Mercados de rua são excelentes lugares para encontrar tesouros escondidos, e de acordo com a pesquisa mundial com aproximadamente 19.000 viajantes, os artigos domésticos mais comprados durante as férias incluem justamente os artesanatos locais (48%), pequenas lembrancinhas (40%), obras de arte locais (31%) e ornamentos (26%) encontrados nos países visitados.

A gente já falou aqui, em uma matéria super legal, como fazer com que suas memórias de viagem durem para sempre, e entre as dicas destacamos exatamente colecionar souvenirs dos lugares por onde passou ou trazer algum objeto que te faça lembrar do destino ou de alguma história.

Foi pensando nisso que a Booking.com fez uma listinha bem bacana com alguns mercados de rua no mundo todo para você conseguir umas pechinchas e inspiração para comprar coisinhas especiais para eternizar a sua viagem. Em parceria, a gente complementou com algumas dicas pessoais bem legais, pra você não perder nada e até achar itens para decorar a sua casa. Vem com a gente!

MERCADOS DE RUA PARA SE PERDER PELO MUNDO

Andar pelos mercados de rua costuma ser um programa e tanto. Nesses lugares é perigoso gastar mais do que devíamos, tanto quando falamos em dinheiro quando falamos em tempo. Por isso, é bom planejar-se antes de visitar o espaço caso ele seja grande.

Normalmente, na maioria das feirinhas você encontra música, roupas, acessórios, antiguidades, comidas típicas, artesanato, obras de arte de artistas locais, artigos decorativos para casa, entre outros itens. O passeio sempre é uma delícia, mas tente tomar cuidado para ir não visitar o mercado em um horário em que esteja abarrotado de gente, isso pode deixar a ideia um pouco cansativa.

1 – MARRAKESH, MARROCOS

Meknes, Marrocos – Bab el-Khemis portão de entrada para a cidade velha. Imagem por Jose Ignacio Soto/Shutterstock

Um dos mercados de rua mais antigos e mais famosos de Marrakesh é o Bab El Khemis, que acontece toda quinta feira das 8 da manhã ao meio dia. Este enorme mercado é adorado pelos moradores locais e tem quilômetros de barraquinhas vendendo tudo, desde tapetes e obras de arte até móveis e lembrancinhas. Durante sua hospedagem em Marrakesh, outras atrações imperdíveis incluem a medina, uma cidade medieval com souks agitados, a Mesquita Cutubia do século XII e o extravagante Palácio da Bahia.

Dica: Um lugar lindo para se hospedar é no coração de Marrakesh no Riad Kniza do século XVIII, para férias tradicionais marroquinas, que dispõe de móveis de madeira ornamentados e uma lareira aberta.

2 – PALERMO, ITÁLIA

Imagem do Mercato Delle Pulci por Guide Pallermo in Tour

O Mercato Delle Pulci é um mercado de rua que acontece no último domingo de cada mês. Este é um ponto de encontro para viajantes que estão procurando antiguidades e produtos colecionáveis nas barraquinhas do mercado, que vende de tudo: desde cerâmica e tapeçaria a móveis e lembrancinhas. Outros locais imperdíveis em Palermo incluem o palácio do século IX e o museu Palazzo dei Normanni, a ópera Teatro Massimo e os túmulos reais.

3 – CHIANG MAI, TAILÂNDIA

Feirinha de Jing Jai em Chiang Mai. Imagem por BLUR LIFE 1975/Shutterstock

JJ (Jing Jai) é um agitado mercado de rua, aberto diariamente das 11 da manhã até as 8 da noite e vende artesanato, móveis de segunda mão e antiguidades. Ele também está a uma curta caminhada do belo mercado de flores Kham Thiang, o que significa que é o lugar perfeito para se inspirar para uma redecoração do seu jardim. Não é nenhuma surpresa que os viajantes recomendem Chiang Mai pela arquitetura, com locais próximos como o templo budista Wat Phra Singh e o templo ornamentado Wat Lok Moli.

4 – LEEDS, REINO UNIDO

Mercado de Kirkgate no centro da cidade de Leeds. Imagem por Prawrawee Lim/ Shutterstock 

O Leeds Kirkgate é um enorme mercado interno que atrai mais de 100.000 visitantes por semana e foi votado como o mercado favorito da Grã Bretanha em 2017. Realizado de segunda à sexta, das 8 da manhã as 5 da tarde, o mercado vende tudo desde ferramentas e armarinhos a moda e móveis. Com mais de 800 barraquinhas para ver, você com certeza irá conseguir uma pechincha e inspirações de design.

Dica: o Art Hostel é a hospedagem ideal para os viajantes com orçamento fixo que buscam uma acomodação sem frescuras, mas moderna. Uma aparência contemporânea atrai quase um terço (32%) dos viajantes que procuram uma acomodação. Este hostel minimalista oferece quartos em estilo dormitório compartilhados e privativos, uma localização conveniente, além de servir café da manhã continental.

