Pokras Lampas é o nome artístico de Arseniy Pyzhenkov, um jovem de 28 anos que combina arte de rua, design, tipografia e caligrafia na criação de um trabalho com uma estética muito particular.

Lampas nasceu na cidade de Korolyov, na Rússia, mas atualmente se divide entre São Petersburgo e Moscou, onde vive e trabalha.

O ALFABETO RUSSO

Sua arte se baseia no alfabeto russo cursivo, que é uma variação do alfabeto cirílico, utilizado na Rússia e nos países onde o russo é falado. Algumas das letras são parecidas com as letras do alfabeto latino, mas possuem sons diferentes quando pronunciadas.

Apesar de não possuir formação artística, Lampas começou a se expressar através do grafite em 2008, e em seguida foi influenciado pelo movimento calligraffiti, que mistura a arte urbana e a caligrafia.

A partir de então seu foco se voltou para a técnica: “Todos vivemos em um mundo multicultural e, se eu puder ajudar as pessoas a aprender mais sobre caligrafia estrangeira, elas aprenderão mais sobre outros países, disse o artista em entrevista para a Fendi.

A OBRA DE POKRAS LAMPAS

Ele está particularmente envolvido em projetos de arte de rua, exposições e outras atividades relacionadas ao assunto desde 2013. Um número reduzido de cores se destaca em suas obras, como o branco, o dourado, o preto e, ocasionalmente, cores chamativas. Todavia, a variedade de superfícies utilizadas pelo autor dos calligraffitis é bastante variada.

Com o uso de marcadores e diversos tipos de tinta, suas composições visuais ocupam tanto espaços externos quanto internos, e se estendem a objetos e até mesmo a corpos humanos, em um exercício de experimentação das formas da tipografia.

Recentemente, Pokras Lampas começou a trabalhar com grandes marcas de moda e desenvolveu coleções para a Yves Saint Laurent Beauty, Adidas, Fendi e Levi’s, por exemplo.

Nos últimos anos ele participou de exposições coletivas e projetos de arte realizados na Rússia, França, Alemanha, Itália, Portugal, Coreia e Emirados Árabes.

O MAIOR GRAFITE DE CALIGRAFIA DO MUNDO

Em 2015, o russo realizou o maior grafite de caligrafia do mundo, na cobertura de um prédio em Moscou. Ocupando uma área de 1.625m², a obra pode ser vista até mesmo por satélite. O artista e sua equipe utilizaram em torno de 730 litros de tinta para concluir a pintura.

Quando questionado a respeito da melhor superfície para intervir, o artista afirma: “Estou sempre em busca da melhor superfície. É claro que prefiro algo suave, mas depende do material e das ferramentas. Então, se eu pudesse encontrar algo muito bom para trabalhar fora da Terra, provavelmente seria a lua. Essa seria a minha superfície favorita”.

Apesar da arte urbana e da caligrafia serem os elementos-chave de suas composições, Pokras Lampas conta que suas inspirações vêm de diversas fontes: Tudo é inspiração para mim. Música, novos países, novos alfabetos, novas ferramentas, novas pessoas. Eu acredito que você precisa manter os olhos abertos; assim, quando você algo simples como letras na estrada, por exemplo, você pode simplesmente transformá-lo em algo artístico. Essa é uma maneira de ser único, conclui.

Pra continuar acompanhando o trabalho de Pokras Lampas, visite seu site e o perfil do artista no Instagram.

Affonso é arquiteto e urbanista e tem dificuldade em ficar parado. Amante dos trabalhos manuais desde pequeno, criou sua loja online, a Caixote dos Milagres, em 2015. Por lá ele comercializa bordados que confecciona a partir de suas próprias ilustrações. Affonso adora artes, decoração e qualquer projeto de “faça-você-mesmo”. Acredita que com criatividade é possível transformar o espaço e as pessoas ao seu redor.

Affonso Malagutti – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários