sala, que tem também mesa de jantar para quatro pessoas, foram os primeiros ambientes a ficarem prontos (ou quase). No banheiro nem mexemos, faltou grana e tempo, então ele só ganhou um gabinete novo. Os detalhes foram entrando aos poucos, alguns enfeites aqui, livros ali, um pufe como mesa de centro, e por aí foi.

decoracao-ape-cores-cozinha (1)

decoracao-ape-cores-cozinha (2)

Confesso que não sou muito boa em trabalhos manuais, então dificilmente consigo concluir um “faça você mesmo”, mas eu tento (às vezes). A luminária de teto da sala, com lanternas japonesas e pisca-pisca, eu fiz a partir de uma ideia da Vivi Visentin, do Decorviva!

decoracao-ape-cores-quarto (3)

Na parede em frente à cama está o meu xodó: o mural feito com imagens impressas e washitapes! A não ser por uma foto recortada de revista, o resto é tudo da internet mesmo. Imagens que fui acumulando com o tempo já pensando em usá-las em conjunto (pode ver que as cores conversam entre si). Pra brincar um pouco, coloquei alguns objetos na parede também, e amei o resultado.

decoracao-ape-cores-quarto (1)

Como é um apê só para mulheres, fiz questão de que os espaços ficassem bem femininos mesmo. Sou a filha do meio de três meninas. Ou seja, nunca tive um quarto só pra mim. Então dessa vez quis fazer tudo do meu jeito. A ideia era que a decoração fosse em tons pastel, então eu pintei uma parede de azul clarinho, mas de repente fui colocando coisas mais coloridas e gostei da mistura!

decoracao-ape-cores-quarto (2)

Aí decidi ir all the way: desenhei uma estampa toda geométrica no Illustrator e mandei imprimir como um adesivo para a parede de cabeceira. Ele virou praticamente um papel de parede, mas foi melhor porque é personalizado e o preço é muito mais amigo.

decoracao-ape-cores-quarto (4)

* O pôster laranja “Don’t Grow Up It’s a Trap” foi a Bruna que fez e você pode baixar aqui.

decoracao-ape-cores-quarto (7)

Eu acredito que as cores têm poder terapêutico — não é à toa que existe a cromoterapia, né? Acho que faz toda a diferença acordar e ser recebido por uma parede colorida, um criado-mudo pintado, quadros lindos pendurados… A casa fica mais otimista. Na hora de escolher o tom da parede da sala, eu sabia que queria algo próximo do roxo, mas não muito escuro, então acabei ficando com a cor Framboesa, da marca Coral. É bom porque ela combina com cinza, vermelho, azul.

decoracao-ape-cores-quarto (6)

Para terminar, uma frase que ela leva para a vida:“Na verdade eu sempre encontro frases inspiradoras por aí, e o Pinterest é uma boa fonte para isso também. Uma que eu vi recentemente e adorei é assim: “If you’re feeling blue, try painting yourself a different color”. Simples, mas de efeito — pelo menos pra mim.

Ela ainda indica 3 sites/blogs que a inspiram diariamente: Pra facilitar a vida, eu acompanho meus sites favoritos pelo Feedly — depois que o Google Reader se aposentou. Assim é certeza que não vou perder nenhum conteúdo. Dois blogs gringos que eu adoro são o The Design Files e o Design Love Fest. Ambos só publicam conteúdos exclusivos, mas com uma linguagem bem profissional, com pegada editorial e tudo mais. São uma inspiração para que eu também queira aumentar a qualidade das matérias no meu blog. 

decoracao-ape-cores-quarto (5)

Gostou? Nós adoramos! Obrigada Bruna pela visita!

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:
Comentários