followthecolours-victor-montaghini-01

Victor Montaghini é um ilustrador brasileiro que tem se destacado frente às tatuagens contemporâneas. O artista que possui um estilo próprio, mistura sketches, aquarelas e new school. Para o #tattoofriday de hoje, conversamos com Victor para saber um pouco mais sobre o seu trabalho. Conta tudo, Victor!

“Eu tatuo há 11 anos. Diferente da maioria dos tatuadores, comecei minha carreira como ilustrador até que um dia resolvi largar tudo para tatuar. Por esse motivo, nunca fui muito fã dos desenhos clássicos como caveiras, dragões etc. Sempre pensei em usar a tattoo como algo mais estético, algo com linhas mais soltas e livres, esquecer aquela velha visão de fazer um contorno perfeito e pintar dentro.

Depois de muito tempo insistindo, consegui passar para a pele o que eu fazia nas minhas ilustrações. Sou um dos percursores no mundo a colocar isso em prática. Na época que comecei era muito difícil convencer as pessoas de que uma tattoo fora do comum ficaria legal. Hoje por sorte é cada vez mais comum, e o que eu chamo de “tatuagem contemporânea” está sendo muito bem aceito e procurado pelo público em geral.

followthecolours-victor-montaghini-09

Atualmente faço apenas trabalhos autorais e meus clientes são em sua maioria publicitários, diretores de arte, artistas plásticos ou pessoas de alguma maneira ligada a arte. Em cada tattoo, uso estilos que plasmam diferentes técnicas de pintura como aquarela, nanquim, types, colagem, pontilhismo. Enfim, me sento com o cliente e vou batendo um papo, conhecendo seu gosto estético e assim escolho qual caminho ir e quais técnicas usar, sempre levando em conta a parte do corpo a ser tatuada, pois um dos maiores segredos é lembrar que o corpo não é plano como um papel e que o mais importante em uma tatuagem ainda é a estética e não o conceito.

Estou sempre buscando que meus trabalhos tenham uma unidade e harmonia ao mostrar um pouco das linhas de movimento e dinâmica, alguns até dão impressão de estarem inacabados ou rasurados. Independente da técnica, eles tem a minha assinatura, pois é isso que meus clientes procuram.

Gosto de poder brincar livremente e por sorte, meus clientes me deixam bem a vontade para trabalhar assim. Uma dica importante para os que estão prestes a fazer uma tattoo diferente do comum: Procure um artista em que você realmente confie e deixe ele criar, só assim se consegue algo realmente autêntico.”

followthecolours-victor-montaghini-010

followthecolours-victor-montaghini-011

followthecolours-victor-montaghini-013

followthecolours-victor-montaghini-014

followthecolours-victor-montaghini-015

followthecolours-victor-montaghini-016

followthecolours-victor-montaghini-017

followthecolours-victor-montaghini-08

followthecolours-victor-montaghini-018

followthecolours-victor-montaghini-019

followthecolours-victor-montaghini-029

followthecolours-victor-montaghini-020

followthecolours-victor-montaghini-021

followthecolours-victor-montaghini-022

followthecolours-victor-montaghini-024

followthecolours-victor-montaghini-025

followthecolours-victor-montaghini-026

followthecolours-victor-montaghini-027

followthecolours-victor-montaghini-0111

No Instagram: @victormontaghini e no Facebook: Victor Montaghini.

Você encontra Victor no estúdio Tattoo You em São Paulo.

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no Follow the Colours.


Você também poderá gostar de:
Comentários