curiosidades gotas de cor branco white

A cor feminina da inocência, do bem, dos mortos, espíritos e fantasmas. A mais importante para os pintores. Limpa e esterilizada, é também o tom do início, do sacrifício, do design minimalista, é vazio e é leve.

É considerada a mais perfeita entre todas as cores. Não existe nenhuma concepção de branco com significado negativo. Mas, assim como acontece com o preto, sempre se coloca a pergunta: o branco é uma cor?

Quando falamos em simbologia, ele é realmente, e sem sombra de dúvidas, uma cor. O que é branco não é incolor. Vinculamos sentimentos e propriedades à ela que não podemos atribuir a nenhuma outra. Há muita coisa para aprender sobre esse tom! Hoje então, trazemos 50 curiosidades interessantíssimas. Inspire-se:

curiosidades gotas de cor branco white

1 – O branco é realmente uma cor? Não – se estivermos falando das cores da luz, pois na teoria óptica (física), ele é mais do que simplesmente uma cor, é a soma de todas as cores. Como cor luminosa, ela não é cor. Mas quando falamos em cores das coisas, de qualquer tipo de materiais e substâncias, como as cores de tubos, frascos, é preciso se perguntar novamente. E a resposta é sim – inclusive a mais importante de todas. Quando falamos em simbologia, é realmente, e sem sombra de dúvidas, uma cor. O que é branco não é incolor;

2- Para os impressionistas, o branco era uma “não cor”, já que eles trabalhavam em sintonia com o colorido da luz. No entanto, eles utilizavam cores brancas, pois na pintura, ela não pode ser obtida a partir da mistura de outras cores, ao contrário do preto. Os artistas utilizavam mais este tom do que outros pintores da época, pois as obras eram todas pintadas sobre um fundo branco, ao passo que os outros usavam fundo marrom ou cinzento;

3- Nenhuma outra cor é produzida em quantidades maiores do que o branco. Para o pintor, é a mais importante de todas. A maioria inclusive tem uma paleta variada de tons em branco, já que não pode ser obtida pela mistura de outras cores;

4- Dizem que o branco é o início. Quando Deus criou o mundo, seu primeiro comando foi: “Faça-se luz”. É daí que vem as associações da cor com a luz, iniciando essa simbologia. Em todas as religiões ocorre o início do bem, a ressurreição, a remissão dos pecados, que adivinhe, tem a cor branca como símbolo. Mas, o início do mundo é também o início do mal (preto);

5- Na religião, o Cristo ressuscitado aparece pintado sempre de vestes brancas. Todos os outros ressuscitados também aparecem vestidos assim diante de Deus: o “domingo branco” é o domingo após a Páscoa. A hóstia também é branca, simbolizando Cristo vivo. As crianças são batizadas com roupas da mesma cor, iniciando sua vida cristã;

curiosidades gotas de cor branco white

6- Em muitas línguas, branco e preto são as primeiras palavras para as cores, como diferenciação entre o claro e o escuro, entre o dia e a noite. Essa é uma das mais fundamentais diferenciações de todas as cores;

7- Antigamente, as jovens iam aos bailes de debutantes sempre usando vestidos de noite brancos, significando o início de sua vida social;

8- O leite, o primeiro alimento que o homem recebe, é branco. Na história da criação do hinduísmo o mundo consistia em um mar de leite;

9- Existe uma regra do jogo de xadrez em que as peças brancas começam, justamente pelo tom ser a cor do início;

10- Apenas 2% das pessoas do mundo citam o branco como a sua cor favorita;

curiosidades gotas de cor branco white

11- Existem 67 nomes dados para esta cor coloquialmente, além de seus nomes artísticos como: branco albino, branco amarelado, branco gesso e mais;

12- O time de futebol da Alemanha joga de branco porque a sua seleção foi criada em 1908, quando a bandeira do país tinha a mesma cor, além de vermelho e preto;

13- Nos casamentos japoneses, o branco representa a ruptura da vida de solteiro e o início de uma nova família;

14- O branco como cor destituída de cor – é nesse sentido, luto. Nunca é radiante, nem em tecidos brilhantes. Quem está sofrendo veste branco e roupas opacas em vários lugares do mundo. Assim como o preto, ela imprime a renúncia ao cultivo da imagem por parte de que usa. As vestes brancas no luto pertencem à ideia da reencarnação, para quem não encara a morte como a despedida final do mundo. Na China, Índia e Vietnã, é muito usada pelas viúvas;

15- Em um estudo feito com placebos, foi possível verificar que os comprimidos brancos acalmam mais a dor;

curiosidades gotas de cor branco white

16- Segundo Gilbert K. Chesterton, escritor inglês: “Branco não é mera ausência de cor; é brilho e positivismo, tão ardente quanto o vermelho, tão definitivo como o preto”;

17- O Brasil é um dos únicos países em que as pessoas se vestem de branco na passagem do ano. A cor representa luz, pureza e paz;

18- No Japão, há morangos brancos que tem sementes vermelhas. Eles são chamados de “morango alpino branco”;

19- Esquimós usam mais de 17 palavras diferentes para designar a cor branca, ao falarem sobre as condições da neve. Nos Estados Unidos são apenas 5. Isso parece estranho, mas é compreensível, já que eles precisam encontrar orientação em seu universo de mesma cor. Hoje em dia, os pesquisadores descobriram que são palavras que designam as diferentes consistências dos flocos. Como verdadeiros peritos do inverno, eles não dispõem de uma palavra específica para ela, ou seja, nenhuma palavra resume todos seus possíveis tipos de neves;

20- Considerada a cor da verdade, da honestidade, do bem e da perfeição, o branco ganha mais força se colocarmos ele ao lado do dourado e azul. Isso porque a cor é considerada “dos deuses”: Zeus apareceu na Europa como um touro branco, depois como um cisne branco. O Espírito Santo se mostra como uma pomba branca. Cristo é o cordeiro branco. O unicórnio branco é o símbolo da Virgem Maria. Os anjos também estão sempre vestindo branco e possuem asas da mesma cor;

curiosidades gotas de cor branco white

21- Os animais brancos, quando não são colocados como deuses, tem alguma ligação com o divino. Na Índia, o gado branco é a corporificação da luz. Na China, as garças brancas são pássaros sagrados da imortalidade;

22- Os pássaros grandes brancos também são seres celestes. Foi daí surgiu a lenda de que os recém-nascidos seriam trazidos pelas cegonhas;

23- Na Igreja católica, quanto mais alta a posição hierárquica, mais claras são as vestes. Por isso, o Papa está sempre vestido de branco. No Natal, na Páscoa, em todas as festas comemorativas para prestar honrarias a Cristo, Maria, ou qualquer outros santos que não sejam mártires, os clérigos vestem branco. Às vezes, as batinas são tão ricamente bordadas a ouro que mal se vê essa cor;

24- O branco também é usado por reis e rainhas nas ocasiões mais importantes: em suas coroações. A Rainha Elisabeth, por exemplo, sempre faz seu discurso anual de abertura do parlamento vestida de branco;

25- Soberanos democraticamente eleitos também aplicam essa simbologia. Não é por acaso que a residência oficial do presidente americano é chamada de “Casa Branca”;

curiosidades gotas de cor branco white

26- O branco contra o preto: essa é a batalha contra o bem e o mal em muitas variantes. O dia contra a noite, anjos contra demônios, Branca de Neve contra a bruxa. A simbologia está muito presente como uma simples decisão entre extremos;

27- Em inglês, branco também significa “decente”. Uma mentira branca, por exemplo, white lie, é uma mentira boba. Com o tom, tudo se torna positivo;

28- Branco é a cor mais comum usada para criar nomes femininos: Branca, Bianca, Blanche, Jennifer, Candida, todos são traduzidos de palavras que trazem significado à cor. Os nomes das flores também são presentes: Jasmim, Lili, Camila, Margarida. Daisy Duck, por exemplo, é a pata branca da Disney. O lírio branco também é símbolo da paz, pureza e inocência;

29- O branco é feminino, é nobre, mas é fraco. Suas cores simbólicas contrárias são o preto e o vermelho, o poder e a força. Sua cor contraditória psicológica é o marrom. Não existe nenhum acorde cromático em que o marrom (que nos traz ‘sujeira’) fica bom ao lado da cor. Nada pode ser ao mesmo tempo puro e sujo, nem leve e pesado;

30- Na simbologia chinesa do Yin-Yang, o branco pertence ao feminino, o Yin. Na Astrologia, pertence à lua, outro símbolo feminino;

curiosidades gotas de cor branco white

31- Dizem que o branco é a cor das pessoas cujo caráter é tranquilo e passivo. É silenciosa, nos passa paz;

32- O que precisa ser higiênico é sempre deste tom. Qualquer mancha de sujeira se torna visível, tornando a limpeza fácil de controlar. O branco é a pureza, é a limpeza, é o esterilizado. A cor é obrigatória nos lugares em que se produzem produtos alimentícios, por exemplo, ou em hospitais, onde médicos e enfermeiros usam também;

33- Apesar de existir inúmeras cores na moda, a maioria das pessoas usa apenas roupas íntimas brancas;

34- É imaculado, isento dos pecados negros, a cor da inocência. Para expulsar bruxas e demônios, os supersticiosos fazem oferendas dos “três presentes brancos”, em geral, farinha, ovos e leite. Nas histórias bíblicas, por exemplo, também era oferecido, principalmente, pequenos animais brancos em sacrifício, para expiar as culpas humanas. O animal mais típico para ser oferecido é o inocente cordeiro branco. É daí que vem a expressão de Jesus ser considerado o cordeiro de Deus por ter se sacrificado pelos pecados da humanidade;

35- A moda dos jeans do século XX serviu como expressão de uma atitude progressiva, a de não julgar ninguém por seu aspecto exterior. Mas antes disso, no século XIX, a moda se manifestou por intermédio de uma vestimenta branca, um tipo de uniforme, que passava o sentimento de pertencimento a uma camada da sociedade que desejava representar os verdadeiros valores da cultura: liberdade, igualdade, fraternidade;

curiosidades gotas de cor branco white

36- Goethe descreveu em sua Teoria das Cores, a moda de 1800: “As mulheres andam agora quase inteiramente vestidas de branco, e os homens de preto”. Essa moda mundial expressava o classicismo, a era clássico-grega (deuses gregos), onde tudo era da cor. Como enfeite das vestimentas, somente algumas pregas. A simplicidade era sublime. Mas, quando ele publicou seu trabalho, pesquisadores da Antiguidade (1817) descobriram que os templos e seus deuses gregos, até mesmo as estátuas, originalmente tinham sido pintadas. As paredes dos templos eram verde, as figuras originalmente tinham vestidos coloridos, cor natural da pele, pedras de vidros. O que ele acreditava ser perfeitamente branco – eram ruínas, das quais a cor havia se dissipado. Goethe não conseguia acreditar nisso;

37- Depois disso, a moda feminina renunciou às cores, mas contava com outros tipos de atrativos. O uso do vestido no estilo grego era prático demais para durar. Mas, o branco atravessou o século da moda e foi considerada a cor mais elegante de todas. Ela significava agora o status social de quem vestia. Isso porque a senhora de branco tinha serviçais às quais delegava o serviço de remover quaisquer manchinhas de sujeira que aparecesse, ou seja, dinheiro e posses. Com a moda do vestido branco, surgiu também a moda do vestido de noiva;

38- Quem mostra a bandeira branca não quer mais lutar. A ideia ganhou força quando a população de Munique, em 1945, pendurou lençóis brancos nas janelas para esperar em paz pelos soldados americanos, sem oferecer resistência. Esses lençóis foram as bandeiras brancas da rendição. No dia em que Hitler morreu, a Alemanha toda também mostrava seus lençóis nas janelas. A Guerra Mundial havia ficado para trás;

39- Onde o branco está, nada está. Em muitas línguas a palavra tem o mesmo significado de vazio. Por isso, na França, uma “voz branca” é uma voz sem som; uma “noite branca” é uma noite mal dormida. Quer outro exemplo? Album significa “branco” em latim, e um álbum é originalmente um livro branco, vazio, que será preenchido com fotos e recordações da pessoa;

40- Sonhamos com um natal branco. Entre nós, o “branco da neve” é o branco mais branco. Dizem que é porque nada é tão branco quanto a neve recém-caída, sobre a qual o sol brilha;

curiosidades gotas de cor branco white

41- Antigamente, preto e branco eram as cores preferidas dos designers técnicos (de produtos), pois elas não desviavam a atenção da função dos aparelhos. O estilo minimalista conceitua a estética como uma liberação de todos os ornamentos, de todas as cores. Já o design moderno trouxe de volta o uso dessas cores e as formas como uma expressão da vitalidade e sagacidade. Mesmo assim, o branco permanece como cor principal, sobre as quais as demais cores ganham maior destaque. O branco não é uma cor da moda, é uma cor moderna;

