Contemporânea, essa luminária traz um ar de magia e mistério, algo meio fantasia e conto de fadas. Conheça a Popup Lightning! 

follow-the-colours-popup-lighting-01

Feitas de alumínio ou papel cartão, as luminárias de Chen Bikovski, artista baseada em Tel Aviv, mais parecem esculturas minimalistas em origami, e quando acesas o encanto acontece.

Interessada em alinhar o lúdico à sua profissão, o design, Bikovski lançou a Popup Lighting, uma série de lâmpadas que se transformam em criaturas mágicas, como veados e pavões, quando iluminadas.

follow-the-colours-popup-lighting-02

03bpopup-lighting

follow-the-colours-popup-lighting-04

ftc-popup-lightning-luminaria-05

“Sou fascinada por livros pop-up desde pequena, e quando criança sentia como se estivesse no País das Maravilhas ao ver saltar as páginas. Assim como Alice, descobria um mundo novo escondido dentro de um simples livro”, disse a designer israelense sobre sua experiência imersiva a cada página virada.

Não por menos, criou em suas peças, desenhos de animais com plumas e chifres feitos de luz!

follow-the-colours-popup-lighting-05

ftc-popup-lightning-luminaria-03

follow-the-colours-popup-lighting-07

“A ideia por trás da Popup Lighting foi criar uma luminária permanente que traz um ambiente mágico para qualquer espaço, uma luz multidimensional que inspira os sentidos e estimula a imaginação, transferindo assim a emoção, surpresa e inocência dos livros pop-up para a vida cotidiana através da arte e design.”

ftc-popup-lightning-luminaria-02

ftc-popup-lightning-luminaria-01

follow-the-colours-popup-lighting-09

Objetivo atingido, Chen Bikovski! Aos interessados, em seu e-commerce os modelos custam entre US$ 69 e US$ 290 – R$ 236 e R$ 993, aproximadamente. E, quer saber? Em breve, cactos luminosos deverão invadir sua loja!

Para mais informações, acesse o site da Popup Lightning e acompanhe lançamentos no Instagram.

Via.

Jornalista de moda e lifestyle, Selena Escher trabalha com conteúdo. Capricorniana e pesquisadora constante, adora arte, conhecer novas culturas, viajar, comer bem, a década de 1920, música, assistir a filmes e sentir-se livre.

Selena Escher – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:
Comentários