>JR, um artista francês, utiliza a maior galeria de arte que existe, o espaço cotidiano das pessoas. Seus trabalhos são exibidos livremente nas ruas de todo o mundo, atraindo a atenção de todos que passam pelo local. Suas obras combinam arte, ação e engajamento, liberdade, identidade e limite. As intervenções urbanas de JR criam uma estética bem interessante, já que ele não é convidado para fazê-las. Já instalou em edifícios em Paris, sobre as paredes do Médio Oriente, em pontes quebradas na África ou em favelas, no Brasil, como vemos abaixo. Vale a pena entrar no seu site. Lá, você conhece várias outras ações do artista. Achei o efeito fantástico.
Vi no Intervenções.

Carol T. Moré é editora do FTC. Internet, café, todo tipo de arte, viagens e pequenos detalhes da vida a fazem feliz. Acredita que boas histórias e inspirações transformadas em pixels conectam pessoas.

Carol T. Moré – já escreveu posts no FTCMAG.



Comentários