42- O perfume mais vendido de todos os tempos é o Chanel nº5, vendido desde 1920 numa embalagem branca escrita em preto. Essa simplicidade transmite a impressão de que a Chanel é totalmente atemporal;

43- O branco também é a cor do desconhecido. Em mapas antigos, os espaços em brancos correspondiam a regiões inexploradas. Uma “mancha branca” significava uma lacuna de conhecimento;

44- O branco, a mais clara das cores, é a mais leve. As roupas de verão são claras, as de inverno, escuras. Isso porque as roupas claras refletem muita luz, por isso são mais frescas, dando esse significado;

45- Nos alimentos, o branco é frequentemente sinal de depuração – indica que os ingredientes já foram descoloridos artificialmente. Quer um exemplo? O açúcar branco originalmente é escuro, o arroz branco é naturalmente marrom. Já a carne de vitela e de frango são chamadas de “carnes brancas” porque são mais claras que as vermelhas e menor valor nutritivo;

curiosidades gotas de cor branco white

46- A margarina é um produto que existe desde o século XIX. Seu nome foi dado por causa de sua cor “branca”: margarina vem da palavra “márgaron”, que em grego significa pérola. Outro produto que é conhecido é o creme Nívea. A palavra latina significa da cor da neve, tom do seu creme mais conhecido (o da latinha azul). Antigamente, vários nomes de marcas eram criados dessa maneira!

47- Todos conhecem o giz, mas poucos sabem do que ele era feito: de conchas de mexilhões e pequenos animais marinhos – no período cretáceo. Na pintura, o giz é utilizado como base, juntamente com o gesso que é uma pedra branca moída. Atualmente, o giz de lousa e o giz pastel não são feitos de giz, mas sim de gesso;

48- Antigamente, a cor da camisa que um homem usava servia como indicador de seu status profissional. Operários vestiam azul ou cinza. Os que usavam branco eram os que não precisavam se sujar para fazer o trabalho. Os de “colarinho branco” eram considerados os assalariados, que ocupavam cargos burocráticos e administrativos. Impecáveis, de uso diário, eram um símbolo de status, já que não existiam máquinas de lavar nem tecidos de tão fácil manuseio;

49- Nos primeiros anos de IBM, os profissionais se comprometiam, por contrato, a usar sempre uma camisa branca. Foi a partir de 1970 que as camisas coloridas começaram a ser aceitas no currículo dos funcionários do setor burocrático-administrativo; e somente a partir dos anos 90 que a aceitação se espalhou para a gerência e outros cargos diretivos;

50- O vestido de casamento branco, com véu e grinalda, nada tem de tradicional. Ele surgiu apenas no século XIX. O que elas usavam antes? Seu melhor vestido, não havia uma moda. A primeira mulher a se casar conforme a moda hoje foi a rainha Vitória da Inglaterra, que em 1840, usou um vestido de cetim inglês, e sobre ele um véu de noiva. Uma noiva levando à cabeça um véu era novidade, já que ele era usado após o casamento. O uso foi interpretado como uma referência aos véus das freiras, como uma noiva de Cristo, assim que ela se dirigiu ao altar. A rainha, tinha outras ideias na mente: queria incentivar a indústria da fiação em seu país, que lutava contra a concorrência francesa. O desejo da rainha acertou o alvo e causou furor. Depois disso, quando Napoleão III se casou, sua noiva também usou véu branco. As noivas reais exerciam uma influência muito forte sobre a moda – e fazem isso até hoje. É o sonho de ser “princesa” por um dia!

curiosidades gotas de cor branco white

Imagens: Shutterstock. Textos baseados na obra de Eva Heller (A Psicologia das Cores – Como as cores afetam a emoção e a razão) e outras fontes revisadas.

Gostou? Compartilhe com seus amigos! Leia outras matérias do Gotas de Cor aqui no FTC. Acompanhe o projeto no Facebook, Instagram e Pinterest!

Carol T. Moré é editora do Follow the Colours. Cores, internet, design, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:
Comentários