5 – HONG KONG

Loja de antiguidades na Cat Street em Hong Kong, grande atração turística em Hong Kong. Imagem por r.nagy/Shutterstock 

O mercado de rua Cat street, descrito como um tesouro das antiguidades, é o lugar ideal para olhar todos os cantinhos das barraquinhas e talvez encontrar uma rara peça de móvel da dinastia Ming, ou encontrar pechinchas de armarinhos. Aberto de segunda a sexta das 11 da manhã as 6 da tarde, caminhe pela Upper Lascar Row para encontrar tesouros escondidos e comerciantes de antiguidades. Atrações turísticas famosas em Hong Kong também incluem a Disneyland, além da cena urbana vibrante repleta de arranha-céus, o que fazem da cidade lugar perfeito, já que Hong Kong foi recomendada como um dos principais destinos para visitar para inspiração de design e arquitetura pelos viajantes.

6 – MUNIQUE, ALEMANHA

Bijuterias e raridades são encontradas no maior mercado de pulgas da Bavária. Imagem: Daniel von Loeper

O Münchner Flohmarkt auf der Theresienwiese é o maior e mais famoso mercado de rua de Munique. Este mercado famoso funciona no primeiro sábado da primavera e acontece apenas uma vez por ano – então, não perca! Vendendo tudo desde móveis de segunda mão, utilidades domésticas, obras de arte e armarinhos em mais de 2.000 barraquinhas, você com certeza vai encontrar uma pechincha para sua casa. Outros lugares a serem visitados incluem o castelo de conto de fadas do século XIX, o Neuschwanstein, o enorme Palácio de Linderhof e, se sua agenda não permite um compromisso na primavera, faça uma viagem em outubro para celebrar a Oktoberfest.

7 – ISTAMBUL, TURQUIA

Uma das ruas do Grand Bazaar em Istambul. Imagem por Carol Moré.

Aberto em 1461, o Grand Bazaar (Kapalıçarşı, em turco) é um dos maiores e mais antigos mercados fechados (ou cobertos) do mundo contém 61 ruas cobertas com mais de 3 mil lojas. O famoso Grand Bazar é um dos símbolos de Istambul, recebendo entre 250 mil – 400 mil visitantes a cada dia! O local é muito conhecido principalmente pela joalharia, cerâmica, especiarias e tapetes, mas lá você encontra de tudo e tem que saber pechinchar!

Uma outra ótima opção para quem visita a cidade é Bazar Egípcio, também conhecido como Bazar ou Mercado das especiarias, uma versão menor do Grand Bazaar, que fica bem próximo à Ponte de Gálata, no bairro de Eminönüdistrito de Fatih, junto à Mesquita Yeni. 

8 – SÃO PAULO, BRASIL

Câmeras, filmes e artigos de cinema vintage em barraquinha na praça Benedito Calixto. Imagem por Van Machado 

Com tantos mercados pelo mundo, uma feirinha que merece destaque é a da Praça Benedito Calixto, em Pinheiros, São Paulo. O evento, que se realiza todos os sábados, das 9 às 19 horas, conta com a participação de 320 expositores, com artesanato variado, obras de arte e antiguidades, além da praça de alimentação. Ao redor, ainda existem várias galerias, restaurantes e lojas bacanas para se visitar a pé também no final de semana. Na Benedito Calixto e pelos arredores, você encontra brechós, discos de vinil, peças vintage, lojas de novos artistas e decoradores, design, brinquedos antigos, decoração, etc. Os preços por ali variam, mas o rolê vale a pena ainda mais se o dia estiver ensolarado!

9 – LONDRES, INGLATERRA

Mercado de Camden Lock. Imagem por csp/Shutterstock 

O local é o mercado mais popular em Londres e a quarta atração mais popular da cidade, com cerca de 100 mil visitantes a cada fim de semana. Estamos falando do Camden Lock Market que, na verdade, traz muitas barracas alternativas que vendem artesanato típico, roupas, alimentos e muito mais. São mais de mil lojas, bares, cafeterias, e ali rolam exposições, música, além de festas e outras atrações. Lá você encontra desde roupas góticas, piercings (já foi point da cena punk em Londres nos anos 70-80), até comidas do mundo todo, peças vintage, estúdios de novos designers, estúdios de tatuagens, antiguidades, artesanato local, bijuterias feitas a mão e muito mais. Realmente uma viagem! Aberto diariamente de 10:00 às 18:00 (até às 19:00 nos finais de semana).

10 – BUENOS AIRES, ARGENTINA

Sifões de refrigerante no mercado de San Telmo em Buenos Aires, Argentina. Imagem por Toniflap/Shutterstock

Feira de San Telmo em Buenos Aires é famosa pela venda de antiguidades e fica oficialmente na Plaza Dorrego. Ela acontece todos os domingos (das 10-17h – se você odeia muvuca deixe para visitar a feira entre as 10h e as 14h, pois ela fica menos lotada) e oferece ali e nas ruas circundantes, souvenirs, pinturas, retratos, pulseiras, mates, artesanato, livros, etc. Também na rua Defensa há muitos antiquários e lojas de roupa. Outras atrações da feira são os artistas de rua e orquestras de tango.

Também não deixe de conhecer o Mercado de San Telmo que fica na Calle Defensa no número 961. O mercado é aberto todos os dias e é um lugar bem procurado. E se você gosta de café, não deixe de conhecer o Coffee Town, considerado um dos melhores cafés de Buenos Aires.

E você, tem dicas de alguns mercados de rua e acha imperdível para a gente visitar?

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários