Aos 88 anos, a artista Yayoi Kusama não para de criar e agora terá seu trabalho eternizado.

A artista japonesa Yayoi Kusama, musa das bolinhas, terá em breve o seu próprio museu em Tóquio, no Japão. Ele está prometido para inaugurar em outubro de 2017 na região de Shinjuku e o site (Yayoi Kusama Museum) já pode ser acessado.

O museu será abrigado no edifício de cinco andares com vidros, criado pelo estúdio Kume Sekkei, em 2014. Na época, entretanto, havia um mistério em torno do prédio já que ninguém sabia para que ele tinha sido construído. Tudo só ficou claro após o anúncio de Yayoi.

A mostra de inauguração do espaço será “Creation is a Solitary Pursuit, Love is What Brings You Closer to Art (Criação é uma busca solitária, Amor é o que te aproxima da arte, em tradução livre).

A exibição será centrada na série de pinturas de Yayoi intitulada “Minha Alma Eterna”. Junto com as dezesseis peças dessa série, terão outras da coleção “Amor para Sempre”, que são desenhos em preto e branco e que inspiraram as suas criações mais recentes. Também está prometida uma instalação da artista criada especialmente para o museu.

Prédio do Yayoi Kusama Museum, que fica na região de Shinjuku, em Tóquio. 

O primeiro andar do espaço será a entrada e também vai contar com uma lojinha de presentes. O segundo e terceiro andares serão para a exibição das obras de arte. No piso superior, o espaço será reservado para instalações sobre imersões amigáveis de Yayoi no Instagram. Já no último andar é onde ficarão guardados arquivos e documentos relativos à artista. Também haverá um espaço ao ar livre para apreciação do público.

Yayoi Kusama ficou bastante conhecida por suas instalações como o “Quarto de Espelhos”, que rodou o mundo e esteve em cidades do Brasil com a mostra Obsessão Infinita, que aborda o seu amor obsessivo por bolinhas.

AS INSTALAÇÕES DE YAYOI KUSAMA

Instalação ‘Quarto de Espelhos’.

Parte da mostra ‘Obsessão Infinita’ no Instituto Tomie Ohtake em São Paulo.

Atualmente, a artista está com 88 anos e desde 1977, vive voluntariamente em um hospital psiquiátrico. Ainda assim, Kusama produz freneticamente. “Eu estou velha agora, mas eu vou criar mais trabalhos, e melhores. Mais do que eu fiz no passado”, disse em entrevista ao Washington Post.

Via/Via/Via.

Mariana é jornalista e comunicadora. Adora descobrir novos lugares, explorar a cidade a pé e andar sem pressa. Se interessa por viagem, cultura e tudo o que é novidade. Escreve um blog sobre meio ambiente, sustentabilidade e consumo consciente. Também se dedica a cozinhar, como forma de prazer e arrisca novas receitas no tempo livre.

Mariana – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:
Comentários