Não ao ranço e sim a empatia! 

O mundo está dividido. Politicamente, socialmente. Muita gente faz vista grossa para as brigas de família no WhatsApp ou discursos de preconceito em posts no Instagram. Mas o muro de Berlim virtual está ali. Hoje só se pode estar de um lado, senão serás “cancelado” no Twitter.

Um mundo onde muito se fala de direitos, minorias, preconceito, aceitação, mas pouco ainda se vê, de fato, de empatia. Em 2019, logo ali atrás, vi uma moça com uma blusa orgulhosamente escrita “RANÇO”. Assim mesmo, em caixa alta. Essa mesma moça escreveu recentemente um post sobre as cobranças da juventude millenial no seu Instagram de poemas. Não discordo. O ranço é real (inclusive o meu para com ela!). Mas como combatê-lo de fato? Como evitar o ranço mesmo quando discordamos, achamos feio ou não controlamos fatos e opiniões?

Empatia vai além de tentar entender o outro ou ainda identificar o que o outro sente. Isto é simpatia e compreensão. Empatia está mais ligada ao não julgamento e à aceitação.

A EMPATIA

Os dicionários definem “empatia” como a complexa “capacidade de entender, perceber e ser sensível ao pensamento, sentimento e experiência alheia”. Segundo o podcast “Na nossa vida”, da influencer Isa Ribeiro, empatia é a arte de se colocar no lugar do outro e é bastante distinta da compaixão. A compaixão está mais ligada à piedade e a empatia diz mais da emoção e da inteligência da pessoa que está ali ao seu lado. Em resumo, ser empático é tentar descobrir gostos e ideias completamente diferentes dos seus e respeitá-los como se fossem seus.

Para treinar suas capacidades empáticas devemos aprender a ouvir melhor o outro e entender que a verdade é um conceito subjetivo: o que é bom, justo ou ainda normal para você não é necessariamente bom, justo ou normal para outra pessoa. Tente sempre se lembrar, quando surgir aquela “preguicinha” ou antipatia por alguém, que nem você nem ninguém agradam a todos e que o ranço é somente uma desconexão (física e/ou virtual) que não precisa ganhar forças.

4 DICAS PARA ENTENDER MAIS SOBRE A EMPATIA

1 – Podcast “Na nossa vida”

2 – Ted Talk “A revolução da empatia”

3 – Livro “O Poder da Empatia” – na Amazon 

4 – Podcast “Estamos Bem?”

Ilustrações: Mary Long/Shutterstock

Jornalista, pós-graduanda em Práticas Contemplativas e Mindfulness pela PUC-Rio. Aquariana, viciada em café e podcast, acredita na humanidade mas tem fortes dúvidas sobre Deus.

Gabriela Pimenta – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários