Como será a alimentação do futuro? Muito se discute, mas a verdade é que o futuro parece estar cada vez mais perto. Pelo menos para essa designer que resolveu testar alimentos que crescem de forma natural após serem impressos em 3D. Confira o projeto! 

follow-the-colours-alimentos-impressos-01

Edible Growth (ou crescimento comestível, em tradução literal), é um projeto conceitual (em andamento) da food designer holandesa Eindhoven Chloé Rutzerveld, que mistura alimentação, tecnologia, jardinagem e impressão 3D.

A ideia baseia-se em um revestimento impresso em um tipo de ‘terra comestível’ feita de carboidratos, esporos, sementes e leveduras. Depois isso, cinco dias são necessários para que os elementos germinem e apareçam, e o snack esteja pronto para ser consumido.

follow-the-colours-alimentos-impressos-03

follow-the-colours-alimentos-impressos-02

A designer conta que a impressão de comidas saudáveis e sustentáveis a partir de organismos vivos poderia transformar a indústria alimentar e, quiçá, um possível gatilho para acabar com a fome no mundo.

No entanto, trata-se ainda apenas de um protótipo que exige anos de pesquisa para concretizar-se, dada as inúmeras questões envolvendo tecnologia 3D e segurança alimentar.

“O objetivo é fazer uso desta nova tecnologia de maneira consciente para criar alimentos naturais, saudáveis, sustentáveis e nutritivos graças à combinação de elementos como natureza, ciência, tecnologia e design. O projeto apresenta uso inteligente para processos como fermentação, e etapas dispensáveis da cadeia alimentar desaparecem resultando na redução do desperdício de alimentos e emissões de CO2.”

follow-the-colours-alimentos-impressos-06

Primeiro protótipo, criado em Nylon

follow-the-colours-alimentos-impressos-04

No futuro, os alimentos seriam impressos dentro da casa de cada pessoa, o que também evitaria a poluição pelo transporte e o desperdício de alimentos, aumentando sua vida útil;

follow-the-colours-alimentos-impressos-05

Atualmente, o projeto Edible Growth percorre o mundo em congressos e exposições que tratam sobre o assunto, além de estar em constante pesquisa para que em alguns anos, quem sabe, esse tipo de ideia esteja disponível para os consumidores. Aqui, você fica sabendo mais sobre o projeto e outros trabalhos da designer.

Via.

Jornalista de moda e lifestyle, Selena Escher trabalha com conteúdo. Capricorniana e pesquisadora constante, adora arte, conhecer novas culturas, viajar, comer bem, a década de 1920, música, assistir a filmes e sentir-se livre.

Selena Escher – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:
Comentários