Ellis Van der Does é uma ilustradora e designer holandesa baseada em Londres. Seu estilo é mais clean, apesar dela usar várias técnicas e cores aparentes. Ellis muitas vezes combina formas existentes para criar novas histórias.

Em seu portfólio, há trabalhos incríveis de projetos pessoais e artes comissionadas, ambos muito interessantes. Entre seus clientes, estão grandes nomes como: VICE, The Pool, Hohe Luft, Root + Bone Magazine, Girls Club Zine, Bite Me, Chanced Arm, Food & Sister Magazine, The Carton, De Optimist, De Dakhaas, Overdose.am e Staatsbosbeheer (Proteção Floresta Holandesa), entre outros.

Em 2017, Ellis Van der Does exibiu uma de suas séries em Amsterdã, além de já ter exposto em Utrecht (Holanda). Ellis utiliza cores, texturas e humor para contar suas histórias. Faça uma viagem com a gente para o mundo mágico ilustrado da artista, inspire-se em seu estilo e confira a entrevista exclusiva para FTC:

ENTREVISTA COM ELLIS VAN DER DOES

FTC: Conta mais sobre quem é você. Como você se tornou uma ilustradora?

Eu sou Ellis, uma ilustradora holandesa que mora em Londres desde 2014. Quando eu tinha dezesseis anos fiz um curso de um ano na escola de arte de Utrecht. Todos os sábados tinha uma disciplina diferente, para que pudéssemos nos familiarizar com todas as opções que a escola oferecesse. Assim que começamos a trabalhar com ilustração, soube que era isso.

FTC: Seu trabalho é único: podemos ver algumas inspirações da cultura pop, humor, texturas, cores. Como você iniciou esse tipo de estilo?

Obrigado! Acho que a meu bacharel em ilustração na HKU em Utrecht (Holanda) foi bom, porque os professores realmente me encorajaram a desenvolver meu próprio estilo. Eu não trabalhava muito com o computador nos primeiros dois anos, então eu tive bastante tempo para experimentar e encontrar o que eu gostava.

Mais tarde, quando tive uma sensação clara do que curtia, comecei a terminar digitalmente minhas ilustrações, mas mesmo assim, sempre tento manter os elementos artesanais visíveis.

FTC: Você acha que as cores influenciam seu trabalho? 

Definitivamente! Eu acho que a cor é realmente importante e realmente determina o humor da ilustração. Eu gosto de jogar com diferentes combinações de tons para encontrar o aspecto e a sensação adequada para a peça – ela deve estar dentro do tema.

FTC: Como você se inspira? Algum hobbie?

Eu amo viajar e acho que é uma ótima maneira de se inspirar! No ano passado, fiz algumas aventuras, especialmente minha viagem ao Japão foi excelente, pois o país está cheio de cor e personagens interessantes.

Eu vou para Marrakesh (Marrocos) agora e estou ansiosíssima para ver a arquitetura e os têxteis, pois acredito que as texturas serão bastante impressionantes.

FTC: Como você mesma descreve o seu estilo e linha de trabalho? 

Se você fizer uma viagem para o mundo mágico da ilustração comigo, você verá cores aparentes e o uso de diferentes técnicas. Meu estilo é claro, mais clean, e costumo combinar várias formas e figuras para criar novas histórias.

FTC: O que vem pela frente? 

Ultimamente tenho trabalhado muito em editoriais para vários clientes. Eu realmente gosto desses trabalhos, pois eu curto criar ideias que capturam o tema ou núcleo de um texto. Então, espero continuar a trabalhar neste tipo de projetos este ano.

No ano passado, participei da London Illustration Fair, que foi uma ótima experiência. Gostaria de participar de mais feiras, pois é uma boa maneira de alcançar um público diferente. E seria adorável começar um novo projeto pessoal, no entanto, ainda estou descobrindo o que deveria ser.

FTC: Pode nos dizer uma banda, filme e um site que você gosta bastante?  

Banda: Little Dragon. Filme: The Square (A Arte da Discórdia). Website: http://predominant.ly/. 

FTC: Já que mora em Londres, uma dica de um lugar que você adora ir.  

Taco Queen! É um pequeno restaurante em Peckham e totalmente delicioso!

Acompanhe o trabalho de Ellis Van der Does em seu site, no Facebook e Instagram.

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários