O aplicativo Ink Hunter projeta qualquer desenho como tatuagem na sua pele através de realidade aumentada, em qualquer parte do corpo, dando a noção exata de como vai ficar.

Aquela arte vai ficar marcada na sua pele para sempre, por isso é bom ter certeza, o desenho será permanente. Algumas técnicas ou tecnologias, neste caso, podem ajudar na hora de decidir se aquele local ou escolha é adequado para o seu corpo.

Foi pensando nisso que surgiu o Ink Hunter, um aplicativo que através de realidade aumentada projeta diferentes layouts e ainda oferece a opção de tirar fotos com as projeções feitas na pele.

COMO FUNCIONA O INK HUNTER

O aplicativo é bem intuitivo (em inglês) e fácil de usar. Basta baixá-lo e a primeira coisa a se fazer é desenhar três traços na pele (como um sorriso) e ligar a câmera do seu smartphone ao se conectar ao Ink Hunter.

Dentro do próprio aplicativo, há diversas opções de imagens projetáveis, mas também é possível escolher fotos do seu celular para visualização na pele.

Ao mirar a câmera na pele, o programa identifica o ‘sorriso’ e os algoritmos fazem a projeção do desenho que você escolheu. Você ainda pode editar a imagem e fazer pequenos movimentos para ver de diversos ângulos como ficaria a tatuagem. O app suporta, com limitações, uma visualização anatômica – mesmo que ainda ligeiramente artificial.

Depois disso, dá para aplicar filtros, aumentar o desenho, compartilhar nas redes sociais e ainda salvar na sua galeria dentro do próprio aplicativo.

O resultado final é bacana, e dá uma ideia bem real até de como ficaria aquela ideia se fosse verdade!

É bem fácil usar o aplicativo Ink Hunter para testar uma tattoo. Se você tem dúvidas, antes de tatuar vale a pena experimentar! Veja mais como funciona no vídeo:

O app está disponível gratuitamente para IOS e Android. Saiba mais aqui.

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:

Comentários