follow-the-colours-3d-printer-tattoo-01

Que a impressora 3D faz sucesso, isso a gente já sabe. Mas, a empresa Le FabShop, especialista em fabricação digital, foi além ao ser convidada para participar de um evento na escola de design ENSCI les Ateliers em Paris. A ideia do Public Domain Remix era que os participantes usassem imagens, vídeos e sons de domínio público para criar mashups criativos de materiais digitais.

Le FabShop ajudou alunos a realizarem uma ideia incrível que tiveram durante um brainstorm e criou uma máquina que automaticamente faz tatuagens de imagens tiradas de um banco de imagens. Em uma tarde, hackearam uma impressora 3D e usaram uma máquina amadora de um tatuador para criar tatuagens reais.

O primeiro teste foi feito com pele artificial, mas depois, não foi problema algum encontrar voluntários para o projeto. Interessante, não? Veja o vídeo abaixo e o passo a passo aqui.

follow-the-colours-3d-printer-tattoo-02

follow-the-colours-3d-printer-tattoo-03

Via.

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no FTCMAG.



Comentários